Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Conversação

 

TEMAS CORRELATOS
(Audição) (Bênção) (Controvérsia) (Crítica) (Decisão) (Fala) (Fofoca) (Língua) (Maledicência) (Opinião) (Palavra) (Palavra e exemplo) (Pregação) (Queixa) (Relacionamento) (Repetição) (Resposta) (Saudação) (Silêncio) (Sinceridade) (Telepatia) (Verbo) (Voz)
(AFORISMOS)
 
  1. A caridade desconhecida [Idem] (Como expressar a compaixão, sem dinheiro? por que meios incentivar a beneficência, sem recursos monetários?) — Neio Lúcio
  2. Amenidade (Interpretação da passagem de Mateus 5.5: “Bem-aventurados os mansos porque eles herdarão a Terra”) — Emmanuel
  3. A mesa (Quadras em torno da função da mesa na vida humana) — Casimiro Cunha
  4. Abolição do mal (Quem se refere à perseguições e calúnias, rixas e desgostos, na maior parte das circunstâncias, está destacando a influência do mal) — Emmanuel
  5. Assuntos (Como agir quando a conversação ambiente se mostre indesejável) — Meimei
  6. Caridade e razão (Raciocinar para conversar com proveito) — Emmanuel
  7. Conversa (Soneto) — Alfredo Nora
  8. Conversa (Versos) — Cornélio Pires
  9. Conversa com Jesus [Idem] (Versos) — Maria Dolores
  10. Conversa de irmã (Versos) — Maria Dolores
  11. Conversa em família — Emmanuel
  12. Conversa maledicente — Chico Xavier
  13. Conversando (Soneto) — Auta de Souza
  14. Conversar — André Luiz
  15. Conversar (Estudo da epístola de Paulo aos Efésios 4.29: “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graças aos que a ouvem”) — Emmanuel
  16. Conversas (Versos) — Maria Dolores
  17. Diálogo curativo — Emmanuel
  18. Diálogo e sexo (Estudo da questão n° 200 de “O Livro dos Espíritos”: “Têm sexos os Espíritos?”) — Emmanuel
  19. Diálogo no lar — Emmanuel
  20. Diálogo paterno — Chico Xavier
  21. Esperando por ti (Pensa na Bondade de Deus, antes de pronunciares a frase amarga que te explode no coração) — Meimei
  22. Examinai (Estudo da epístola 2 João 10: “Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa”) — Emmanuel
  23. Linguagem (Estudo da epístola de Paulo a Tito 2.8: “Linguagem sã e irrepreensível para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós”) — Emmanuel
  24. Mantendo a serenidade (Existem atitudes e assuntos que preservam o equilíbrio e a serenidade do grupo de criaturas a que pertençamos na Terra) — Emmanuel
  25. Más palestras (Estudo da epístola de Paulo 1 Coríntios 15.33: “Não vos enganeis; as más conversações corrompem os bons costumes”) — Emmanuel
  26. Melhorar sempre (Do dever de selecionarmos expressões e afirmações. Estudo da epístola 1 Pedro 4.19: “Por isso também os que sofrem segundo a vontade de Deus encomendem suas almas ao fiel Criador, na prática do bem”) — Emmanuel
  27. Minidepósitos (Experimente lançar estes minidepósitos na Organização Bancária da Vida e você receberá lucros surpreendentes pela Carteira do Bem) — André Luiz
  28. Nas conversações — André Luiz
  29. O “não” e a luta (Interpretação da passagem de Mateus 5.37: “Mas seja o vosso falar: sim, sim; não, não”) — Emmanuel
  30. O telefonema (Agostinho Pereira e os palradores) — Hilário Silva
  31. Os três crivos (Os crivos da  verdade, da bondade e da utilidade) — Irmão X
  32. Onde estiveres (não percas a oportunidade de semear o bem) — André Luiz
  33. Pausa justa [Idem] (Quando a conversa se faça excessivamente acalorada) — Emmanuel
  34. Repetições — Emmanuel
  35. Repreensão (Repreensão verbal: Convirá sempre ponderar o porquê, o como e o modo, através dos quais devemos concretizá-la) — Emmanuel
  36. Saber ouvir — Chico Xavier
  37. Saber ouvir (Tumulto e vozerio, nos atritos humanos, pedem um tipo raro de beneficência — a caridade de saber ouvir) — Emmanuel
  38. Símbolos nas palavras (Conversando podemos criar saúde ou enfermidade, levantar ou abater, recuperar ou ferir)  — André Luiz
  39. Sinal de paciência — Emmanuel
  40. Temas importunos — André Luiz
  41. Tempo alheio — Emmanuel
  42. Vacinas da alma (Não existe ninguém que não possa ajudar conversando) — André Luiz
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. Diálogo W
  2. É justo que, a propósito de tudo, busque a espiritista tanger os assuntos do Espiritismo nas suas conversações comuns? (Ocs)
  3. Vide no livro “Entre a Terra e o Céu” cap. 22, item 3: Ligeiro estudo sobre a importância substancial da voz na conversação.
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Não vos enganeis; as más conversações corrompem os bons costumes. — Paulo (1Cor)
  2. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graças aos que a ouvem. — Paulo (Ef)
  3. Toda a amargura, cólera, ira, gritaria e blasfêmia sejam retiradas dentre vós, bem como toda a malícia. — Paulo (Ef)
  4. Entende, primeiramente, || O que diga o companheiro. || Escuta silencioso || E fala por derradeiro. — Casimiro Cunha (Cla)Tx24
  5. De nada valem bons verbos || E códigos de bom-tom, || Se viveres falando a esmo || Sem praticar o que é bom. — Casimiro Cunha (Cla)Tx24
  6. No estado atual da educação humana é muito difícil alimentar, por mais de cinco minutos, conversação digna e cristalina, numa assembleia superior a três criaturas encarnadas. — Fabriciano  (Ove)Tx26
  7. Guarde cuidado no modo de exprimir-se; em várias ocasiões, as maneiras dizem mais que as palavras. — André Luiz (Ac)Tx34
  8. Evite a verbosidade avassalante; quem conversa sem intermitências, cansa ao que ouve. — André Luiz (Ac)Tx34
  9. Não se aborreça com a pessoa de conversação ainda fútil. Você também era assim quando lhe faltava experiência. — André Luiz (Ac)Tx34
  10. Sua conversação dirá das diretrizes que você escolheu na vida. — André Luiz (Ac)Tx34
  11. Comentários contra ingratos, || Verbo amargoso e violento, || São tristes revelações || Do anseio de isolamento. — Casimiro Cunha (Nli)Tx44
  12. É razoável que ninguém impeça o próximo de falar o que melhor lhe pareça; é justo, porém, que o ouvinte apenas retenha o que reconheça útil e melhor. — Emmanuel (Vl)Tx49
  13. É imprescindível vigiar a boca, porque o verbo cria, insinua, inclina, modifica, renova ou destrói, por dilatação viva de nossa personalidade. — Emmanuel (Vl)Tx49
  14. Embora não se verifique o registro imediato em nossa consciência comum, há conversações silenciosas pelo “sem-fio” do pensamento. — Emmanuel (Vl)Tx49
  15. Na comunhão com parentes || Não te habitues a gritar. || A bênção da gentileza || É a caridade no lar. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  16. Se pretendes grande prêmio, || Bela vida e boa fama, || Não te faças tagarela, || Nem te demores na cama. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  17. Os médicos deste mundo || Remediam cutiladas, || Mas não curam as feridas || De frases precipitadas. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  18. Não olvides que o silêncio || Vitória e virtude encerra. || Vencer sobre a própria língua || É mais que vencer a guerra. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  19. Se desejas evitar || Angústias e cicatrizes, || Nunca digas o que sabes || Sem saberes o que dizes. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  20. Não te refiras a trevas || No teu dia claro e lindo. || Não despertes a “má sorte” || Se a “má sorte” está dormindo. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  21. Toda vez que ensinamos ou conversamos, nossa boca assemelha-se a um alto-falante, em conexão com o emissor da memória, projetando na direção dos outros não apenas a resultante de nossas leituras ou de nossos conhecimentos, mas igualmente as ideias e sugestões que nos são desfechadas pelas criaturas encarnadas ou desencarnadas com as quais estejamos em sintonia. — Emmanuel (Sdm)Tx74
  22. Em toda conversação, na qual sejamos induzidos a examinar o comportamento do próximo submetido à censura alheia, vasculhemos o íntimo, concluindo se não teríamos praticado incorreções iguais ou maiores no lugar dele. — Emmanuel (Pve)Tx91
  23. Esqueça as narrativas que exaltem indiretamente o erro. A moral da história mal contada é sempre a invigilância. — André Luiz (Eev)Tx93
  24. Sabedoria de lei || Nas leis da Sabedoria: || Quem sabe dizer “não sei”, || Não inventa fantasia. — Leôncio Correa (Ol)Tx106
  25. O homem é sempre assim, || Por mais alto que se expresse: || Tanto mais intolerante || Quanto menos se conhece. — Múcio Teixeira (Ol)Tx106
  26. A palavra amiga e boa, || Quando a mágoa nos subleva, || Recorda a lâmpada acesa, || Vencendo o poder da treva. — Silveira Carvalho (Ol)Tx106
  27. Onde há fala sem proveito || Sofre o tempo escárnio e furto, || Onde a conversa é comprida || O serviço é sempre curto. — Casimiro Cunha (Ol)Tx106
  28. Fuja de cultivar conversações menos dignas. O interlocutor terá vindo buscar o seu respeito a Deus e à vida, a fim de equilibrar-se. — André Luiz (Pdv)Tx107
  29. Os minutos rápidos de conversação esclarecedora que dispensares ao companheiro enredado nas teias da influência nociva não resolvem o problema da obsessão; no entanto, podem ser hoje a escora salvadora para alguém que a perturbação ameaça e que amanhã se transformará em coluna viva de educação espiritual, redimindo os sofredores do mundo. — Emmanuel (Aec)Tx109
  30. Conversas? Em todas elas, || Olha as próprias diretrizes. || Modelas a mente alheia || Pelas palavras que dizes. — Marcelo Gama (Tma)Tx117
  31. O mal reclama três dotes: || Silêncio, perdão e prece. || Cousa que não se comenta || É como se nunca houvesse. — Boris Freire (Tma)Tx117
  32. Coração nobre e prudente, || Servindo, se vê feliz, || Nunca diz tudo o que sente, || Mas pensa tudo o que diz. — Antônio Chaves (Tma)Tx117
  33. Conversação sem proveito || No espírito desatento, || É a maneira de apagar || As luzes do pensamento. — Toninho Bittencourt (Tma)Tx117
  34. Conversa é doação de nós mesmos. — Emmanuel (Crg)Tx123
  35. Diálogo é o agente que nos expõe o mundo íntimo. — Emmanuel (Crg)Tx123
  36. Converse com serenidade e respeito, colocando-se no lugar da pessoa que ouve, e educará suas manifestações verbais com mais segurança e proveito. — André Luiz (Sv)Tx124
  37. Você não precisa dedicar-se à conversação inconveniente, mas se alguém desenvolve assunto indesejável é possível escutar com tolerância e bondade, sem ferir o interlocutor. — André Luiz (Sv)Tx124
  38. Evitar anedotário chulo ou depreciativo, reconhecendo-se que as palavras criam imagens e as imagens patrocinam ações. — André Luiz (Sv)Tx124
  39. Se ouvimos alguma frase imperfeitamente burilada na voz de pessoa amiga, apreciemos a intenção e o sentimento, na elevação em que se articula, sem anotar-lhe o desalinho gramatical. — André Luiz (Sv)Tx124
  40. Qualquer assunto pode ser tratado com altura e benevolência. — André Luiz (Sv)Tx124
  41. As referências nobres sobre pessoas, acontecimentos, circunstâncias e cousas são sempre indícios de lealdade e elegância moral. — André Luiz (Sv)Tx124
  42. Não insistas em queixar, || Coração mais tranquilo || Que fala só de pesar, || Acaba por atraí-lo. — Ciro Silva (Rca)Tx138
  43. Converse sem desejar parecer maior ou melhor que os circunstantes. — André Luiz (Rdv)Tx146
  44. Abençoadas serão as suas palavras sempre que você fale situando-se na posição dos ausentes ou no lugar dos que lhe ouvem a voz. — André Luiz (Rdv)Tx146
  45. Fala na dor que te alcança || Mantendo a calma de pé, || Uma frase de esperança || Cria o prodígio da fé. — Américo Falcão (Cdf)Tx150
  46. Verbo escuro estrada afora, || Nesse espinheiro não entro, || Conversa mostra por fora || O que nós somos por dentro. — José Nava (Cdf)Tx150
  47. Abstenha-se de entreter assuntos alusivos à delinquência. Ninguém lava as mãos num vaso de lama. — André Luiz (Ba)Tx153
  48. Não existe ninguém que não possa ajudar conversando. — André Luiz (Ba)Tx153
  49. Evite comentários deprimentes. Você não serviria um bolo envenenado aos amigos. — André Luiz (Ba)Tx153
  50. O diálogo construtivo é terapêutica restauradora. — André Luiz (Ba)Tx153
  51. Converse motivando as pessoas para o bem a fazer. (…) Recordemos: todos necessitamos uns dos outros e a palavra simples e espontânea é a chave da simpatia. — André Luiz (Ba)Tx153
  52. A conversa fastidiosa talvez seja o veículo de valiosa indicação. — André Luiz (Ba)Tx153 
