Bible of the WayBíblia do Caminho  † Temática

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Afetividade

 

TEMAS CORRELATOS
(Amizade) (Amor) (Aversão) (Casamento) (Companheiro) (Coração) (Devoção) (Entes queridos) (Entes queridos desencarnados) (Meiguice) (Paixão) (Relacionamento) (Respeito) (Saudade) (Sexualidade) (Simpatia e antipatia) (Transitoriedade)
(AFORISMOS)
 
  1. A galinha afetuosa — Neio Lúcio
  2. Afeição (Simpatia e antipatia. Amizade. Instituto da família. Famílias espirituais. Indiferença efetiva. Etc.) — Emmanuel
  3. Afeição dos Espíritos por certas pessoas (Lde)
  4. Afeição que os Espíritos votam a certas pessoas. Espíritos Protetores (Estudos Espíritas)
  5. Afeições I — Emmanuel
  6. Afeições II (Prova de amor) — Emmanuel
  7. Afeições (Versos) — Maria Dolores
  8. Afeições espirituais — Emmanuel
  9. Afeto (por alguém que já assumiu compromissos em outros caminhos) — Albino Teixeira
  10. Afetos relembrados (Afeições de tempos idos) (Versos) — Maria Dolores
  11. Alterações afetivas (Reflexões em torno da questão n° 208 de “O Livro dos Espíritos”: “Nenhuma influência exercem os Espíritos dos pais sobre o filho depois do nascimento deste?”) — Emmanuel
  12. Amor fraternal (A fraternidade pura é o mais sublime dos sistemas de relações entre as almas. Estudo da epístola de Paulo aos Hebreus, 13.1: “Permaneça o amor fraternal”) — Emmanuel
  13. Ao Amor (Valorizando e engrandecendo nossas mais belas afeições) — Bezerra de Menezes
  14. Compromisso afetivo — Emmanuel
  15. Conduta afetiva (Qual é a conduta afetiva entre as almas enobrecidas?) — André Luiz
  16. Decepções. Ingratidão. Afeições destruídas (Lde)
  17. Disciplina afetiva (Em que bases se verifica a disciplina afetiva nas sociedades espirituais das Esferas Superiores?) — André Luiz
  18. Em matéria afetiva — André Luiz
  19. Erros (do amor) — Emmanuel
  20. Erros de amor (Versos) — Maria Dolores
  21. Escolhas (Alterações nas criaturas amadas) — Meimei
  22. Ferramentas de Deus (os nossos afetos) (Versos) — Maria Dolores
  23. Humorismo e afeição (Versos) — Trovadores diversos
  24. Laços afetivos — Emmanuel
  25. Lesões afetivas (Um tipo de auxílio raramente lembrado: o respeito que devemos uns aos outros na vida particular) — Emmanuel
  26. Ligações afetivas (Versos) — Trovadores diversos
  27. No campo afetivo (Da benevolência para com os entes amados) — Meimei
  28. No campo do afeto (Estudo da epístola de Paulo aos Gálatas 6.7: “…Tudo o que o homem semear, isso também ceifará”) — Emmanuel
  29. No mundo afetivo (Estudo da epístola 1 João 4:11: “Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos amar uns aos outros”) — Emmanuel
  30. O amor entre duas pessoas — Chico Xavier
  31. O tronco e a fonte (símbolo do amor conjugal) (Versos) — Casimiro Cunha
  32. Perto de nós [Idem] (Ama o lugar em que a Divina Providência te situa) — Emmanuel
  33. Pessoas queridas — Emmanuel
  34. Tempo de crise (impositivo de serenidade. Sobretudo, na época de crises afetivas) — Emmanuel
  35. Trovas da afeição terrestre (Versos) — Lívio Barreto
  36. Trovas de muito amor (Versos) — Lívio Barreto
  37. Vida afetiva (Reflexões em torno da Regra áurea nos domínios afetivos, e da questão 938 de O Livro dos Espíritos: “As decepções oriundas da ingratidão não serão de molde a endurecer o coração e a fechá-lo à sensibilidade?”) — Emmanuel
OUTRAS REFERÊNCIAS AO TEMA
  1. Afeição (Citações e frases célebres sobre o tema) W
  2. Que fazer para extinguir os males evidentes das ligações afetivas, inconsideradas e desditosas? (Lda)
 
AFORISMOS E CITAÇÕES
  1. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos amar uns aos outros. (1Jo)
  2. Quem poderá explicar esse mistério santo da vida? Dentro desse divino segredo do coração, basta, às vezes, um gesto, uma palavra, um olhar, para que o espírito se algeme a outro para sempre… — Célia (Cad)Tx12
  3. Saibamos santificar a nossa afeição, proporcionando aos nossos amigos o máximo da alegria; seja o nosso coração uma sala iluminada onde eles se sintam tranquilos e ditosos. Tenhamos sempre júbilos novos que os reconfortem, nunca contaminemos a fonte de sua simpatia com a sombra dos pesares! As mais belas horas da vida são as que empregamos em amá-los, enriquecendo-lhes as satisfações íntimas. — Humberto de Campos (Bn)Tx15
  4. Na teia das reencarnações, os títulos afetivos modificam-se constantemente. — Emmanuel (Pn)Tx43
  5. Aprende a orvalhar de luz || O afeto de teu caminho. || Se queres amar a rosa, || Não lhe condenes o espinho. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  6. Nunca deites ferro em brasa || Nas chagas de teu irmão. || Ninguém morre sem feridas || Nos sonhos do coração. — Casimiro Cunha (Gdl)Tx55
  7. Muitos companheiros encarceram-se, após a morte, nas teias escuras da afetividade menos construtiva, quais pássaros embaraçados em visco de mel, e transformam-se em algozes carinhosos e inconscientes dos próprios familiares… — Corvino a Quinto Varro (Avc)Tx56
  8. O afeto, a confiança e a ternura, a meu ver, devem ser tão espontâneos quanto as águas cristalinas de um manancial. — Lívia a Taciano (Avc)Tx56
  9. Vais ao bosque do carinho… || Se o coração devaneia, || Não entreteças teu ninho || No galho de dor alheia. — Marcelo Gama (Tom)Tx102
  10. De afeições anoto a soma || De todo ensino que há: || Prazer é o bem que se toma, || Amor é o bem que se dá. — Marcelo Gama (Tom)Tx102
  11. Afeição atormentada: || Maravilhoso talento. || Sacrifício sem amor: || Divino merecimento. — José Nava (Ol)Tx106
  12. Afeições que vi na Terra? || Só uma existe, a contento: || Amizade que se ganha, || À custa de sofrimento. — Pedro Silva (Tma)Tx117
  13. Se a morte pesasse afetos || Ao termo de cada vida, || Quanta loucura arquivada, || Quanta palavra perdida!… — Luís Sá (Tma)Tx117
  14. Fácil sofrer inimigos, || Nas lutas em que te pões, || Difícil é termos paz || No meio das afeições. — Colombina (Tma)Tx117
  15. Afeições!… O amor de escol || É o equilíbrio em ação, || Quem ama carrega sol || Por dentro do coração. — Antônio Salles (Tma)Tx117
  16. Em toda questão de afeto, || Sem que se saiba por que, || O coração tudo enxerga || Onde o cérebro não vê. — Correia de Araújo (Tma)Tx117
  17. Sempre é forçoso muito cuidado no trato com os problemas afetivos dos outros, porque muitas vezes os outros, nem de leve, pensam naquilo que possamos pensar. (…) No que tange a sofrimentos do amor, só Deus sabe onde estão a queda ou a vitória. — André Luiz (Sv)Tx124
  18. Afeição que vive às tontas, || Sem equilíbrio de lado, || Não passa, afinal de contas, || De equívoco prolongado. — Belmiro Braga (Rca)Tx138
  19. Em várias questões de afeto, || Eis a lição com que esbarro: || Cultiva-se amor dileto || E adora-se um deus de barro. — Vivita Cartier (Rca)Tx138
  20. Se a tua grande afeição || Já deu tudo quanto tem, || Não sofras … A provação || É para teu próprio bem. — Ciro Silva (Rca)Tx138
  21. Conserva a razão no afeto, || Ama aos outros tais quais são. || Deus colocou a cabeça || Por cima do coração. — Lucano Reis (Rca)Tx138
  22. Reencarnação nos ensina || A afeição que aperfeiçoa, || Pois vemos quem mais amamos || Nos braços de outra pessoa. — Lívio Barreto (Cdf)Tx150
  23. Sem Deus nas forças do afeto || De que Deus possa dispor || O tempo aparece e arrasa || Qualquer espécie de amor. — Auta de Souza (Cdf)Tx150
  24. Narcisismo é a sombra antiga || Em que a afeição se destoa; || Muita gente ama a si mesma || Na vida de outra pessoa. — Milton da Cruz (Cdf)Tx150
