Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Auxílio

 

TEMAS CORRELATOS
(Amor) (Assistência) (Beneficência) (Caridade) (Conselho) (Desprendimento) (Doação) (Fraternidade) (Mendicidade) (Necessidade) (Próximo) (Servir) (Socorro)
(AFORISMOS)
 
  1. A amizade real (História de um grande senhor que soubera amontoar sabedoria e riqueza) — Neio Lúcio
  2. A petição de Jesus [Idem] (Para que Simão Pedro auxiliasse Sara, filha de Jeremias, o curtidor)  — Irmão X
  3. A quem auxiliar? — Arnold Souza
  4. A regra de ajudar — Neio Lúcio
  5. Abençoa e auxilia — Bezerra de Menezes
  6. Afirmação (Auxílio e trabalho) — Emmanuel
  7. Ajuda e passa (Soneto) — Alberto de Oliveira
  8. Ajuda sem descansar (Versos) — Casimiro Cunha
  9. Ajuda sempre (Não desesperes…) — Emmanuel
  10. Ajuda-te a ti mesmo, que o Céu te ajudará (Ev)
  11. Ajuda-te hoje — André Luiz
  12. Ajude a você mesmo — André Luiz
  13. Ajude sempre — André Luiz
  14. Ajudemo-nos — Maria Augusta Bittencourt
  15. Ajudemos (O Espiritismo é a luz de uma nova renascença para o mundo inteiro. Para que a sublime renovação se concretize, porém, é necessário nos convertamos em raios vivos de sua santificante claridade) — Emmanuel
  16. Ajudemos a vida mental (A multidão continua seguindo Jesus na ânsia de encontrá-lo. Interpretação da passagem de Mateus 4.25: “E seguia-o uma grande multidão da Galileia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judeia e de além do Jordão”) — Emmanuel
  17. Ajudemos sempre (Interpretação da passagem de Lucas 10.29: “E quem é o meu próximo?”) — Emmanuel
  18. Ajudemos também (Interpretação da passagem de Marcos 6.37: “Ele respondeu e disse: Dai-lhes vós, de comer…”) — Emmanuel
  19. Algo mais [Idem] (Como colaborar na construção do Reino de Deus) — Meimei
  20. Amor e auxílio — Irmão X
  21. Ampara hoje (os que se viram envoltos no turbilhão de inesperados desafios) — Emmanuel
  22. Ampara sempre (diante das investidas do mal) (Versos) — João de Deus
  23. Amparo espiritual (Do amparo que devemos aos que nos acompanham no educandário da vida) — Emmanuel
  24. Amparo mútuo — Batuíra
  25. Amparo mútuo — Emmanuel
  26. Amparo recíproco (Na Terra, somos todos necessitados da compaixão recíproca) — Meimei
  27. Ante o Celeste Convite (Os Arautos da Boa Nova convidam todas as criaturas para a construção do Reino de Deus na Terra) — Emmanuel
  28. Até o fim (Já sentiu você o prazer de ajudar alguém, sem interesse secundário, de modo absoluto, do início ao fim da necessidade, presenciando um sucesso ou uma recuperação?) — André Luiz
  29. Autoauxílio — Emmanuel
  30. Auxilia — André Luiz
  31. Auxilia (Soneto) — Auta de Souza
  32. Auxilia agora [Idem] (para que não sejamos como aqueles que carregam para o túmulo a dor da frustração, diante do bem que não conseguiram realizar) — Emmanuel
  33. Auxilia enquanto é hoje [Idem] [Idem] — Emmanuel
  34. Auxilia hoje (Não existe mal em possuir o dinheiro. O mal decorre da invigilância, quando permitimos na Terra que o dinheiro nos possua) — André Luiz
  35. Auxiliando-te, auxiliarás — Emmanuel
  36. Auxiliar I (Para auxiliar, amparar, consolar, instruir não aguardes o favor das circunstâncias. Interpretação da passagem de Mateus 13.3: “Eis que o semeador saiu a semear…”) — Emmanuel
  37. Auxiliar II — Emmanuel
  38. Auxiliar sem imposição — Chico Xavier
  39. Auxilia também — André Luiz
