Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Prece

 

TEMAS CORRELATOS
(Culto do Evangelho no lar) (Deus) (Devoção) (Invocação) (Louvor) (Oração) (Orações) (Petição) (Pensamento) (Resposta)
(AFORISMOS)
 
  1. A necessidade da prece em benefício dos que sofrem — Emmanuel
  2. A prece (Soneto) — Anthero de Quental
  3. A Prece — Bezerra de Menezes
  4. A prece — Chico Xavier
  5. A prece — Emmanuel
  6. A prece — Fénelon (Re)
  7. A Prece (Soneto) — João de Deus
  8. A prece — Joly (Explanação de Kardec sobre a ação moral da prece, provocando o arrependimento e abreviando o tempo de expiação dos culpados em contrapartida ao dogma do fogo eterno) (Re)
  9. A prece (Versos) — Maria Dolores
  10. A prece da aflição maternal (Visualização de um fluxo mental iluminado) O bálsamo do conforto (a resposta à prece) — Maria João de Deus
  11. A prece da morte pelos mortos (Versos) — Casimir Delavigne (Re)
  12. A Prece de Ismália — André Luiz
  13. A prece de recordação (Em homenagem ao Prof. Arthur Joviano. Neio Lúcio reencarnado) — Emmanuel
  14. A Prece da Roseira — Emmanuel
  15. A prece de Cerinto (Prece) — Cerinto
  16. A prece do esforço próprio — Emmanuel
  17. A prece dos aflitos — Abigail/Emmanuel
  18. A prece dos aflitos e agonizantes — Abigail/Emmanuel
  19. A prece: importância, benefícios e maneira correta de orar (Estudos Espíritas)
  20. A prece: importância, eficácia e ação (Estudos Espíritas)
  21. A prece pelos Espíritos (Versos) — Casimir Delavigne (Re)
  22. A prece recompõe (Interpretação da passagem de Atos 4.31: “E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos”) — Emmanuel
  23. A prece, segundo a conceituação de Aniceto — André Luiz
  24. A semente da paz e da esperança (a reposta a uma fervorosa prece aos sofredores do Umbral) — Maria João de Deus
  25. A terapêutica da prece (no tratamento da obsessão) — Dias da Cruz
  26. Ação da prece (Ev)
  27. Ação da prece (Entre Deus e você, o próximo é a ponte) — André Luiz
  28. Ação e prece (Interpretação da passagem de Mateus 7.7: “Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á”) — Emmanuel
  29. Agradecemos (Prece) — Emmanuel
  30. Agradecemos, Senhor! (Prece) — Emmanuel
  31. Amarguras de um santo (Herança perigosa dos espiritistas é a de transformar a memória de um companheiro desencarnado numa espécie de culto de falsa santidade) — Humberto de Campos
  32. Anseio e prece (Versos) — Maria Dolores
  33. Ante a Era do Espírito (Prece) — Emmanuel
  34. Ante o céu estrelado (Senhor: Ante o céu estrelado, que nos revela a tua grandeza, deixa que nossos corações se unam à prece das coisas simples…) — Emmanuel
  35. Ante os lidadores das letras (Prece aos lidadores da imprensa espírita) — Emmanuel
  36. Ao irmão Arthur (Prece de reconhecimento) — Emmanuel
  37. Apoio divino (Como é que Deus responde às nossas preces, auxiliando-nos) — Emmanuel
  38. Aquiescência à prece (Comunicação de um Espírito Protetor dissertando sobre o atendimento às nossas preces) (Re)
  39. Atualidade (Pela prece estamos protegidos contra os males que virão) (Prosa) — Cornélio Pires
  40. Bússola da alma (A prece é a bússola que nos coloca sob a direção do Senhor) — Bezerra de Menezes
  41. Cenáculo divino [Idem] (Soneto) — Auta de Souza
  42. Coletânea de preces espíritas — Preâmbulo
  43. Confissão e prece (Versos) — Maria Dolores
  44. Considerações sobre a prece no Espiritismo (Re)
  45. Coro de preces (Vozes da Natureza ao homem que desanimara) (Versos) — Maria Dolores
  46. Cultivemos a prece — Agar
  47. Da prece (Lde)
  48. Da prece pelos mortos e pelos Espíritos sofredores (Ev)
  49. Divina surpresa [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  50. Efeitos da prece (Re)
  51. Efeitos da prece, por um Espírito Familiar. (Re)
  52. Eficácia da prece (Ev)
  53. Em louvor da prece (Interpretação da passagem de Mateus 6.6: “Quando quiserdes orar entrai para a vosso quarto e, fechada a porta, orai ao Pai, no íntimo; e o Pai que vê, no íntimo, vos recompensará”) — Emmanuel
  54. Em prece [Idem] (Pai Nosso e Ave Maria) — Bezerra de Menezes e (Rogativa) de Maria Dolores
