Bíblia do Caminho Testamento Redentor

O Evangelho segundo S. Lucas  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 24

(Versículos e sumário)

A ressurreição de Jesus  † 

Mt = Mc = Jo

24 Mas no primeiro dia da semana vieram muito cedo ao sepulcro, trazendo os aromas que haviam preparado.

2 E acharam a pedra já revolvida do sepulcro.

3 Entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus.

4 Estando por isso consternadas, eis que apareceram junto delas dois homens com vestes resplandescentes.

5 Como estivessem medrosas e com os olhos no chão, disseram para elas: Por que buscais entre os mortos ao que vive?

6 Ele não está aqui, mas ressuscitou; lembrai-vos do que ele vos declarou quando ainda estava na Galileia:

7 Importa que o Filho do Homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, que seja crucificado e que ressuscite ao terceiro dia. ( † )

8 Então se lembraram elas das suas palavras.

9 Tendo voltado do sepulcro, contaram todas estas coisas aos onze e a todos os demais.

10 As que referiam aos apóstolos estas coisas eram Maria Madalena, Joanna, Maria, mãe de Tiago e as demais que estavam com elas.

11 Mas o que as mulheres lhes diziam, pareceu-lhes um como desvario e não lhes deram crédito.

12 Então, levantando-se Pedro, correu ao sepulcro e abaixando-se viu só os lençóis ali postos, e retirou-se, admirado do que sucedera.


Aparição a dois discípulos  † 

Mc

13 Eis que no mesmo dia caminhavam dois deles para uma aldeia chamada Emmaús, que estava sessenta estádios distande de Jerusalém.

14 Eles iam falando um com o outro de tudo o que se tinha passado.

15 Sucedeu que quando eles iam conversando e conferindo entre si, o próprio Jesus aproximou-se e ia com eles.

16 Mas os olhos dos dois estavam turbados, para não o reconhecerem.

17 Ele lhes disse: Que é o que ides conversando e conferindo um com outro, e por que estais tristes?

18 Respondendo um deles chamado Cléofas, lhe disse: És forasteiro em Jerusalém e não sabes o que ali se tem passado estes dias?

19 Ele lhes disse: Que houve? Responderam os dois: É sobre Jesus Nazareno, que foi um varão profeta, poderoso em obras e em palavras diante de Deus e do povo;

20 E como os sumos sacerdotes e os nossos magistrados o entregaram a ser condenado à morte e o crucificaram.

21 Ora, nós esperávamos que ele fosse o que resgatasse a Israel; e agora com tudo isto, hoje já é o terceiro dia depois que sucederam estas coisas.

22 É verdade também, que algumas mulheres das que conosco estavam nos espantaram, na alvorada elas foram ao sepulcro.

23 E não tendo achado o seu corpo, voltaram, dizendo que elas também tinham tido uma visão de anjos, os quais dizem que ele vive.

24 Alguns dos nossos foram ao sepulcro e viram que era assim como tinham dito as mulheres, mas a ele não o acharam.

25 Então lhes disse Jesus: Oh! estultos e tardos de coração para crer em tudo o que anunciaram os profetas!

26 Porventura não importava que o Cristo sofresse estas coisas, e que assim entrasse na sua glória?

27 Começando por Moisés e discorrendo por todos os outros profetas, lhes explicava o que dele se achava dito em todas as Escrituras.

28 Quando eles estavam perto da aldeia para onde caminhavam, ele deu a entender que ia para mais longe.

29 Mas eles o constrangeram, dizendo: Fica em nossa companhia, porque já é tarde e o dia já declina. E ele entrou com os dois.

30 Mas aconteceu que estando sentado com eles à mesa, tomou o pão e o abençoou, e tendo-o partido lho dava.

31 No mesmo instante se lhes abriam os olhos e o reconheceram; mas ele desapareceu-lhes diante dos olhos.

32 Então disseram um para o outro: Não é verdade que sentíamos abrasar-nos o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?

33 E levantando-se na mesma hora voltaram para Jerusalém; achando juntos os onze e os que com eles estavam,

34 Que diziam: Na verdade o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão.

35 Ambos contaram também o que lhes havia acontecido no caminho; e como reconheceram Jesus ao partir do pão.


Aparição de Jesus ressuscitado aos onze na Galileia  † 

MtMc = Jo

36 Estando ainda falando nisto, apresentou-se Jesus no meio deles e disse-lhes: Paz seja convosco; sou eu, não temais.

37 Mas verdadeiramente conturbados e amedrontados, cuidavam que viam algum Espírito.

38 Jesus lhes disse: Por que estais turbados, e que pensamentos são esses que vos sobem aos corações?

39 Olhai para as minhas mãos e pés, porque sou eu mesmo. Apalpai e vede, porque um Espírito não tem carne nem ossos como vedes que eu tenho.

40 Em dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

41 Mas, não crendo ainda e estando admirados, transportados de júbilo, ele lhes disse: Tendes aqui alguma coisa para comer?

42 Ofereceram-lhe uma posta de peixe assado e um favo de mel.

43 Tendo comido Jesus à vista deles, tomando os sobejos lhos deu. n


Jesus explica as Escrituras  † 


44 Depois disse-lhes: Isto que vós estais vendo é o que queriam dizer as palavras que eu vos dizia, quando ainda estava convosco, que era necessário que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.

45 Abriu-lhes então o entendimento para alcançarem o sentido das Escrituras.

46 E disse-lhes: Assim é que está escrito( † ) e assim é que importava que o Cristo padecesse, e que ressurgisse dos mortos ao terceiro dia( † )

47 E que em seu nome se pregasse penitência e remissão de pecados em todas as nações, começando por Jerusalém.

48 Ora, vós sois as testemunhas destas coisas.

49 E enviar-vos-ei o dom que vos está prometido por meu Pai; entretanto aguardai na cidade até que sejais revestidos de virtude lá do Alto.


Ascensão do Senhor  † 

Mc

50 Depois os conduziu até Bethania; e levantando suas mãos os abençoou.

51 Aconteceu que enquanto os abençoava, se ausentou deles e era elevado ao céu.

52 Eles, depois de o adorarem, voltaram para Jerusalém com grande júbilo.

53 E estavam continuamente no Templo louvando e bendizendo a Deus. Amém.



[1] [Aqui nos parece haver ocorrido nova multiplicação de pedaços de peixe e favos de mel]

Há uma imagem desse capítulo da bíblia do Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir