Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Cegueira

Blue bar

 

TEMAS CORRELATOS
(Carma) (Causa e efeito) (Enfermidade) (Visualização)
(AFORISMOS)
 
  1. A suave compensação (Humberto de Campos relembra a fantasia do conto de Wells sobre o vale dos homens que haviam perdido as faculdades visuais e diz ser aplicável ao mundo terreno em se tratando da aceitação das verdades novas que o Espiritismo veio trazer) — Humberto de Campos
  2. A tomada elétrica (História de Júlio, que é um amargo escarmento aos levianos do ouvido e aos imprudentes da língua) — Júlio
  3. Bem-aventurados os que têm fechados os olhos (Ev)
  4. Bem-aventurados os que têm os olhos fechados — Vianney, cura d’Ars (Re)
  5. Carta aos cegos (Versos) — Casimiro Cunha
  6. Cegos (Soneto) — Casimiro Cunha
  7. Cegos — Emmanuel
  8. Cegueira (Soneto) — Epiphanio Leite
  9. Cura de cegueira (Estudos Espíritas)
  10. Cura moral dos encarnados (Comunicação de S. Luís a respeito do jovem atingido pela cegueira e suas possibilidades de cura) (Re)
  11. Dois Espíritos cegosEstudo moral (Re)
  12. Mensagem ao Prof. Levino Albano Conceição [Idem] (Exímio violinista, cego desde os sete anos de idade) — Emmanuel
  13. O cego de Betsaida (Estudos Espíritas)
  14. O cego de Jericó (Interpretação da passagem de Lucas 18.41: “Dizendo: Que queres que te faça? E ele respondeu: — Senhor, que eu veja”) — Emmanuel
  15. Redenção ao pecador (mensagem dirigida à D. Júlia Pego Amorim que se dedicou à obra de auxílio aos cegos do Brasil) — Engracinha
  16. Sigamos com Jesus (diante dos companheiros temporariamente privados da luz) — Emmanuel
  17. Tom, o cego, músico natural (Re)
  18. Trabalho em favor dos cegos no Brasil — Neio Lúcio
  19. Um médium pintor cego (Re)
  20. Uma saudação (à D. Júlia Pego Amorim que se consagrou à obra de educação dos cegos do Brasil) (Versos) — Casimiro Cunha
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. E se o teu olho te escandaliza, tira-o, e lança-o fora de ti: melhor te é entrar na vida com um só olho, do que tendo dois, ser lançado no fogo do inferno. — Jesus (Mt)
  2. Dizendo: Que queres que te faça? E ele respondeu: — Senhor, que eu veja. — Lucas  (Lc)
  3. Uma coisa sei: eu era cego agora vejo. — João (Jo)
  4. Não há cego pior do que aquele que não quer ver. — Allan Kardec (Ldm)
  5. Se devo apenas ser cego || Para ter-te em qualquer parte, || Pago o preço, quero a sombra… || Prefiro a treva a deixar-te… — Lívio Barreto (Tma)Tx117
  6. Cegueira será na Terra || Talvez uma grande cruz, || No entanto, é o caminho certo || Para a vitória da luz. — Sebastião Lasneau (Tma)Tx117
  7. Cego, no instante do adeus, || Exclamei, voltando à luz: || — Louvado sejas, meu Deus! || Bendito sejas, Jesus! — Sebastião Lasneau (Tma)Tx117
  8. Entre lutas a vencer, || Cumpri tarefas em bando || Cego, cumpri meu dever: || Passei a vida cantando… — Aderbal Ferreira de Araújo (Ruv)Tx201
  9. Minha festa na cegueira || Que Deus cercou de alegria || Foi cantar a vida inteira || Sem perceber quem me ouvia. — Aderbal Ferreira de Araújo (Ruv)Tx201
  10. Deus me chamou à cegueira || Para a festa da alegria; || Foi assim a vida inteira || Ou eu cantava ou morria. — Aderaldo Ferreira de Araújo (Sdf)Tx215
  11. Cego, cantando na espera || De socorro, dia a dia, || Nunca soube de quem era || A mão que eu agradecia. — Aderaldo Ferreira de Araújo (Ta)Tx372