  55. Em prece (Pai Nosso) — Maria Dolores
  56. Em prece I (Prece) — Emmanuel
  57. Em prece II (Prece) — Emmanuel
  58. Em prece a Jesus (Prece) — Cerinto
  59. Em prece com os sofredores (Prece) — Cerinto
  60. Em rogativa — Fábio Silvano
  61. Em torno da prece (Versos) — Alexandre Braga
  62. Em torno da prece (Explicações de Clarêncio sobre a prece) — André Luiz
  63. Em torno da prece (Na criação não há pedido sem resposta) — Emmanuel
  64. Equilíbrio e prece — André Luiz
  65. Exercícios sobre prece (Estudos Espíritas)
  66. Faísca de aurora (Soneto) — Quirino dos Santos
  67. Felicidade da prece (Ev)
  68. Hino dos cristãos martirizados (Prece) —  Emmanuel
  69. Intercessão (O que é uma prece intercessória) — Emmanuel
  70. Irmã Cipriana (O poder da prece e do amor na solução de um processo obsessivo) — André Luiz
  71. Louvor do Natal (Prece) — Emmanuel
  72. Mediunidade e prece — André Luiz
  73. Mensagem fraterna [Idem] [Idem] (Soneto) — Auta de Souza
  74. Na ascensão espiritual (abstenhamo-nos de usar a prece por arma de caça a vantagens inferiores) — Emmanuel
  75. Na luz da prece (Prece) — Regina
  76. No celeiro da prece (Soneto conclamando à prece pelos mortos) — Múcio Teixeira
  77. No cenário terrestre (Templo de Socorro: instituição de Nosso Lar especializada no registro e atendimento de preces. Que vem a ser uma prece refratada?) — André Luiz
  78. No culto à prece (O culto à prece é marcha decisiva) — Emmanuel
  79. No silêncio da prece — André Luiz
  80. No templo da prece (Prece) — Lúcia
  81. Nossa prece (Versos) — Maria Dolores
  82. O naufrágio do Borysthène (Re)
  83. O poder da prece (The power of prayer) — Anderson
  84. O poder da prece (Versos) — Maria Dolores
  85. O poder transformador da prece (Estudos Espíritas)
  86. Pai Nosso (A grandeza da prece dominical nunca será devidamente compreendida por nós que lhe recebemos as lições divinas. Cada palavra, dentro dela, tem a fulguração de sublime luz) — Emmanuel
  87. Paz em prece (Soneto) — Auta de Souza
  88. Por onde vás (usa a Prece e o Perdão…) (Versos) — Cármen Cinira
  89. Prece I — André Luiz
  90. Prece [Idem] II — André Luiz
  91. Prece — Augusto Cezar
  92. Prece (Soneto) — Auta de Souza
  93. Prece [Idem] (Soneto) — Bittencourt Sampaio
  94. Prece (por ocasião do Trigésimo Sexto Congresso Eucarístico Internacional) — Cardeal Joaquim Arcoverde
  95. Prece — Emmanuel
  96. Prece (ao término da sessão solene de inauguração da nova sede da União Espírita Mineira) — Emmanuel
  97. Prece (a Maria, desvelada Mãe) — Hélio
  98. Prece — Irmã Candoca
  99. Prece (Versos) — João de Deus
  100. Prece (Versos) — José Silvério Horta
  101. Prece [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  102. Prece — Meimei
  103. Prece à hora de dormir (Ev)
  104. Prece a Jesus [Idem] I (Soneto) — Auta de Souza
  105. Prece a Jesus II (Soneto) — Auta de Souza
  106. Prece a Jesus — Emmanuel
  107. Prece à Mãe Santíssima (v. Súplicas à Mãe Santíssima)
  108. Prece às mães (No programa da Hebe Camargo) — Chico Xavier
  109. Prece ante o perdão — Emmanuel
  110. Prece antes e depois (Antes de observar a presença do mal, roga ao Senhor para que teus olhos se habituem à fixação do bem, a fim de que depois não se te converta a oração em requerimento desesperado) — Emmanuel
  111. Prece aos anjos guardiães e aos Espíritos protetores (Ev)
  112. Prece da bênção — Emmanuel
  113. Prece da Caridade [Idem] — Emmanuel
  114. Prece da criança — Meimei
  115. Prece da criança que ainda não nasceu — Emmanuel
  116. Prece da mocidade cristã [Idem] — Emmanuel
  117. Prece da união — Emmanuel
  118. Prece de aceitação [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  119. Prece de agradecimento ao Divino Pastor [Idem] (Prece de súplica e gratidão a Nosso Senhor Jesus Cristo) — Emmanuel
  120. Prece de Alexandre I — André Luiz
  121. Prece de Alexandre II — André Luiz
  122. Prece de amor (em nosso templo de oração) — Scheilla
  123. Prece de André Luiz — André Luiz
  124. Prece de Aniceto — André Luiz
  125. Prece de Antonina — André Luiz
  126. Prece de aprendiz — Albino Teixeira
