Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Cordão fluídico

Blue bar

 

TEMAS CORRELATOS
(Alma) (Alma e corpo) (Centros Vitais) (Emancipação da alma) (Espírito) (Fluidos) (Perispírito) (Princípio vital)
 
  1. Vide no item 6 do artigo A jovem cataléptica da Suábia referências ao laço fluídico, elemento de ligação do Espírito ao corpo carnal.
  2. Vide no livro “Obreiros da vida eterna” cap. 13, item 6: Dimas-homem morre. Dimas-Espírito permanece ligado aos despojos pelo cordão fluídico umbilical do Espírito, até o dia seguinte, para uma absorção mais completa dos elementos vitais provenientes do corpo físico. No cap. 15: Dimas ainda ligado aos despojos, recebe deste, através do cordão umbilical do Espírito, fluidos vitais residuais do soma, permanecendo seu estado de consciência singularmente alterado por efeito dessa mesma ligação. No cap. 15, item 4: Observações dentro da necrópole. Contato com uma infeliz mulher que se mantinha presa aos despojos pelo laço fluídico. Observando o estado de espírito de outra entidade igualmente retida aos despojos pelo cordão fluídico umbilical do Espírito ainda não desligado.
  3. Vide também no item 4 do cap. 3 do livro “Voltei”: A verificação por Jacob do cordão fluídico que ainda o prendia aos despojos; e no item 4 do cap. 5 do mesmo livro: O desligamento final, de forma natural, do cordão fluídico no processo desencarnatório de Jacob; as fortes sensações causadas e a subsequente ampliação e melhoria das faculdades intelectuais e sensitivas.

 


 

Cordão fluídico cervical do Espírito, o principal laço de união dos veículos de manifestação do Espírito quando encarnado: o perispírito e o corpo. Comumente chamado de Cordão fluídico umbilical do Espírito.Fluídico: De fluido (lat. fluidus, fluidum) que corre; fluente. — Umbilical: De umbigo (lat. umbilicus), meio, centro de qualquer coisa. Este laço é um liame fluídico-magnético extremamente elástico que imanta o perispírito ao corpo, célula a célula, colocando assim o Espírito em permanente ligação com seu corpo carnal. Ligação esta que inicia-se desde a fecundação ovular nos primeiros instantes da encarnação e mantém-se até a efetiva desencarnação do Espírito. Nos fenômenos de emancipação da alma tal como o que foi observado por André Luiz em Nosso Lar, (Nl) é este o laço magnético que mantém a vida orgânica quando do afastamento do Espírito de seu vaso físico. Esse cordão fluídico estende-se do perispírito ao corpo causal e foi devido a ele que o Espírito de André Luiz pode afastar-se de seu veículo de manifestação, num desdobramento natural ocorrido depois de seu primeiro dia de serviço nas câmaras de retificação em Nosso Lar, para encontrar-se com sua mãe em Esfera superior. (Nl)