Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Vida espiritual

Blue bar

 

TEMAS CORRELATOS
(Céu, inferno e purgatório) (Céu) (Desencarnação) (Entes queridos desencarnados) (Erraticidade) (Espírito) (Existência humana) (Inferno) (Memória) (Morte) (Paraíso) (Plano Espiritual) (Purgatório) (Reencarnação) (Ressurreição) (Sobrevivência) (Umbral) (Vida)
(AFORISMOS)
 
  1. A incógnita do Além — Emmanuel
  2. A luta continua — Irmão Jacob
  3. A vida em toda a parte — Maria João de Deus
  4. A vida espiritual — A erraticidade (Oes)
  5. A vida espiritual — Leclerc (Re)
  6. A vida futura (Ev)
  7. A vida futura (Op)
  8. A vida futura (Re)
  9. A vida no além-túmulo: os Espíritos errantes (Estudos Espíritas)
  10. As comunidades espirituais devotadas ao bem (Estudos Espíritas)
  11. As regiões de sofrimento no Plano espiritual (Estudos Espíritas)
  12. AÇÃO E REAÇÃO (o livro todo) (Um estudo da aplicação da lei divina: “A cada uma segundo suas obras” e seus reflexos na vida espiritual) — André Luiz
  13. Além (Soneto) — Augusto dos Anjos
  14. Além [Idem] (Soneto) — João de Deus
  15. Além da morte (O reino da vida, além da morte) — Emmanuel
  16. Além da Terra [Idem] [Idem] (Alguns exemplos relembrando ações no presente com suas consequências além da morte) — Emmanuel
  17. Além-túmulo  (Soneto) — Emílio Kemp
  18. Além-túmulo (Estudo da epístola de Paulo 1 Coríntios 15.13: “E, se não há ressurreição de mortos, também o Cristo não ressuscitou”) — Emmanuel
  19. Alguns recém-desencarnados (Chegada de uma caravana-comboio com recém-desencarnados à Mansão Paz, uma das muitas instituições socorristas encravadas no Umbral) — André Luiz
  20. Anotações em torno de “Nosso Lar” — André Luiz
  21. Ante a vida espiritual — Emmanuel
  22. Ante o Além [Idem] [Idem] [Idem] — Emmanuel
  23. Ante o mundo espiritual (A necessidade do máximo aproveitamento da reencarnação. Estudo da epístola de Paulo 1 Timóteo 6.19: “Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna.”) — Emmanuel
  24. Ante os tempos novos [Idem] (Responsabilidade do Espiritismo diante das revelações concernentes à Vida espiritual) — Emmanuel
  25. Aos que ainda se acham mergulhados nas sombras do mundo [Idem] [Idem] (Humberto de Campos conta como foi seus primeiros passos além-túmulo amparado por seu tio Antonino; reminiscências de sua infância em Miritiba, de sua irmã, de sua mãe e o episódio do encontro com o Espírito-ancião de velho patriarca israelita) — Humberto de Campos
  26. Aqui e aí (Soneto) — Anônimo
  27. Cá e lá (Cada criatura na Terra permanece na linha de conhecimento e mérito em que se coloca, e, no Além, cada Espírito se encontra no degrau evolutivo que já conquistou) — Emmanuel
  28. Carta do Além  — Antenor Amorim
  29. Cenas da vida privada espírita (Como Pierre Le Flamand, um Espírito errante, passa seu tempo) (Re)
  30. Continuação da existência — André Luiz
  31. De um casarão do outro mundo (Surpresas de um “morto”) — Humberto de Campos
  32. Despedida como tantas (Versos) — Manoel Serrador
  33. Depois da tormenta (Soneto) — Eugênio Savard
  34. Do Além-Túmulo (Humberto de Campos fala a quantos possam estranhar sua volta como cronista morto depois de ter passado no mundo ganhando o pão com “anedotas”, contos e crônicas para alegrar os vivos) — Humberto de Campos
  35. Domicílios espirituais [Idem] [Idem] (Interpretação das passagens de João 14.2 e Mateus 16.27) — Emmanuel
  36. Duração das penas futuras (Lde)
  37. E a vida continua… (Prefácio do livro com o mesmo nome) — Emmanuel
  38. Em marcha (A romagem no campo físico é a vida espiritual noutro modo de ser) — Geminiano Brazil
  39. Em pleno transe da morte (os primeiros instantes da vida espiritual) — Irmão Jacob
  40. Em resposta (Espanta-se você ao saber que temos domicílio próprio, com todo o equipamento indispensável à vida organizada) — Irmão X
  41. E A VIDA CONTINUA… (o livro todo) (História verídica do encontro fortuito de Evelina Serpa com Ernesto Fantini, enfermos portadores da mesma doença. Após o desencarne de ambos, reencontram-se na Vida espiritual e descobrem o trama que envolvia suas duas famílias sem que disso suspeitassem) — André Luiz
  42. ENTRE A TERRA E O CÉU (o livro todo) (O livro todo) (André Luiz descreve o drama vivido por um grupo de Espíritos entrelaçados em compromissos recíprocos que as tramas do destino reúne fortuitamente em nova reencarnação para o cumprimento da Lei de amor e justiça) — André Luiz
  43. Entre dois Planos (Soneto) — Cornélio Pires
  44. Entrevistando André Luiz (sobre questões relativas à vida espiritual) — André Luiz
  45. Espíritos errantes (Lde)
  46. Grande Além (Nos mais estranhos lugares do mundo, todas as pessoas trazem o passaporte invisível para o Grande Além) — Irmão X
  47. Impressões depois da morte (Versos) — Cornélio Pires
  48. Intuição das penas e gozos futuros (Lde)
  49. Laboratório do mundo invisível (Ldm)
  50. LIBERTAÇÃO (o livro todo) (André Luiz descreve-nos a vida espiritual nas regiões purgatoriais e que, apesar das quedas morais, nenhum Espírito está condenado a permanecer aí para sempre; prova de que o inferno eterno não existe) — André Luiz
  51. Lugar depois da morte (Para onde seguirás, quando a morte venha a surgir?…) — Emmanuel
  52. Mais além (A morte física não expressa libertação) — Emmanuel
  53. Mensagem  (…E o letrado em filosofia religiosa fala de deliberações finais e posições definitivas!) — André Luiz
  54. MENSAGEM DO PEQUENO MORTO (o livro todo) (Experiência do menino Carlos, narrada por ele com a gentil colaboração de Neio Lúcio) — Neio Lúcio
  55. Morto-vivo (Soneto) — Moacir Piza
  56. Nada. Vida futura (Lde)
  57. Natureza das penas e gozos futuros (Lde)
  58. Na esfera dos bichos (Lenda retratando a mesma situação corrente entre os “vivos” e os “mortos”) — Irmão X
  59. Na jornada evolutiva (A estação de destino para os viajantes ao país da morte) — Emmanuel
  60. Na vida da alma livre — Maria João de Deus

    (1) Sensações corporais remanescentes

    (2) Na vida do Além o pensamento é quase tudo

    (3) Dificuldade à concentração mental

    (4) A iniciação do Além

    (5) O ninho acolhedor das almas errantes

    (6) A elevação para a verdade e para a perfeição

    (7) O símbolo radiador da alma divina

    (8) Hosanas!

    (9) A maravilhosa aprendizagem

    (10) A ilusória nutrição dos Espíritos

    (11) Assembleia das almas livres das futilidades terrenas

    (12) A preparação às lutas futuras

    (13) A luz e a flora do Além

    (14) Pensamentos que orientam a formação de cristais e de flores

    (15) Afetos que desafiam o tempo e a morte

  61. No dia de Célia (Um encontro entre Espíritos de Faixas diferentes na Espiritualidade) — Neio Lúcio
  62. No limiar dos grandes acontecimentos — Maria João de Deus

    (1) Atividades socorristas junto à ponte pênsil

    (2) Espíritos alucinados

    (3) A tarefa da salvação

    (4) Um novo ciclo evolutivo

    (5) As correntes migratórias

  63. NO MUNDO MAIOR (o livro todo) (Revelações sobre a Vida Espiritual) — André Luiz
  64. NOSSO LAR (o livro todo) (A cidade  em que André Luiz foi recolhido após alguns anos de seu retorno à Vida Espiritual) — André Luiz
  65. Notícias (Da vida espiritual sucedânea à morte do corpo) Abel Gomes
  66. O além-túmulo (4 sonetos) — João de Deus
  67. O despertar do Sr. de Cosnac (O despertamento espiritual de um antigo bispo da família de Cosnac, que, desde dois séculos e meio vivia sob a impressão de um sonho sem se aperceber da realidade ) (Re)
  68. O ESPERANTO COMO REVELAÇÃO (o livro todo) (O problema da linguagem na Espiritualidade) — Francisco Valdomiro Lorenz
  69. O Mundo Espiritual (Estudos Espíritas)
  70. O porvir e o nada (Lde)
  71. Os amotinados do Além — Chico Xavier
  72. OS MENSAGEIROS (o livro todo) (Revelações sobre a Vida Espiritual e sobre os Espíritos que reencarnam como mensageiros da Vida Maior) — André Luiz
  73. Obras (Além da morte, a existência reclama continuidade. Mira-se-nos, então, o espírito nas obras que efetuamos, espelhos que nos refletem) — Emmanuel
  74. OBREIROS DA VIDA ETERNA (o livro todo) (Notícias das zonas de erraticidade que envolvem a crosta do mundo e da desencarnação de vários personagens do livro) — André Luiz
  75. Página do Além (Soneto) — João Coutinho
  76. Penas e gozos futuros (Lde)
  77. Primeiras noções do Além (Aos recém-desencarnados) — Maria João de Deus
  78. Post mortem [Idem] (Soneto) — Raul de Leoni
  79. Quadro da vida espírita (Observemos o grande avanço conceptual proporcionado aos espíritas, pelas revelações dos Espíritos através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, comparando as informações colhidas em suas obras com as desse artigo, escrito por Allan Kardec em 1859, ou seja, logo no início do estabelecimento da Doutrina Espírita) (Re)
  80. Retorno da vida corporal à vida espiritual (Lde)
  81. Rimas de outro mundo (Versos) — Belmiro Braga
  82. Sensações além-túmulo — Emmanuel
  83. Servidores no Além (Prefácio do livro com o mesmo nome) — Emmanuel
  84. Tentando explicar (Alega você impossibilidade de crer em nossos trabalhos salvacionistas, com utilização de apetrechos que parecem copiar o material terrestre) — Irmão X
  85. Trabalho além da Terra (Além da morte, a alma continua naquilo que começou a fazer na existência física) — Emmanuel
  86. Trovas depois da morte (Versos) — Adelmar Tavares
  87. Trovas depois da morte (Versos) — Sebastião Lasneau
  88. Tudo claro [Idem] (As surpresas depois da morte) — Antônio Americano do Brasil
  89. Tudo relativo (Casas no Além? que contrassenso!…) — Irmão X
  90. Um irmão de regresso (Um espírita militante, fala sobre o mundo espiritual e as particularidades de uma reunião entrevista do Além) — Efigênio S. Vítor
  91. Vida espírita (Lde)
  92. Vida na Espiritualidade — André Luiz
  93. Vida social dos desencarnados (Como se apresenta a vida social dos Espíritos desencarnados?) — André Luiz
  94. Vinte anos (Impressões da Vida Espiritual) — Irmão X
  95. Visão nova (Quais as primeiras sensações do “eu”, além da morte?) — Inácio Bittencourt
  96. Visitas espíritas entre pessoas vivas (Lde)
  97. VOLTEI (o livro todo) (Frederico Figner relata seu retorno à Vida Espiritual) — Irmão Jacob
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. A cidade “Nosso Lar” (En)
  2. Explanações de Haroldo Dutra Dias Mundo espiritual e o mundo físico (Publicado em 10 de maio de 2013) - O Legado de André Luiz (Publicado em 3 de abril de 2015)
  3. Qual a quantidade aproximada de habitantes espirituais, em idade racional, que se desenvolvem, presentemente, nas circunvizinhanças da Terra? (Cds)
  4. Que espera o homem desencarnado, diretamente, nos seus primeiros tempos da vida de além-túmulo? (Ocs)
  5. Vide item 14 do artigo Onde é o Céu? (Porque, desde o princípio, Deus não nos revelou toda a verdade, respeito à vida espiritual?)
  6. Vide no artigo sobre as criações fluídicas: O mundo dos Espíritos não é um reflexo do vosso; o vosso é que é uma imagem grosseira e muito imperfeita do reino de além-túmulo.
  7. Vide assuntos relacionados a esse tema em Erraticidade.
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Ele não é Deus de mortos, senão de vivos. — Jesus (Mc)
  2. A vida espiritual é a vida normal do Espírito: ela é eterna; a vida corpórea é transitória e passageira: é apenas um instante na eternidade. — Allan Kardec (Oes)
  3. Se queres conhecer o lugar que te espera, depois da morte, examina o que fazes contigo mesmo nas horas livres. — Emmanuel (Jdn)Tx77
  4. Ainda aqui arremeda || O que fez a vida inteira, || Chorando atrás de moeda, || De comida e bebedeira! — Bastos Tigre (Nda)Tx203
  5. O Além não é tão Lá como se pensa no mundo. O que há é continuação e vida em novas formas. Estamos aparentemente separados por faixas de vibração, como se as pessoas aí e aqui fossem ondas, cada qual em seu próprio domínio sem se misturarem. — Luiza (Vse)Tx214
  6. Toda criatura desperta, além da morte, tanto quanto acorda, depois de cada período de sono. — Rivaldo de Azevedo (Pda)Tx222
  7. Os Espíritos, desatrelados do veículo corpóreo de natureza mais densa, se reúnem, no Mais Além, atendendo aos princípios de afinidade, em agrupamentos ou coletividades, segundo as ideias que esposavam na Terra. — Emmanuel (Qv)Tx263
  8. A nascer para o fracasso || Em qualquer sonho de amor, || Prefiro ficar no Espaço || Com pinta de observador. — Lívio Barreto (Tf)Tx267
  9. O recém-desencarnado || Está no próprio desejo, || Fitando, por atacado, || O que fazia a varejo. — Leandro Gomes de Barros (Tf)Tx267
  10. A sofrer desencarnando || O amigo Pinho Ventura || Só se lembrava de filmes || Cortados pela censura. — João Moreira da Silva (Tf)Tx267
  11. O recém-desencarnado || Nutre a paixão que o assanha; || A raposa muda a pele || Mas nunca muda de manha. — Lulu Parola (Tf)Tx267
  12. Além da vida física o Espírito recolhe, à maneira do lavrador, a seara justa de tudo quanto, entre os homens, lhe constituiu a sementeira de sentimentos e ideias, palavras e atos, resoluções e atitudes. — Emmanuel (Pp)Tx309
  13. Na vida, depois da morte, || Quem serve, dia por dia, || É que obtém passaporte || Para o Reino da Alegria. — Lucano Reis (Fdp)Tx277
  14. Vida Nova!… Deus nos valha, || Acrescentando mais luz || À fé com que transitamos || Na senda para Jesus. — Noel de Carvalho (Rdl)Tx312
  15. Quem diz que depois da morte || Não há saudade na gente || Saberá quando morrer || Que a verdade é diferente. — José Albano (Pdp)Tx346
  16. No Além, para que te livres || De qualquer toque das trevas, || Põe teu nome por extenso || Sobre a bagagem que levas. — Cornélio Pires (Ddv)Tx411
  17. Em nosso estado no Além, || Seja em luz, penumbra ou treva, || O que importa é a consciência || Da vida que a gente leva. — Cornélio Pires (Trv)Tx422
  18. De alma para outra alma || O amor é um laço tão forte || Que vejo muitos casais || Unidos depois da morte. — Cornélio Pires (Trv)Tx422