  127. Prece de Cáritas (Ev)
  128. Prece de Cipriana — André Luiz
  129. Prece de Druso — André Luiz
  130. Prece de Emmanuel na introdução do livro “Há dois mil anos…”
  131. Prece de Eusébio — André Luiz
  132. Prece de Félix — André Luiz
  133. Prece de gratidão — Augusto Cezar
  134. Prece de gratidão I — Emmanuel
  135. Prece de gratidão [Idem] II — Emmanuel
  136. Prece de gratidão (Versos) — Maria Dolores
  137. Prece de Gúbio I — André Luiz
  138. Prece de Gúbio II — André Luiz
  139. Prece de Ismália — André Luiz
  140. Prece de limiar — Emmanuel
  141. Prece de Lika pelo Dia das Mães — Cláudia Pinheiro Galasse
  142. Prece de Lívia “Hino às Estrelas— Emmanuel (Vide também, embora de origem desconhecida, “Prece de Lívia” transcrita no livro Caderno de Mensagens)
  143. Prece de louvor (Versos) — Maria Dolores
  144. Prece de Natal [Idem] (Versos) — Carmen Cinira
  145. Prece de paz — Emmanuel
  146. Prece de Raul — André Luiz
  147. Prece de um rapaz que a morte mudou (Versos) — Jair Presente
  148. Prece diante da manjedoura — Emmanuel
  149. Prece do bancário — Meimei
  150. Prece do discípulo — Emmanuel
  151. Prece do entendimento — Meimei
  152. Prece do escritor — Meimei
  153. Prece do irmão necessitado [Idem] — Emmanuel
  154. Prece do jovem cristão — Aires de Oliveira
  155. Prece do Natal I — Emmanuel
  156. Prece do Natal II — Emmanuel
  157. Prece do Natal [Idem] III — Emmanuel
  158. Prece do Pão — Meimei
  159. Prece do servidor — Emmanuel
  160. Prece do varredor — Meimei
  161. Prece dos filhos — Ruy
  162. Prece dos obreiros — José Silvério Horta
  163. Prece e obsessão — Emmanuel
  164. Prece e renovação — André Luiz
  165. Prece em desobsessão — Albino Teixeira
  166. Prece nas aflições da vida (Ev)
  167. Prece no templo espírita (Prece) — Emmanuel
  168. Prece no templo espírita (No Centro Espírita Perseverança) — Chico Xavier
  169. Prece num perigo iminente (Ev)
  170. Prece para afastar os maus Espíritos (Ev)
  171. Prece para hoje (Versos) — Maria Dolores
  172. Prece para pedir a corrigenda de um defeito (Ev)
  173. Prece para pedir a força de resistir a uma tentação (Ev)
  174. Prece para pedir um conselho (Ev)
  175. Prece pelas almas sofredoras que pedem preces (Ev)
  176. Prece pelas pessoas a quem tivemos afeição (Ev)
  177. Prece pelas pessoas que foram estimadas (Re)
  178. Prece pelos enfermos (Ev)
  179. Prece pelos Espíritos endurecidos (Ev)
  180. Prece pelos Espíritos penitentes (Ev)
  181. Prece pelos inimigos do Espiritismo (Ev)
  182. Prece pelos nossos inimigos e pelos que nos querem mal (Ev)
  183. Prece pelos obsidiados (Ev)
  184. Prece por alguém que acaba de morrer (Ev)
  185. Prece por alguém que esteja em aflição (Ev)
  186. Prece por auxílio (Versos) — Maria Dolores
  187. Prece por justiça — Emmanuel
  188. Prece por liberdade — Emmanuel
  189. Prece por libertação (Versos) — Maria Dolores
  190. Prece por luz — Emmanuel
  191. Prece por trabalho [Idem] —Bezerra de Menezes
  192. Prece por uma criança que acaba de nascer (Ev)
  193. Prece por um agonizante (Ev)
  194. Prece por um criminoso (Ev)
  195. Prece por um inimigo que morreu (Ev)
  196. Prece por um suicida (Ev)
  197. Prece por visão I — Emmanuel
  198. Prece por visão II — Emmanuel
  199. Prece prevendo próxima a morte (Ev)
  200. Preces inteligíveis (Ev)
  201. Preces pagas (Ev)
  202. Preito de Amor — Irmão X
  203. Profilaxia (O silêncio e a prece são os antídotos do mal) — André Luiz
  204. Quando em prece — Emmanuel
  205. Reuniões espíritas (Prefácio explicativo e prece para o começo e fim das reuniões) (Ev)
  206. Qualidades da prece (Ev)
  207. Senhor, ensina-nos (Prece) Emmanuel
  208. Senhor Jesus! [Idem] (Prece aos companheiros impelidos à desencarnação violenta) — Emmanuel
  209. Senhor Jesus!  (Prece recebida na reunião do Conselho Federativo Nacional na FEB, em Brasília)  – Emmanuel
  210. Solicitação fraterna — André Luiz
  211. Somos todos viajores para a Luz (Relato de uma ocorrência muito interessante que registra o poder da prece) (Prosa) — Maria Dolores
  212. Suplemento ao capítulo das preces da Imitação do Evangelho

