Bíblia do Caminho Testamento Redentor

O Evangelho segundo S. João  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2

(Versículos e sumário)

As bodas de Caná e a transubstanciação  † 


2 Dali a três dias se celebraram umas bodas em Caná de Galileia; e achava-se lá a mãe de Jesus.

2 Jesus e seus discípulos também foram convidados para as núpcias.

3 E faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.

4 Jesus lhe respondeu: Mulher, que importa isso a mim e a vós? ainda não é chegada a minha hora.

5 Disse a mãe de Jesus aos que serviam: Fazei tudo o que ele vos disser.

6 Estavam ali postas seis talhas de pedra, para servirem às purificações de que usavam os judeus, cabendo em cada uma dois ou três almudes.  † 

7 Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. Encheram-nas até em cima.

8 Então lhes disse Jesus: Tirai agora e levai ao mordomo. E eles lha levaram.

9 O mordomo, assim que provou a água que se fizera vinho, como não sabia donde lhe viera ainda que o sabiam os serventes porque eram os que tinham tirado a água, chamou ao noivo,

10 E disse-lhe: Todo o homem serve primeiro o bom vinho e, quando inebriados, então lhes apresenta o inferior. Tu ao contrário tiveste o bom vinho guardado até agora.

11 Esse prodígio inicial Jesus o fez em Caná de Galileia, manifestando sua glória, e seus discípulos creram nele.

12 Depois disto vieram para Cafarnaum ele, sua mãe, seus irmãos e seus discípulos; mas não se demoraram ali muitos dias.


Jesus expulsa os que faziam comércio no Templo


13 Porque como estava próximo a Páscoa dos judeus, subiu Jesus para Jerusalém.

14 E achou no Templo a muitos vendendo bois, ovelhas e pombas, e os cambiadores lá sentados.

15 Tendo feito de cordas um azorrague, expulsou a todos fora do Templo; também as ovelhas e os bois, e arrojou por terra o dinheiro dos cambistas, derribando as mesas.

16 E para os que vendiam as pombas, disse: Tirai daqui isto, e não façais da casa de meu Pai casa de negociação.

17 Então se lembraram seus discípulos, do que está escrito: O zelo da tua casa me consumiu( † )

18 Perguntaram-lhe pois os judeus: Que sinal nos fazes, para mostrar-nos que tens autoridade para fazeres estas coisas?

19 Respondeu-lhes Jesus: Desfazei este Templo, e o levantarei em três dias.

20 Replicaram-lhe os judeus: Quarenta e seis anos gastaram-se na edificação deste Templo, e levanta-lo-ás em três dias?

21 Mas ele falava do Templo de seu corpo.

22 Assim que depois que ele ressurgiu dos mortos, se lembraram seus discípulos do que ele dissera, e creram na Escritura e nas palavras que Jesus tinha dito.


Muitos creram Nele  † 


23 Estando em Jerusalém pela festa solene da Páscoa, muitos vendo os milagres que ele fazia, creram no seu nome.

24 Mas, mesmo Jesus não se fiava neles, porque os conhecia a todos.

25 E porque não necessitava de que lhe dessem testemunho de homem algum; pois ele bem sabia por si mesmo o que havia no homem.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir