Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Alma gêmea

 

TEMAS CORRELATOS
(Alma) (Amor) (Casamento) (Espírito) (Reencarnação) (Sexo) (Simpatia e antipatia)
(AFORISMOS)
 
  1. Alma gêmea (cantiga) — Lívia
  2. Metades eternas (Lde)
  3. Metades eternas — Abelardo e Heloísa
  4. União simpática das almas (Re)
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. Sobre a teoria das almas gêmeas vide questões 323 a 328 do livro “O Consolador”;  vide também Nota da Editora FEB sobre a questão das almas gêmeas.
  2. Sobre as provações que devem passar as almas gêmeas com vistas à consolidação de sua profunda afeição (Ha)
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Filha, deixa que chorem os teus olhos as imperfeições da alma que o Nosso Pai destinou para gêmea da tua!… Não esperes deste mundo mais que lágrimas e padecimentos, porque é na dor que os corações se lucificam para o Céu… Um momento chegará em que te sentirás no acume das aflições, mas não duvides da minha misericórdia, porque no momento oportuno, quando todos te desprezarem, eu te chamarei ao meu reino de divinas esperanças, onde poderás aguardar teu esposo, no curso incessante dos séculos!… — Jesus a Lívia (Ha)Tx10
  2. — Mensageiro do Bem — as maravilhas do Reino do Senhor teriam para mim uma nova beleza, se eu pudesse penetrar-lhes a excelsitude, em companhia do coração que é metade do meu, da alma gêmea da minha, que a sabedoria de Deus, em seus profundos e doces mistérios, destinou ao meu modo de ser, desde a aurora dos tempos!… — O Espírito de Lívia ao Anjo do Senhor (Ha)Tx10
  3. Quem poderá explicar esse mistério santo da vida? Dentro desse divino segredo do coração, basta, às vezes, um gesto, uma palavra, um olhar, para que o espírito se algeme a outro para sempre… — Célia a Cneio Lúcius (Cad)Tx12
  4. Enlevada pela doce carícia de suas expressões e gestos de ternura, afigurava-se-me ele a alma gêmea do meu destino, reservada por Deus a me estimar e compreender, desde as vidas mais remotas. — Célia a Cneio Lúcius (Cad)Tx12
  5. Para os que se amam pelos laços sacrossantos da alma, não existem preconceitos nem obstáculos, no espaço e no tempo. — Ciro a Célia (Cad)Tx12
  6. As almas gêmeas amam-se em curso de eternidade, confundindo-se na alternativa contingente dos elos do espírito. Aspiram a uma felicidade pura e imortal e só vivem felizes quando, integradas na união eterna e indissolúvel. — Emmanuel (Cad)Tx12
  7. Recebendo um enjeitadinho como teu irmão, sem te deixares conduzir por qualquer disposição particular, soubeste santificar, ainda mais, tua afeição por Ciro, no laço indissolúvel das almas gêmeas, a caminho das mais lúcidas conquistas espirituais na redenção suprema!… — Cneio Lúcius a Célia (Cad)Tx12
  8. As almas gêmeas preferem chegar juntas às regiões sublimes da Paz e da Sabedoria. — Ciro a Célia (Cad)Tx12
  9. Nós que saímos juntos do mesmo sopro de vida, chegaremos juntos aos braços amoráveis do Eterno. (…) Os que se amam fundem as almas no entendimento recíproco. — Alcíone a Pólux (Rna)Tx18
  10. Recorda as angustiosas experiências que tantas vezes empreendemos na Terra, para a conquista de nossa perpétua união. Não temos sede de enganosas satisfações. Temos sede de Deus, Pólux! O infinito amor que nos transfunde as almas tem sua origem sagrada em sua misericórdia paternal. Quero-te eternamente, como sei que a união comigo é a tua sublime aspiração: entretanto, seria justo encerrar nosso júbilo num círculo egoístico, tão somente? Amamo-nos para sempre, a eternidade nos santifica os destinos, mas o Pai está acima de nós. Entreguemo-nos ao seu amor, no santo trabalho de suas obras. Em suas mãos augustas, meu querido, palpita a luz que enche os abismos. Haverá maior glória que praticar-lhe a divina vontade, que se traduz em amor, dedicação e alegria? — Alcíone a Pólux (Rna)Tx18
  11. Somos dois corações numa só alma, sob os desígnios do Altíssimo! — Alcíone a Pólux [Essa frase precisa ser compreendida no seu simbolismo e não ao pé da letra] (Rna)Tx18
  12. Reúnes, para mim, todos os sagrados requisitos de mãe, de irmã, de companheira e noiva bem-amada… — Pólux a Alcíone (Rna)Tx18
  13. À nossa frente desdobra-se a eternidade luminosa!… Embora separados no plano material, nenhuma força da Terra nos desligará os corações. Muitas obrigações poderão encarcerar-nos transitoriamente na Terra, mas o elo do amor espiritual vem de Deus, e contra ele não prevalecem as injunções humanas… — Alcíone a Carlos (Rna)Tx18
  14. O instituto do casamento tem sido até agora um instrumento de lutas expiatórias para os Espíritos faltosos e delinquentes diante das leis sociais e Divinas, todavia, temos a considerar que talvez vinte por cem das uniões terrestres representam verdadeiros reencontros de almas gêmeas na face obscura e triste da Terra e todos os consórcios do futuro serão realizados na pauta dos grandes sentimentos das almas. Nessas uniões felizes podereis vislumbrar a ventura dos pares espirituais na Eternidade Radiosa, onde as emoções criadoras da vida se manifestam dentro dos ideais profundos da felicidade e da beleza. — Emmanuel (Avl)Tx358
  15. Cada alma tem a sua alma gêmea para o transcurso dos evos da Eternidade. — Emmanuel (Avl)Tx358
  16. O casamento na Terra nem sempre é o perfume na auréola de flores de laranjeira; significa, antes de tudo, muito sacrifício, muito amor e muita renúncia. Com a educação, todavia, que se levará a efeito futuramente, nesse sentido, o matrimônio deixará de ser o instituto de provas expiatórias para ser a antecâmara da felicidade Celeste que as almas gêmeas experimentam na Plenitude Divina das alegrias da Eternidade. — Emmanuel (Avl)Tx358