  40. Auxiliar e servir (Interpretação da passagem de Lucas 10.27: “… E amarás o teu próximo como a ti mesmo”) — Emmanuel
  41. Auxiliarás por amor — Emmanuel
  42. Auxilie sempre (Não desesperes, nas trevas da noite, ainda mesmo quando o frio da adversidade te fira o coração) — Emmanuel
  43. Auxiliemos I — Emmanuel
  44. Auxiliemos II — Emmanuel
  45. Auxiliemos sempre (Por que te afirmas tantas vezes incapaz de auxiliar?) — Emmanuel
  46. Auxílio — Emmanuel
  47. Auxílio (Versos) — Jair Presente
  48. Auxílio a nós mesmos (Versos) — Casimiro Cunha
  49. Auxílio do Alto (Interpretação da passagem de Mateus 7.8: “Porque aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra: e, ao que bate, se abre”) — Emmanuel
  50. Auxílio do Senhor (Comentários em torno da parábola do bom samaritano) — Irmão X
  51. Auxílio e esforço — Chico Xavier
  52. Auxílio e esforço próprio — Emmanuel
  53. Auxílio e nós (Interpretação da passagem de João 16.24: “… Pedi e recebereis…”) — Emmanuel
  54. Auxílio e previdência (Ajudar a nós mesmos, a fim de que Deus nos ajude) — Emmanuel
  55. Auxílio eficiente (O homem que se distancia da multidão raramente assume posição digna à frente dela. Interpretação da passagem de Mateus 5.2: “E abrindo a sua boca os ensinava”) — Emmanuel
  56. Auxílio em desobsessão — André Luiz
  57. Auxílio mais alto (Estudo da epístola de Tiago 5.16: “…E orai uns pelos outros…”) — Emmanuel
  58. Auxílio moral (ante a impossibilidade de alterar o pensamento ou o rumo das pessoas queridas) — Emmanuel
  59. Auxílio mútuo — Emmanuel
  60. Auxílio no auxílio (Há quem pergunte como auxiliar aos outros sem possuir recursos materiais. Estudo da epístola 1 João 4:11: “Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar-nos uns aos outros”) — Emmanuel
  61. Auxílio no Além — Emmanuel
  62. Auxílios antecipados (Cultiva a afabilidade nas áreas do relacionamento com os outros, lembrando a experiência do lavrador que sabe, por antecipação a espécie de frutos que colherá, por viver conscientizado, quanto às particularidades da sementeira) — Emmanuel
  63. Auxílios do Invisível (Interpretação da passagem de Atos 12.10: “E, depois de passarem a primeira e segunda guarda, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua e logo o anjo se apartou dele”) — Emmanuel
  64. Auxílios sempre possíveis — André Luiz
  65. Bombeiros de Deus (quando podemos evitar incêndios lamentáveis, destruidores dos mais altos valores da vida) — Emmanuel
  66. Calma e auxílio — Meimei
  67. Com o auxílio de Deus (Interpretação da passagem de Mateus 17.19: “…Em verdade vos digo que se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Transporta-te daí para ali e ele se transportaria e nada vos seria impossível”) — Emmanuel
  68. Caminhos (Quem te definiu por benfeitor daqueles a quem desataste as cadeias de sofrimento, quando estendias a mão para auxiliar? Não olvides que ajudavas também a ti mesmo, construindo os caminhos da própria libertação) — Meimei
  69. Campanha da bênção (nas tarefas do auxílio) (Versos) — Maria Dolores
  70. Coxos e estropiados (Em matéria de auxílio aos que te reclamam a luz da fraternidade, não te deixes guiar pelas aparências. Interpretação da passagem de Mateus 15.30) — Emmanuel
  71. Desce elevando (aqueles que te comungam a convivência, para que a vida em torno suba igualmente de nível. Reflexões em torno da questão n.° 1018 de “O Livro dos Espíritos”) — Emmanuel
  72. Desce para ajudar — Agar
  73. Dez maneiras de ajudar com segurança — André Luiz
  74. Diante do auxílio (Não apenas a cortesia é a força de base que se pede aos outros, a fim de que possamos auxiliar, roga-se também o entendimento de profundidade) — Emmanuel
  75. Dinheiro e carência (Dinheiro é instrumento do Senhor para todos os que se decidem a servi-lo na pessoa dos semelhantes) — Bezerra de Menezes
  76. Do modo de auxiliar — Emmanuel
  77. Elucidação (Quando a Divina Providência nos apresenta alguém para auxiliar) — Emmanuel
  78. Entre duas semanas (Petição, dinheiro e auxílio) — Irmão X
  79. Erre auxiliando — André Luiz
  80. Espíritos benfeitores (Faze-te, sobretudo, instrumento deles para que em te auxiliando possam igualmente agir em auxílio de outros) — Emmanuel
  81. Gestos simples (que auxiliam muito) (Versos) — Casimiro Cunha
  82. Itens do auxílio — André Luiz
  83. Jesus sabe (Disseste: “não ajudo, porque esse homem é pervertido”;  “não auxilio, que essa mulher errou por querer…”) — Meimei
  84. Lei do auxílio — Emmanuel
  85. Lição e auxílio — André Luiz
  86. Livres para auxiliar — Emmanuel
  87. Mecanismo do auxílio — Emmanuel
  88. Na hora de auxiliar — Emmanuel
  89. Na interpretação rigorista (O caso de Juvenal Silva: acreditava que as aflições humanas representavam fatalidade, que a dor constituía inevitável espinho e que não seria razoável imiscuir-se nas questões de auxílio) — Irmão X
  90. Na lei do auxílio — Emmanuel
  91. Na seara do auxílio [Idem] (Estudo da epístola de Paulo aos Colossenses 3.13: “Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra o outro; assim como o Cristo vos perdoou, assim fazei vós também”) — Emmanuel
  92. Na tarefa de ajudar (Na tarefa de ajudar, o bem maior é sempre aquele que ainda está por fazer) — André Luiz
  93. Não cesses de auxiliar [Idem] — Emmanuel
  94. No auxílio a todos (Da oração pelos que dirigem. Estudo da epístola de Paulo 1 Timóteo 2.2: “Pelos reis e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida justa e sossegada em toda a piedade e honestidade”) — Emmanuel
  95. No culto da caridade (Aprendamos a auxiliar) — Emmanuel
  96. Nos caminhos da vida (entre o hoje e o amanhã) — Bezerra de Menezes
  97. Norma de luz (da Providência Divina: “auxilia e serás auxiliado”) — Bezerra de Menezes
  98. Nota espírita (Auxílio sem dinheiro)  — Albino Teixeira
  99. O apoio virá (quando alguém deseja realmente auxiliar) — Emmanuel
  100. O auxílio mútuo — Neio Lúcio
  101. O colar de pérolas (que deu às crianças menos felizes todo um Natal de alegria, roupa numerosa e pão farto) — Hilário Silva
  102. O poder da migalha (Não desprezes o poder da migalha na obra do auxílio) — Emmanuel
  103. Oração por auxílio — Emmanuel
  104. Oração por auxílio — Meimei
  105. Para auxiliar (Dispõe-te a compreender, a fim de que possas auxiliar) — Meimei
  106. Petição e auxílio — Chico Xavier
  107. Por telefone (Se você deseja a ajuda de alguém, comece por ajudar alguém) — Hilário Silva
  108. Prece por auxílio (Versos) — Maria Dolores
  109. Prestação de auxílio — Emmanuel
  110. Recado de irmão (aos que desejam de alguma forma  auxiliar o próximo) — André Luiz
  111. Retorno (da beneficência) — Emmanuel
  112. Se você ajudar (Ampare a você mesmo, auxiliando aos outros) — André Luiz
  113. Sem dinheiro (Não esperes pelo dinheiro a fim de auxiliar) — Olívia
  114. Tarefas mútuas (Porque se rogue na Terra auxílio aos Amigos Espirituais, não admitas estejam eles sem necessidade do teu concurso) — Emmanuel
  115. Todos podemos ajudar — Emmanuel
  116. Tópicos do auxílio espiritual — Bezerra de Menezes
  117. Vem e ajuda (Soneto) — Auta de Souza
  118. Vem e auxilia (Acendeste mais luz na inteligência e, por isso, consegues observar, mais longe, o campo das necessidades humanas) — Emmanuel
  119. Verbo e vida (Em matéria de auxílio aos semelhantes, urge não esquecer a função poderosa do verbo) — Emmanuel
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar-nos uns aos outros. — João (1Jo)
  2. Ajuda-te que o Céu te ajudará. — Allan Kardec (Ev)
  3. Ajude sem exigências, para que outros o auxiliem, sem reclamações. — André Luiz (Ac)Tx34
  4. Ajudar não é impor. É amparar, substancialmente, sem pruridos de personalismo, para que o beneficiado cresça, se ilumine e seja feliz por si mesmo. — André Luiz (Ac)Tx34
  5. Aqueles que amparamos constituem nosso sustentáculo. O coração que socorremos converter-se-á agora ou mais tarde em recurso a nosso favor. — Neio Lúcio (Jnl)Tx41
  6. Se procuras uma regra de auxiliar os outros, beneficiando a ti mesmo, não te esqueças de amar o companheiro de jornada terrestre, tanto quanto desejas ser querido e amparado por ele. — Neio Lúcio (Jnl)Tx41
  7. Quem conquistou o dom de ajudar, sem pedir remuneração, penetrou o caminho de acesso efetivo à Espiritualidade Superior. — Abel Gomes (Ft)Tx46
  8. Ajuda ao caminho para que o caminho te possa ajudar. — Mariano (Ft)Tx46
  9. Quem ajuda ao doente, contribui para a saúde de todos. — Mariano (Ft)Tx46
  10. Se estabeleces condições para ajudar, reclamas o título de credor antes da própria dívida. — Mariano (Ft)Tx46
  11. Se pretendes auxiliar os mortos que atravessaram as fronteiras de pó e cinza, começa a tua obra ajudando os mortos-vivos que te rodeiam. — Mariano (Ft)Tx46
  12. Auxilia o companheiro, enquanto lhe podes divisar o sorriso de alívio; amanhã, a morte poderá imobilizar-lhe os lábios e todo óbolo tardio equivale à recusa. — Mariano (Ft)Tx46
  13. Quando o bem depende de consulta, o socorro chega atrasado. — Mariano (Ft)Tx46
  14. Quem ajuda sem cessar, || Cada hora, todo o dia, || Está cumprindo a Vontade || Da Eterna Sabedoria. — Meimei (Pno)Tx53
  15. Não nos cansemos de ajudar. O auxílio aos outros tem uma força desconhecida em nosso favor. — Agar (Cc)Tx54
  16. Quem segue ajudando, inflama estrelas que lhe iluminarão os horizontes. — Estevina (Cc)Tx54
  17. Quem auxilia a alguém é ajudado por muitos. — Estevina (Cc)Tx54
  18. Ajuda com diligência, || Sem condições e sem ágio. || O auxílio tardo é socorro || Que vem depois do naufrágio. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  19. Quem reparte com fartura || Auxílio, paz e alegria, || Encontra para si mesmo || A graça da simpatia. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  20. Toda moeda que ajuda || Bons e maus, crentes e incréus, || É caridade sublime || Que sobe da Terra aos Céus… — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  21. Se ajudas, ampara logo || Sem pergunta ou desavença. || Caridade verdadeira || Nunca pede recompensa. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  22. Guarda prudência ao lenir || As chagas de teu irmão. || O reconforto indiscreto || Irrita a grande aflição. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  23. Em teu reconforto, ampara || Quem segue na senda estreita. || No mundo, às portas da festa, || A provação vive à espreita. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  24. Não zombes de quem padece. || Não te canses de ajudar. || Sob as névoas do futuro, || Vem teu dia de chorar. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  25. Não cerres o coração à bondade e à confiança para que o Senhor não encontre dificuldades em ajudar-te. — Espírito de Basílio a Lívia (Avc)Tx56
  26. Hoje! Auxilia, auxilia, || Mesmo ante a luta que enfade. || Amanhã será teu dia || De sombra e necessidade. — Silveira Carvalho (Ani)Tx81
  27. Ajudando aqui e ali, || Sê bondoso e diligente. || Auxilia duas vezes, || Quem ajuda prontamente. — Casimiro Cunha (Ani)Tx81
  28. Não permitas que a oportunidade de auxiliar se deteriore em tuas mãos. A dádiva retardada tem gosto de recusa, tanto quanto a refeição inaproveitada fere o equilíbrio do paladar. — Emmanuel (Eev)Tx93
  29. Não desprezes o poder da migalha na obra do auxílio. — Emmanuel (Eev)Tx93
  30. Perdoa e ajuda amparando || Como as terras generosas, || Que dão, em troco de estrume, || Pão e bênção, vida e rosas. — Casimiro Cunha (Lnl)Tx104
  31. Auxílio nos guarda a vida || Nas dádivas mais singelas; || Merecimento nos vem || Do que fazemos com elas. — Eugênio Rubião (Ol)Tx106
  32. Onde estejas, quanto possas, || Ajuda em favor de alguém… || Origem de todo mal: || Ignorância do bem. — Sabino Batista (Ol)Tx106
  33. Deus é Pai, mas, em verdade, || No amor de Pai que não muda, || Se garante vida a todos, || Só ajuda a quem se ajuda. — Ormando Candelária (Ol)Tx106
  34. Ajuda quanto puderes, || Espalha a consolação. || Ninguém consegue escapar || Ao tempo de provação. — Casimiro Cunha (Ol)Tx106
  35. Para servir, não vaciles || Nem um momento sequer || Ajudar tardiamente || É próprio de quem não quer. — Martins Coelho (Ol)Tx106
  36. Alivia com bondade || A dor alheia ferida. || Toda verdade imprudente || Alarga os males da vida. — Casimiro Cunha (Ol)Tx106
  37. Ampara, alivia, ilumina e socorre sempre. Todo auxílio na obra do bem é uma prece silenciosa. E, toda vez que auxilias, o anjo da caridade está perto, orando também por ti. — Emmanuel (Pdv)Tx107
  38. Auxiliar alguém é fazer o investimento da verdadeira alegria e toda alegria no exercício do bem é dom de vida e luz que nos aproxima de Deus. — Emmanuel (Pdv)Tx107
  39. Interessamo-nos em auxiliar os outros, conforme a beneficência; entretanto, é preciso saber como auxiliar, de vez que nos oferecemos, instintivamente, naquilo que damos. A dádiva é, obrigatoriamente, envolvida pela influência do doador. — Emmanuel (Aec)Tx109
  40. Ampara que Deus te ampara, || Não penses na ingratidão; || Por três que te desajudem, || Cinquenta te ajudarão. — Fidelis Alves (Tma)Tx117
  41. A porta do auxílio abre-se de dentro para fora. Se alguém precisa de ti, também precisas de alguém. Dar será sempre o melhor processo de receber. — Emmanuel (Rmc)Tx121
  42. Para qualquer espécie de sofrimento é possível dar migalha de alívio ou de amparo, ainda quando semelhante migalha não passe do sorriso de simpatia e compreensão. — André Luiz (Sv)Tx124
  43. O auxílio ao próximo é o seu melhor investimento. — André Luiz (Sv)Tx124
  44. Nenhum de nós, na Terra, por enquanto, consegue saber com certeza se ainda hoje será para nós o dia de receber auxílio ao invés de auxiliar. — Emmanuel (Cpl)Tx130
  45. Auxilia o pântano e receberás a terra fecunda. (…) Ajuda a sementeira frágil e terás a colheita feliz de amanhã. — Emmanuel (El)Tx134
  46. Para ajudar a quem sofre, || Diz você que nada tem… || Não digas, porém: “não posso”, || Na sementeira do bem. — Chiquito de Moraes (Rca)Tx138
  47. Auxiliemos por amor e pelo amor, porquanto somente o amor oferece clima adequado à sustentação da paz no levantamento e conservação da felicidade comum. — Bezerra (Bcv)Tx139
  48. Não existe ninguém que não possa ajudar conversando. — André Luiz (Ba)Tx153
  49. Auxilia e auxiliar-se-te-á. (…) Ajuda-te sempre, especialmente ajudando aos outros, e o Céu te ajudará.  — André Luiz (Ba)Tx153 
  50. Raça, crença, nome, idade… || Auxilia, não hesites, || Diante da caridade, || O apoio não tem limites. — Casimiro Cunha (Rdp)Tx155
  51. Quem procura auxiliar || Sem ter migalha sequer, || Que não dê o que deseja, || Mas faça quanto puder. — Manuel Carneiro (Rdp)Tx155
  52. Aquele que auxilia é sempre o contemplado por auxílio mais amplo. — Walter Perrone (Asa)Tx170
  53. Auxilia a ti mesmo para que os outros te possam auxiliar. — Emmanuel (Isp)Tx177
  54. Ampara, socorre, entende, || Tudo está bem se perdoas; || Nosso progresso depende || Do auxílio de outras pessoas. — Silveira Carvalho (Tdl)Tx178
  55. Em matéria de ajudar, || Não faças indagação; || O Sol nunca perguntou || Se deve brilhar ou não. — Ismael Martins (Tdl)Tx178
  56. Por muitas bênçãos que encontres || Nas pessoas benfazejas, || São muitas mãos de outros Planos || Que te ajudam, sem que as vejas. — Casimiro Cunha (Jpv)Tx183
  57. Somente quem auxilia sempre adquire o tesouro da simpatia com que pagará, feliz, o tributo da ascensão. — Emmanuel (Ur)Tx189
  58. Observa a Lei do Bem || Nas lutas em que te pões; || Ninguém ajuda a ninguém || Com queixas e acusações. — Milton da Cruz (Ruv)Tx201
  59. Se não tomo por dever || Auxiliar meu irmão, || Não sei o que possa ser || A minha religião. — Silveira Carvalho (Ruv)Tx201
  60. Para guardar a alegria || De nunca desacertar, || Espera para pedir || E apressa-te no ajudar. — Casimiro Cunha (Pea)Tx213
  61. Ajuda sem distinção || Nos caminhos teus ou meus. || Toda pessoa é uma porta || Para o socorro de Deus. — Antônio de Castro (Pea)Tx213
  62. O amor em todo o Universo || Mostra uma lei singular: || Quanto mais alto se eleva, || Mais desce para ajudar. — Jovino Guedes (Mv)Tx219
  63. Auxilia aos outros enquanto puderes, porque chega sempre para nós determinado tempo em que necessitamos do alheio auxílio. — Francisco de Souza Leão (Pda)Tx222
  64. Quando alguém deseja realmente auxiliar, em favor de outro alguém, conserve a certeza de que a Bondade de Deus doar-lhe-á os meios justos e lhe apontará o caminho. — Emmanuel (Mac)Tx223
  65. Auxiliando a outros, reconheceremos, gradativamente, que o auxílio do Céu nos alcança, em forma de compreensão e de paz. — Carlos Alberto (Ven)Tx232
  66. O serviço aos semelhantes é um santuário invisível na Terra, mas claramente palpável no Mundo Espiritual. Entre as mãos que auxiliam e as mãos que recebem, brilham as mãos de Jesus, multiplicando os bens da vida, na exaltação do amor que é Deus em nós. — Carlos Alberto (Ven)Tx232
  67. Não peças provas de fé || A quem pede do teu pão; || A barriga nunca soube || Se existe religião. — Jair Presente (Hna)Tx259
  68. Determina a caridade nos situemos no lugar daqueles que necessitam de amparo, doando-lhes o melhor de nós, com a certeza de que provavelmente amanhã serão eles, os socorridos de agora, nossos próprios benfeitores. — Emmanuel (Vr)Tx268
  69. Na hora de auxiliar, em favor de alguém, não perguntes: “o que é que eu poderia fazer?” Faze logo o que puderes para que a tua parcela de socorro não chegue atrasada. — Emmanuel (Ma)Tx273
  70. Quem auxilia a quem sofre, || No amor de que se ilumina, || Investe no Grande Banco || Da Providência Divina. — Lucano Reis (Fdp)Tx277
  71. Não te esqueças vida afora || De cooperar com Jesus, || Auxiliando a quem chora || A levar a própria cruz. — Clóvis Amorim (Sdl)Tx294
  72. Na vida, de quanto sei, || Apenas anoto isto: || Nada me pode afastar || Do amparo de Jesus-Cristo. — Aura Celeste (Sdl)Tx294
  73. Auxilia-me, Senhor, || A seguir em trilho estreito, || Resgatando em paz e amor || As dívidas que haja feito… — Auta de Souza (Sdl)Tx294
  74. Dar do que Deus nos empresta e auxiliar constantemente é simples dever, que nos cabe a todos, de vez que nenhum de nós consegue respirar sem a bênção do auxílio alheio. — Emmanuel (Iu)Tx325
  75. Habitue-se a auxiliar por amor ao bem, contando com a incompreensão natural do mundo. — Irmão X (Hea)Tx339
  76. Faze o possível para que não deixes passar um só dia da tua existência sem prestar algum serviço ou auxílio a esse ou aquele ser vivente de qualquer espécie da Natureza. — Emmanuel (Asm)Tx341
  77. Pão e ensino são duas bênçãos para quem os distribui e para quem os recebe. — Abílio (Pa)Tx344
  78. A mais alta recompensa, || De quem procura ajudar, || Vibra pura, viva e imensa, || No próprio prazer de dar — Casimiro Cunha (Ph)Tx385
  79. Ampara no que for justo, || Servindo inda mesmo a custo, || Que a bondade é sempre rica. || Ao sol de Deus que nos cobre, || Do chão mais belo ao mais pobre || A luz não se modifica. — Casimiro Cunha (Ph)Tx385
  80. Espírita, colabore || Com a vigilância no bem. || Não perca os minutos, ore || E ajude sem ver a quem. — Ivan de Albuquerque (Ph)Tx385
  81. Auxiliar para o bem geral em todo tempo, mas escolher o tempo adequado para tratar dos problemas difíceis e dos casos graves com os irmãos neles envolvidos. — Bezerra (Uej)Tx388
  82. Ao companheiro com fome || Não agridas com sermão. || Atende à sabedoria: || Primeiro lhe dê o pão. — Chiquito de Moraes (Uej)Tx388
  83. Quem quiser auxiliar || De qualquer modo auxilia; || Quem não quer, manda fazer || Ou deixa para outro dia. — Cornélio Pires (Alp)Tx406
  84. Tive um amigo, o Batista, || Tão nobre quanto sensato; || Quis falar-lhe em certa lista, || Batista “caiu no mato”. — Cornélio Pires (Alp)Tx406
  85. Como ser bom neste mundo? || Respondeu-me o mestre Amuar: || — “Ajudar a quem não presta, || Para que possa prestar.” — Devo escolher os que ajudo? || Ele disse: “São iguais; || Os pobres precisam muito; || Os outros precisam mais.” — Cornélio Pires (Cvi)Tx416
  86. Deram, flores a um mendigo || E ele disse com razão: || “Deus vos pague, mas preciso, || É roupa, calçado e pão.” — Cornélio Pires (Cvi)Tx416
  87. Quanto mais fizeres pelos outros, mais receberás do próximo em teu benefício. Quanto mais ajudares, mais serás ajudado. — Emmanuel (Oee2)Tx450