Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Petição

 

TEMAS CORRELATOS
(Louvor) (Oração) (Orações) (Prece) (Proteção) (Questionamento) (Resposta) (Retribuição)
(AFORISMOS)
 
  1. A busca (Todo desejo é rogativa endereçada às Forças Sublimes que governam a vida) — Emmanuel
  2. A chave (do esforço próprio, para não nos aventurarmos pedir sem dar de nós mesmos. Interpretação da passagem de Mateus 7.7: “Batei e abrir-se-vos-á”) — Emmanuel
  3. A crente interessada (O caso de Dona Marcela Fonseca: recitando fórmulas, cantando hinos ou concentrando-se na meditação, somente houve um propósito em sua fé: o pedido) — Humberto de Campos
  4. A lenda da rosa (Versos) — Maria Dolores
  5. A petição de Jesus [Idem] (Para que Simão Pedro auxiliasse Sara, filha de Jeremias, o curtidor) — Irmão X
  6. A reivindicação (O caso de Saturnino que redigiu longa carta-memorial a um deputado reivindicando a construção de uma estrada) — Hilário Silva
  7. A súplica final — Irmão X
  8. Agora e sempre — Irmão José
  9. Ajuda-te (Rogando amparo ao Senhor, não olvides a prestação de amparo a ti mesmo) — Emmanuel
  10. Ajudemos também (Interpretação da passagem de Marcos 6.37: “Ele respondeu e disse: Dai-lhes vós, de comer…”) — Emmanuel
  11. Alma em súplica — Madalena Maria
  12. Anseio e prece [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  13. Ante o Divino Mestre — Emmanuel
  14. Ante o Divino Mestre — Irmão X
  15. Ante os outros (Senhor!… Ensina-nos a compreender a importância dos outros) — Meimei
  16. Antes, porém… — André Luiz
  17. Apelo — Bezerra de Menezes
  18. Apelos e solicitações (Sugestões do nosso mundo íntimo) — Emmanuel
  19. Ato de contrição (Versos) — Souza Caldas
  20. Batei e abrir-se-vos-á [Idem] (Não basta pedir para receber. Interpretação da passagem de Mateus 7.7: “Batei e abrir-se-vos-á”) — Emmanuel
  21. Boa pedida (Versos) — Jair Presente
  22. Como pedes? (Interpretação da passagem de João 16.24: “Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra”) —Emmanuel
  23. Confiaremos (Estudo da epístola 1 João 5.15: “E se sabemos que ele nos ouve, quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito”) —Emmanuel
  24. Concessão transviada (Soneto) — Cornélio Pires
  25. Convite de amigo (Peçamos ao Divino Senhor o poder de…) — Emmanuel
  26. Coragem (Prefácio do livro) — Emmanuel
  27. Dentro da luta (Interpretação da passagem de João 17.15: “Não peço para que os tires do mundo, mas que os livres do mal”) — Emmanuel
  28. E os outros? (Quando te dirijas ao Senhor, implorando o amparo de que te julgas em necessidade premente, pensa nos outros) — Emmanuel
  29. Em nossa marcha (Cada um de nós tem o testemunho individual no caminho da vida. Interpretação da passagem de Marcos 10.51: “Perguntou-lhe Jesus: — “Que queres que eu faça?”) — Emmanuel
  30. Entre duas semanas (Petição, dinheiro e auxílio) — Irmão X
  31. Entre o Céu e a Terra (Para saber pedir com segurança, é imprescindível saber dar) — Emmanuel
  32. Escrevendo a Jesus (Apelo gratulatório por Chico Xavier) — Rubens S. Germinhasi
  33. Favores (Tão perigoso é invocar favores delituosos entre os homens, quanto rogá-los no mundo dos Espíritos) — Emmanuel
  34. Fé e perseverança (Parábola) — Meimei
  35. Fé, rogativa e resultado — Emmanuel
  36. Gratidão e rogativa [Idem] — Emmanuel
  37. Louvor e súplica (Versos) — Maria Dolores
  38. Mal e bem (Acautela-te em pedir o favor do bem, porque muitas vezes a concessão que se nos afigura bem nosso pode ser efetivamente o mal que arruína os outros) — Emmanuel
  39. Más rogativas (Do ato de rogar irrefletidamente. Estudo da epístola de Tiago 4:3: “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites”) — Emmanuel
  40. Mensagem do coração (Soneto) — Auta de Souza
  41. Monte acima — Emmanuel
  42. Muito se pedirá àquele que muito recebeu (Ev)
  43. Muito se pedirá (Interpretação da passagem de Lucas 12.48: “…a todo aquele, a quem muito foi dado, muito lhe será pedido”) — Emmanuel
  44. Na ação de pedir (o trabalho respeitável deve preceder-nos quaisquer rogos. Interpretação das passagem de Lucas 11.9 e Mateus 7.7) — Emmanuel
  45. No ato de pedir (Reflexões em torno das questões nº 658 a 666 de “O Livro dos Espíritos”: “Da prece” — Emmanuel
  46. No santuário interior (Versos) — Casimiro Cunha
  47. O amigo Chaves (São poucos os trabalhadores que se encontram habilitados a ouvir todos os pedintes, com bondade e tolerância, de maneira a satisfazê-los pelo padrão da vontade de Deus) — Irmão X
  48. O ponto certo [Idem] (A forma aconselhável e justa de nos encomendarmos ao Criador. Estudo da epístola 1 Pedro 4.19: “Por isso também os que sofrem, segundo a vontade de Deus, encomendam as suas almas ao fiel Criador, na prática do bem”) — Emmanuel
  49. O quinhão do discípulo — Irmão X
  50. O Senhor dá sempre (Interpretação da passagem de Lucas 11.13: “Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai Celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?”) — Emmanuel
  51. Obterás (Toda rogativa alcança resposta segundo o nosso justo merecimento. Reflexões em torno da questão n° 660 de “O Livro dos Espíritos”: “A prece torna melhor o homem?”) — Emmanuel
  52. Ocorrência como tantas (Doutor, compadeça-se de nós e mande libertar meu filho!…) (Conto) — Emmanuel
  53. Orar (Interpretação da passagem de Marcos 11.24: “Todas as coisas que vós pedirdes orando, crede que as haveis de ter, e que assim vos sucederão”) — Emmanuel
  54. Página de alerta (Procuremos o apoio do Céu, mas não nos esqueçamos do antigo dever de ajudar a Terra) — Emmanuel
  55. Pede ajudando (Pede ardentemente o Amparo Celestial, mas não olvides o socorro a que te sentes compelido no caminho terrestre) — Emmanuel
  56. Pedido de irmão (Versos) — Jair Presente
  57. Pedido e fuga (Soneto) — Cornélio Pires
  58. Pedido e suprimento — Emmanuel
  59. Pedi e obtereis (Ev)
  60. Pedi e obtereis (Interpretação da passagem de Mateus 7.7: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á”) — Emmanuel
  61. Pedir (Interpretação da passagem de Mateus 20.22: “Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis”) — Emmanuel
  62. Pediste (Revisaste erros e acertos e, de alma confrangida no inventário das próprias culpas, suplicaste o recomeço na experiência terrestre) — Emmanuel
  63. Petição (Prece) — Meimei
  64. Petição a Jesus  (Versos) — Maria Dolores
  65. Petição da mediunidade — Meimei
  66. Petição de companheiro (Prece) — André Luiz
  67. Petição de filha (Soneto) — Ana Monteiro
  68. Petição de paz [Idem] (Prece) — Emmanuel
  69. Petição de rapaz (Prece) — Augusto Cezar
  70. Petição de servidor (Prece) — André Luiz
  71. Petição do aprendiz [Idem] (Prece) — Bezerra de Menezes
  72. Petição do dia (Versos) — Jair Presente
  73. Petição do Natal (Versos) — Maria Dolores
  74. Petição do servidor I (Prece) — Emmanuel
  75. Petição do servidor II (Prece de louvor) — Emmanuel
  76. Petição do servo [Idem] (Prece) — Des Touches
  77. Petição e auxílio — Chico Xavier
  78. Petição e luta (Versos) — Jair Presente
  79. Petição e resposta I (Entre o pedido terrestre e o Suprimento Divino, é imperioso funcione a alavanca da vontade humana, com decisão e firmeza, para que se efetive o auxílio solicitado) — Emmanuel
  80. Petição e resposta II (Em teus requerimentos à Vida Maior, formula-os com cuidado) — Emmanuel
  81. Petição e resposta (Versos) — Maria Dolores
  82. Petição em serviço (Versos) — Maria Dolores
  83. Petição não muito própria (Versos) — Jair Presente
  84. Petições — Chico Xavier
  85. Petições (Conto) — Emmanuel
  86. Petições (O caso da consulente Angélica de Seixas aos serviços espirituais da Irmã Corina) — Irmão X
  87. Petições (Versos) — Maria Dolores
  88. Petições de Natal [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  89. Pedidos (O que não devemos pedir aos amigos espirituais) — Emmanuel
  90. Petitório (Versos) — Jair Presente
  91. Poder (Os poderes que devemos pedir ao Senhor) — Emmanuel
  92. Presença de Jesus [Idem] (em teu gesto de amor) (Versos) — Maria Dolores
  93. Proteção (Nossos pedidos à Providência Divina antes e depois do berço) — Emmanuel
  94. Quadro matinal (Versos) — João de Deus
  95. Quando em súplica (rogando o socorro divino, não te esqueças dos recursos que o Senhor amontoou, ao teu lado, para que te não falte socorro nas menores circunstâncias da vida…) — Emmanuel
  96. Quando voltares (da divina excursão que fazes em pensamento, desce teus olhos no vale dos que padecem) — Meimei
  97. Que pedes? [Idem] (Interpretação da passagem de Lucas, 12.20: “Louco, esta noite te pedirão a tua alma”) — Emmanuel
  98. Rendição (Súplica por renovação) (Versos) — Maria Dolores
  99. Respostas (Para compreender certas respostas celestiais às rogativas terrestres) — Emmanuel
  100. Rogando paz (Prece) — Emmanuel
  101. Rogar (Nos votos que formulamos, estaremos habilitados a receber o que desejamos?) — Emmanuel
  102. Rogativa I (Soneto) — Auta de Souza
  103. Rogativa II (Soneto) — Auta de Souza
  104. Rogativa (Prece) — Bezerra de Menezes
  105. Rogativa I (Prece) — Emmanuel
  106. Rogativa II (Prece) — Emmanuel
  107. Rogativa III (Prece) — Emmanuel
  108. Rogativa IV — Emmanuel
  109. Rogativa (Soneto) — João de Deus
  110. Rogativa I (Soneto) — Pedro de Alcântara
  111. Rogativa II (Soneto) — Pedro de Alcântara
  112. Rogativa da juventude — Meimei
  113. Rogativa da Máquina ao Homem — Meimei
  114. Rogativa das Mãos — André Luiz
  115. Rogativa de apoio (Prece) — Meimei
  116. Rogativa de Natal (Prece) — Emmanuel
  117. Rogativa de Paz (Versos) — Maria Dolores
  118. Rogativa de servidor [Idem] I (Prece) — Emmanuel
  119. Rogativa de servidor II (Prece) — Emmanuel
  120. Rogativa do Estômago — André Luiz
  121. Rogativa do irmão socorrido — Meimei
  122. Rogativa do outro [Idem] (Sei que te feri sem querer, em meu gesto impensado) — Meimei
  123. Rogativa do pedreiro — Meimei
  124. Rogativa do sapateiro — Meimei
  125. Rogativa do servo — André Luiz
  126. Rogativa e ação — Irmão X
  127. Rogativa e cooperação (Deus dispõe. E nossa colaboração?) — Emmanuel
  128. Rogativa fraterna — Emmanuel
  129. Rogativa necessária — Emmanuel
  130. Rogativa no túmulo (Soneto) — Rodrigues de Carvalho
  131. Rogativa reajustada — Irmão X
  132. Rogativa singular (Poderosa súplica intercessória determina uma moratória para a desencarnação da senhora Albina, digna adepta da religião presbiteriana) — André Luiz
  133. Rogativas — André Luiz
  134. Rogativas — Emmanuel
  135. Rogativas (Soneto) — Zeferino Brazil
  136. Rogativas e respostas — Emmanuel
  137. Roguemos auxiliando (Nos serviços da oração, não nos limitemos a pedir. Roguemos auxiliando) — Emmanuel
  138. Seara espírita (Interpretação da passagem de Lucas 6.44: “Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos no espinheiro nem uvas nos abrolhos”) — Emmanuel
  139. Seja feita a divina vontade (Não aflijas o próprio coração, pedindo ao Céu aquilo que realmente não constitui nossa necessidade essencial) — Emmanuel
  140. Servir para merecer (pedir) — Batuíra
  141. Súplica (Versos) — Maria Dolores
  142. Súplica (Soneto) — Vicentina de Carvalho
  143. Súplica à Mãe Santíssima (Soneto) — Bittencourt Sampaio
  144. Súplica de filho (Soneto) — Luís Roberto
  145. Súplica de Mulher (Versos) — Maria Dolores
  146. Súplica de todos (Versos) — Maria Dolores
  147. Súplica do livro [Idem] — Emmanuel
  148. Súplica de Natal (Soneto) — Carmen Cinira
  149. Súplica do Natal (Prece) — Aparecida
  150. Súplica do Natal (Versos) — Casimiro Cunha
  151. Súplica e louvor (Versos) — Maria Dolores
  152. Súplica em silêncio (da criança que vai nascer, na maternidade carente) — Emmanuel
  153. Súplicas à Mãe Santíssima