  53. A conversa triste com os tristes, deixam os tristes muito mais tristes. — Emmanuel (Co)Tx162
  54. Criteriosa dieta na conversação é saúde no espírito. — Emmanuel (Co)Tx162
  55. Não impulsione para a frente qualquer questão desagradável. — André Luiz (Mdo)Tx165
  56. Nem sempre dirás “sim” ao que se te proponha. Mas um “não” pode ser trajado de veludo. Não recuses doar uma palavra boa. — Emmanuel (Lb)Tx169
  57. Procura o lado melhor das situações e pessoas para qualquer referência. — Emmanuel (Isp)Tx177
  58. Uma frase carregada de aspereza, na maioria dos casos, pode ser figurada como sendo murro no rosto das melhores oportunidades que te procuram. — Emmanuel (Ca)Tx180
  59. Conversa, escuta, esclarece, || Anota, pondera, ensina… || Quem grita demasiado || Precisa da medicina. — Gil Amora (Ruv)Tx201
  60. Fala ajudando… Não nutras || A conversa envilecida; || Pela vida das palavras, || Revelas a própria vida. — Casimiro Cunha (Pea)Tx213
  61. Conversa — alimento e força, || Pão vivo em que te repartes || É a arte número um || De todas as outras artes. — Pedro Silva (Mv)Tx219
  62. Bendita a frase de amor, || Dita, no justo momento, || Ao coração sofredor || No dia amargo e cinzento. — Meimei (Pda)Tx222
  63. Muita frase de incerteza || Muita conversa mortiça, || Certas horas de tristeza || Nada mais são que preguiça. — Sylvio Fontoura (Pda)Tx222
  64. Tinha a conversa tão longa || Que se falava, na Estaca, || Que ele comera araponga || Com carne de jararaca. — Cornélio Pires (Sp)Tx255
  65. Da conversa descomposta || De alguém que se encoleriza, || Só fica perto quem gosta, || Só aguenta quem precisa. — João Moreira da Silva (Tf)Tx267
  66. Se desejas vida calma, || Aberta em horas felizes, || Nunca digas o que sabes, || Sem entender o que dizes. — Boris Freire (Tf)Tx267
  67. Foi uma existência triste || A de Salvino Licanço: || Viveu de prato e conversa… || Depois morreu de descanso. — Cornélio Pires (Fdp)Tx277
  68. Foi só conversa fiada || A vida de João Benvindo; || Agora desencarnado, || Continua discutindo. — Antônio Barros (Fdp)Tx277
  69. Quem se julga experiente || E em tudo quer opinar, || Quando o assunto se faz quente || Nada viu ou quer falar. — Cornélio Pires (Sdl)Tx294
  70. Nos longos tratos da vida, || Há muita espécie de furto. || Exemplo: a fala comprida || Arrasta serviço curto. — Manoel Serrador (Sdl)Tx294
  71. Quem controla a própria boca || Não cai nas tricas do mundo; || Não há saco sobre a Terra || Que se encha pelo fundo. — Lulu Parola (Sdl)Tx294
  72. No que fales, quando falas, || Usa paz e concisão… || Palavrão fora da boca || É pedra fora da mão. — Natal Machado (Rdl)Tx312
  73. Conversa maliciosa || É sempre treva em caminho; || Pessoa que beija a rosa || Não beija a ponta do espinho. — Pedro Silva (Pdp)Tx346
  74. Quem peça concurso ativo || Em obras que busca expor || Empregue o claro incentivo || Das frases de paz e amor. — Juca Muniz (Pdp)Tx346
  75. Mesmo em prosa que distrai, || Criticar não vale a pena; || Às vezes, a gente cai || Naquilo que mais condena. — Múcio Teixeira (Pdp)Tx346
  76. Quinze minutos de amparo fraternal, através da conversação educativa, representam valioso tempo na construção do bem. — Emmanuel (Bea)Tx373
  77. Abolir a queixa da conversação, na certeza de que se, porventura, tivermos alguma razão para essa ou aquela reclamação quanto aos outros, é possível que aqueles de quem nos queixamos, talvez possuam motivos mais fortes para se queixarem de nós. — Bezerra (Uej)Tx388
  78. Quem quiser paz e saúde || Cultive afetos normais, || Coma pouco e pense muito || E não converse demais. — Cornélio Pires (Ddv)Tx411
  79. Em matéria de doenças, || Fala pouco ou nada fales, || Qualquer doença nos livra || De muitos e grandes males. — Cornélio Pires (Cvi)Tx416
  80. Aprimora os teus assuntos || Nas falas a que te levas; || Conversas maliciosas || Lembram tecidos de trevas. — Cornélio Pires (Trv)Tx422