    Necessidade das preces inteligíveis. — O mais perfeito modelo de concisão. — Prece repetida(2)

    As línguas místicas. — O uso do latim na Oração dominical.  (3)

     Oração dominical, a melhor prece matinal e da noite. — Outras preces de uso geral para a manhã e à noite. — Linha de conduta a seguir no que concerne as preces quotidianas. — Preces dos adeptos do Espiritismo que também compartilham de outros cultos religiosos. (4)

    Oração dominical desenvolvida. (6)

  213. Temas da prece (Interpretação da passagem de Mateus 7.12: “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles…”) — Emmanuel
  214. Tópicos da prece — Bezerra de Menezes
  215. Valor da prece — Exemplo do poder da prece do ofendido pelo ofensor: valor do perdão na prece (Re)
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. Prece W
  2. Vide no item 21 do artigo sobre os possessos de Morzine:

    Uma reunião diária de cinco ou seis espíritas sinceros, dedicada à prece, objetivando a cura da doente em questão

    Magnetização mental a distância

    Efeitos salutares do tratamento pela prece

    Magnetismo e prece

  3. Vide § 11 do item 3 do artigo Mediunidade curadora: Poder da prece na mediunidade curadora.
  4. Vide nos itens 2 e 5 do artigo O naufrágio do Borysthène:

    A espontaneidade da prece em face de um perigo iminente.

    Comunicação de São Bento a respeito do naufrágio do Borysthène: A prece é o veículo dos fluidos espirituais mais poderosos, e são como um bálsamo salutar para as feridas da alma e do corpo…

    A prece de várias pessoas forma um feixe que sustenta e fortifica a alma pela qual é feita; dá-lhe força e resignação.

  5. Vide no cap. 20 do livro “Nos domínios da mediunidade” item 3, comentários de Áulus  sobre os efeitos da elevação mental pela prece: Nos processos de intercâmbio espiritual; na escolha de nossas companhias espirituais; na solução dos enigmas que possam flagelar nossa existência.
  6. Vide nos caps. 24 e 25 do livro “Os Mensageiros”: Produção de elementos-força como resposta à uma prece coletiva. Vide também no item 2, do cap. 25: Estudo sobre a prece, segundo conceituação de Aniceto. Também no item 5 do cap. 37: Defesas magnéticas contra os seres vagabundos do Plano Espiritual, nos lares que cultivam a prece.
  7. Vide no item 5 do cap. 7 do livro “No Mundo Maior”: Prece materna e auxílio espiritual.
  8. Vide no cap. 3 do livro Vida além da vida, um grupo de Espíritos em prece durante os procedimentos de uma cirurgia num hospital terrestre.