    À Maria (Versos) — Bittencourt Sampaio

    À virgem I (Versos) — Bittencourt Sampaio

    À Virgem II (Versos) — Bittencourt Sampaio

    Ave Maria (Soneto) — Amaral Ornellas

    Oração (Versos) — João de Deus

    Rainha do Céu (Soneto) — Antero de Quental

    Prece à Mãe Santíssima — Anália Franco

    Súplica à Mãe Santíssima (Soneto) — Bittencourt Sampaio

  154. Súplicas maternas (Versos) — Maria Dolores
  155. Três imperativos (Pedi, buscai, batei… Interpretação da passagem de Lucas 11.9: “E eu vos digo a vós: pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á”) — Emmanuel
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. “E tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis” (Mt) — Esse preceito do Mestre tem aplicação, igualmente, no que se refere aos bens materiais? (Ocs)
  2. Vide no livro “Entre a Terra e o Céu” no cap. 1, item 2: Invocação maléfica.
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Duas coisas são as que te pedi; não mas negues antes que morra. Alonga de mim a vaidade, e as palavras de mentira; não me dês nem a pobreza, nem as riquezas; dá-me somente o que for necessário para viver; para que não suceda que, estando farto, seja eu tentado a te renunciar, e dizer: Quem é o Senhor? Ou que, constrangido da indigência, me ponha a furtar, e viole por um juramento o nome de meu Deus. — Salomão (Pv)
  2. Vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes. — Jesus (Mt)
  3. Todas as coisas que vós pedirdes orando, crede que as haveis de ter, e que assim vos sucederão. — Jesus (Mc)
  4. E ele lhes disse: — Não peçais mais do que o que vos está ordenado. — João Batista (Lc)
  5. Portanto eu vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque todo aquele que pede, recebe; e o que busca, acha; e ao que bate, se lhe abrirá. — Jesus (Lc)
  6. Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai Celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? — Jesus (Lc)
  7. Louco, esta noite te pedirão a tua alma. — Jesus  (Lc)
  8. Porque a todo aquele, a quem muito foi dado, muito lhe será pedido; e ao que muito confiaram, mais conta lhe tomarão. — Jesus (Lc)
  9. Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. — Jesus (Jo)
  10. Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra. — Jesus (Jo)
  11. E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E se sabemos que ele nos ouve, quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito. — João (1Jo)
  12. Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. — Tiago (Tg)
  13. Aquele que pede a Deus o perdão de seus erros não o obtém senão mudando de conduta. As boas ações são a melhor das preces, pois os atos valem mais que as palavras. — Allan Kardec (Oes)
  14. Não peças à Providência || Muito almoço, muita ceia, || Que de carne farta e gorda || A sepultura está cheia. — Casimiro Cunha (Cla)Tx24
  15. Trabalha, antes de pedir, porque o teu próprio trabalho fará a exposição de tuas necessidades. — Mariano (Ft)Tx46
  16. A caridade — amor puro, || Crédito vivo em ação. || A prece — saque seguro, || Na hora da petição. — Leôncio Correa (Ol)Tx106
  17. No mecanismo das ocorrências, a oração ou o desejo expressam o pedido. Os acontecimentos posteriores consubstanciam a resposta da vida. — Emmanuel (Aec)Tx109
  18. Socorre-me, Deus de Amor, || Que eu sou uma dupla assim: || Um sábio montando guarda || À fera que trago em mim. — Pedro Silva (Tma)Tx117
  19. Oh! Senhor, dá-me o destino || Da fonte humilde e vulgar, || Que abraça as pedras cantando || E serve sem perguntar!… — Pedro Silva (Tma)Tx117
  20. Dois pedidos me atormentam, || Sem que me alegre ou me queixe: || Pede o tempo que te ame, || Pede a vida que te deixe. — Lívio Barreto (Tma)Tx117
  21. Entre a rogativa e a concessão está o proveito. — Emmanuel (Cel)Tx132
  22. Aquele que pede mais || Do que precisa ou convém, || Às vezes, perde o que quer || E muito do que já tem. — Deraldo Neville (Rca)Tx138
  23. Quando Deus parece longe || Do clamor de nossa voz, || Podemos observar || Que pedimos contra nós. — Maria Dolores (Cdf)Tx150
  24. És livre na petição || De quanto sonhas ou visas || Mas, no terreno da ação || Só Deus sabe o que precisas. — Rodrigo Júnior (Tdl)Tx178
  25. Pedira auxílio nas preces || O obsedado Rosendo, || Solicitado a servir, || O pobre saiu correndo… — Cornélio Pires (Tdl)Tx178
  26. Dize a Deus o que desejas || De Bom, de Belo e Maior, || Sabendo, porém que Deus || Faz somente o que é melhor. — Casimiro Cunha (Tdl)Tx178
  27. Para guardar a alegria || De nunca desacertar, || Espera para pedir || E apressa-te no ajudar. — Casimiro Cunha (Pea)Tx213
  28. Nas horas de luta aberta, || O que te rogo, Senhor, || É a palavra clara e certa || Que te mostre o imenso amor. — Teotônio Freire (Pea)Tx213
  29. De duas provas no mundo || Não sei a maior qual seja: || Se pedir o que se quer || Ou ter o que se deseja. — Adherbal de Carvalho (Pda)Tx222
  30. Seja qual for a provação que te visita, acalma-te e espera. Muitas vezes, quando a resposta do Céu parece tardar, ante o pedido que formulaste, em oração, semelhante demora significa que o Céu, em silêncio, permanece contando com a tua paciência. — Emmanuel (Agt)Tx252
  31. Pedindo aos Céus grande prova, || Ao sofrê-la, o Téo Marinho, || Clamou a Deus que rogara || Somente a prova de vinho. — Pedro Silva (Sp)Tx255
  32. Acalma-te, serve e abranda || A vida, a voz e o caminho; || Quem pede como quem manda || Costuma ficar sozinho. — Josué Romano (Sdl)Tx294
  33. Juquinha pediu a Morte… || Só falava em “mundo ingrato”, || Mas quando a Morte chegou || Juquinha “caiu no mato”. — Lulu Parola (Rdl)Tx312
  34. Pedi um brinde à roseira || Para tê-lo em meus caminhos; || Ela deu-me um ramo verde, || Todo crivado de espinhos. — Pedro Silva (Pdp)Tx346
  35. Pedia apoio bancário || Para erguer um grande abrigo, || Mas, ao ver-se milionário, || Chutava qualquer mendigo. — Cornélio Pires (Ta)Tx372
  36. Um amigo pediu ao Céu || Mais dinheiro, em hora grave. || Ele tem um Céu no peito, || No entanto, perdeu a chave. — Maria Dolores (Eel)Tx382
  37. Multidões rogam a Deus || O que se lhes faz preciso… || Nunca vi alguém pedir || O conserto do juízo. — Cornélio Pires (Alp)Tx406
  38. Apelos, cânticos, vozes…  || Penso eu que, em tudo isso, || O homem pede a Deus amparo || E Deus pede ao homem serviço. — Cornélio Pires (Tv)Tx412
  39. Sentindo amor por alguém || Que se veja em compromisso, || Roga o socorro de Deus || Para esquecer em serviço. — Cornélio Pires (Tv)Tx412
  40. Muita gente pede o Céu || Para os tempos do porvir; || E deus nos reclama agora || Viver em paz e servir. — Cornélio Pires (Pev)Tx413
  41. Faleceu, há muito tempo, || O amigo Gino Garcez; || Achei-o em prece num templo || Rogando um berço outra vez. — Cornélio Pires (Pvi)Tx417