 


 

A prece é uma invocação e, em certos casos, uma evocação [v. Evocação e invocação], pela qual chamamos a nós tal ou tal Espírito. Quando é dirigida a Deus, ele nos envia seus mensageiros, os Bons Espíritos. A prece não pode revogar os decretos da Providência; mas por ela os Bons Espíritos podem vir em nosso auxílio, quer para dar-nos a força moral que nos falta, quer para sugerir-nos os pensamentos necessários: daí vem o alívio que experimentamos quando oramos com fervor. Daí vem também o alívio que experimentam os Espíritos sofredores quando oramos por eles; eles mesmos pedem essas preces sob a forma que lhes é familiar e que está mais em relação com as ideias que conservaram de sua existência corporal: mas a razão, de acordo nisto com os Espíritos, nos diz que a prece dos lábios é uma formula vã quando dela o coração não toma parte. — Allan Kardec (Ipr)

 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. A prece é um ato de adoração. Orar a Deus é pensar nele; é aproximar-se dele; é pôr-se em comunicação com ele. — Allan Kardec (Oes)
  2. O essencial não é orar muito, mas orar bem. Certas pessoas creem que todo o mérito está na extensão da prece, enquanto fecham os olhos para seus próprias defeitos. A prece é para eles uma ocupação, um emprego do tempo, mas não uma análise de si mesmos. — Allan Kardec (Oes)
  3. Aquele que pede a Deus o perdão de seus erros não o obtém senão mudando de conduta. As boas ações são a melhor das preces, pois os atos valem mais que as palavras. — Allan Kardec (Oes)
  4. A prece é recomendada por todos os bons Espíritos; é, além disso, pedida por todos os Espíritos imperfeitos como um meio de tornar mais leves seus sofrimentos. — Allan Kardec (Oes)
  5. A prece não pode mudar os desígnios da Providência; mas, vendo que há interesse por eles, os Espíritos sofredores se sentem menos desamparados; tornam-se menos infelizes; ela exalta sua coragem, estimula neles o desejo de elevar-se pelo arrependimento e reparação, e pode desviá-los do pensamento do mal. É nesse sentido que ela pode não só aliviar, mas abreviar seus sofrimentos. — Allan Kardec (Oes)
  6. A prece, com o desejo firme de adaptação à vontade divina, constitui abençoado altar do espírito, onde o coração — peregrino a caminho da luz perfeita — se retempera na longa e áspera jornada. — Neio Lúcio (Slz)Tx41
  7. Seja a vossa prece uma luz para as estradas noturnas do sonho. — Emmanuel (Dco)Tx64
  8. A prece impulsiona as recônditas energias do coração, libertando-as com as imagens de nosso desejo, por intermédio da força viva e plasticizante do pensamento, imagens essas que, ascendendo às Esferas Superiores, tocam as inteligências visíveis ou invisíveis que nos rodeiam, pelas quais comumente recebemos as respostas do Plano Divino, porquanto o Pai Todo-Bondoso se manifesta igualmente pelos filhos que se fazem bons. — Emmanuel (Pnv)Tx66
  9. A prece ilumina. (…) A prece guia. (…) A prece reanima. (…) A prece consola. (…) A prece é silêncio que inspira. — Emmanuel (Jdn)Tx77
  10. Ninguém pode imaginar, enquanto na Terra, o valor, a extensão e a eficácia de uma prece, nascida na fonte viva do sentimento. — Emmanuel (Rl)Tx79
  11. Caridade, gentileza, || Auxílio, calma e perdão || São das preces mais sublimes || Em teu altar de oração. — Casimiro Cunha (Rl)Tx79
  12. A prece é um banho de luz interior. — Neio Lúcio (Cdb)Tx83
  13. A prece é a bússola que nos coloca sob a direção do Senhor, cujas mãos devem pousar no leme da embarcação do destino. Ora sempre e o barco dos teus dias nunca se transviará sob as nuvens das trevas. — Bezerra de Menezes (Ei)Tx95
  14. A caridade — amor puro, || Crédito vivo em ação. || A prece — saque seguro, || Na hora da petição. — Leôncio Correa (Ol)Tx106
  15. Na prece, somos induzidos ao entendimento e à brandura, porque demandamos confiantemente a Misericórdia dos Céus, aguardando tolerância e amor para as nossas necessidades, mas é imprescindível lembrar que a Misericórdia dos Céus nos ouve e socorre com bondade infinita, para que venhamos a usar esses mesmos processos de apoio e bênção, ante as necessidades dos outros. — Emmanuel (Aec)Tx109
  16. Não por gritos em sinais || Que as preces se elevarão, || Deus nos ouve muito mais || Pela linguagem da ação — Silveira Carvalho (Tma)Tx117
  17. Ação no bem é prece permanente em louvor a Jesus. — Emmanuel (Adt)Tx127
  18. A prece nasce das fontes da alma, na feição de simples desejo, que emerge do sentimento para o cérebro, transformando-se em pensamento que é força de atração. — Emmanuel (Tl)Tx129
  19. Mais amor e menos voz || Com isso a prece é mais alta, || Deus sabe mais do que nós || Tudo aquilo que nos falta. — Otoniel Beleza (Rca)Tx138
  20. Eis a conquista da prece || Que os homens não desfarão: || Quando oras, Deus te aquece || Por dentro do coração. — Meimei (Cdf)Tx150
  21. Divide com teu irmão || O peso de sua cruz, || Que a prece da boa ação || É a que mais toca a Jesus! — Auta de Souza (Nda)Tx203
  22. Se em teu caminho aparece || A provação que angustia, || Busca o socorro da prece || Que qualquer dor alivia! — Cipriano Jucá (Nda)Tx203
  23. Prece que não caminha no terreno da ação construtiva, é um grito sem eco. — Emmanuel (Iv)Tx210
  24. Há certos gestos na vida, || Que a Caridade oferece, || Com muito mais conteúdo || Do que a mais formosa prece. — Antônio Lamego (Mv)Tx219
  25. Quando oramos a Jesus, || Abrindo-lhe o coração, || A prece é um lírio de luz || Que incensa toda a amplidão! — Cipriano Jucá (Mv)Tx219
  26. Não se esqueça de Deus e cultive a oração. A prece é uma luz que nos transforma por dentro. — Rosemari Daurício (Ads)Tx225
  27. A prece — a mais expressiva de todas — é socorrer, primeiro a quem sofre conosco entre a sombra e a penúria, porquanto edificando a alegria dos outros, a Divina Providência virá, cada minuto, ao nosso próprio encontro, a envolver-nos a fé em perene alegria. — Emmanuel (Ab)Tx289
  28. Toda prece que se eleva para o Alto é uma luz entre os que se ausentam para a residência em outra vida e os que ficam para lhes continuar o trabalho habitual com a bênção de Deus. — José Xavier (Ddt)Tx322
  29. A prece, em qualquer roteiro religioso, se não pode retirar-nos do clima sombrio por nós mesmos criado, será sempre Divina Luz revelando-nos o caminho. — Emmanuel (Rf)Tx338
  30. Não dirijas ao Céu a súplica da fé, mantendo o rancor no cálice do espírito, porque, a Luz do Senhor em te buscando a prece, encontrará cerrada por algemas de treva a porta de teu peito, de que o ódio voraz se faz guarida feroz. — Emmanuel (Mes)Tx367
  31. Muito Espírito na bruma || De apego desesperado || Não aceita prece alguma, || Embora desencarnado. — Sylvio Fontoura (Ta)Tx372
  32. A prece, em nosso favor, || Tesouro vivo e sem preço, || É sempre carta de amor || Que nos atinge o endereço. — Aurílio Braga (Ta)Tx372
  33. A prece, por natureza, || Se a morte é sombra em ação, || Parece uma vela acesa || Em hora de escuridão. — Pedro Silva (Ta)Tx372
  34. Pelo apoio que traduz || A prece que nos alcança || Recorda uma flor de luz || Entre a saudade e a esperança. — Targélia Barreto (Ta)Tx372
  35. Se enfrenta a tempestade, || O trabalhador preparado || Apega-se à luz da prece || Que é vela em mar agitado. — Ivan de Albuquerque (Ph)Tx385
  36. A prece e a humildade são vacinas contra a loucura. — Chico Xavier (Ecx)Tx428