  25. Afeições que achei na Terra: || Enredos, prisões, cadilhos… || Só vi amor verdadeiro || No amor dos pais pelos filhos. — Souza Lobo (Cdf)Tx150
  26. Desgovernada afeição || — Incêndio arrasando a vida — || Amor que vira paixão || Derrama ódio em seguida. — Rodolfo Teófilo (Sdr)Tx188
  27. Mesmo que sofras amando, || Afeiçoar-se é dever, || Ninguém vive sem os outros, || A fim de sobreviver. — Fidelis Alves (Tdl)Tx178
  28. Afeto cego e violento, || Sem previsão e sem paz, || Quando atinge o casamento || A provação vem atrás. — Gil Amora (Nda)Tx203
  29. Afeto exige no mundo || Mais luz quanto mais se enleva; || Nem Deus tirou a serpente || Da vida de Adão e Eva. — Sylvio Fontoura (Pea)Tx213
  30. Na afeição de onda quadrada || Com muita bronca e paquera, || Se a milonga é demorada, || O casamento já era — Augusto Cezar (Pea)Tx213
  31. No seio das afeições, || Conserva a paz que abençoa. || Quem ama efetivamente || Entende, ajuda e perdoa. — Casimiro Cunha (Pea)Tx213
  32. Desculpa infinitamente || Aos que te ofertem carinho. || Quem colhe a graça da rosa || Recebe igualmente o espinho. — Casimiro Cunha (Pea)Tx213
  33. Afeições puras e belas, || No mundo empedrado e aflito, || Lembram linhas paralelas || Para encontro no Infinito. — Gil Amora (Sdf)Tx215
  34. Dois males vi no caminho, || Flagelando o mundo inteiro: || Um, é a fome de carinho, || Outro, a falta de dinheiro. — Cornélio Pires (Mv)Tx219
  35. Nas lutas da Humanidade, || Afeição, segundo vejo, || É um brinde pela metade, || Meio amor, meio desejo. — Deraldo Neville (Sp)Tx255
  36. Toda afeição que se aninha || No templo vivo do peito || É luz de amor que caminha || No rumo do amor perfeito. — Auta de Souza (Sp)Tx255
  37. Afeições hoje me lembram || Laranjas de solo rico: || São doces, mas quase todas || Bicadas por tico-tico. — Cornélio Pires (Sp)Tx255
  38. Lindos afetos do mundo!… || Do mais nobre aos mais plebeus, || São sempre flores da vida || Nas esperanças de Deus. — Auta de Souza (Sp)Tx255
  39. Quem se perdeu por paixão || Tenha socorro em caminho, || Em matéria de afeição, || Não há quem erre sozinho. — Sylvio Fontoura (Hna)Tx259
  40. Afeição que se procura || Entre o ciúme e a paixão, || Às vezes, é só loucura, || Às vezes, obsessão. — Casimiro Cunha (Tf)Tx267
  41. Afeição por natureza || Honra os deveres que assina… || Água fora da represa || Não cria força na usina. — Sylvio Fontoura (Tf)Tx267
  42. Afeição que não se amplia || Vivendo de posse escrava || Quando acha o que queria || Não tem o que desejava. — Lívio Barreto (Sdl)Tx294
  43. Na esfera dos corações || Temos, por norma comum, || Inúmeras ligações || Mas amor só se tem um. — Jovino Guedes (Sdl)Tx294
  44. Em matéria de ligações afetivas, recorda que também aí funciona a lei de causa e efeito com exatidão, trazendo-te de volta aquilo que deste e aquilo que dás. — Emmanuel (Hct)Tx296
  45. Muito afeto reencarnado || Parece em muito caminho || Uma roseira que é nossa || Dando rosas no vizinho. — Chiquito de Moraes (Tba)Tx308
  46. Afeição quando aparece, || Espontânea e verdadeira, || Não reconhece distância || Pois vence qualquer barreira. — Oscar Batista (Rdl)Tx312
  47. Afeição na vida humana? || Quanta alegria sonhada!… || Começo não é difícil, || Difícil é a retirada. — Manoel dos Anjos (Rdl)Tx312
  48. O afeto humano viceja || Com muita luta a transpor, || Mas, por estranho que seja || A briga renova o amor. — Sylvio Fontoura (Rdl)Tx312
  49. Toda afeição desmedida || Que explode em surto violento, || Só se conserva na vida, || À custa de sofrimento. — Lucano Reis (Rdl)Tx312
  50. Sinal vermelho no amor? || Isso indica falatório. || Amarelo pede calma || E o sinal verde é cartório. — Cornélio Pires (Rdl)Tx312
  51. Alma que busque manter || Lealdade na afeição, || Coloque o próprio dever || Por dentro do coração. — Boris Freires (Adl)Tx320
  52. Na afeição — mistério vivo —, || Vejo as fotos como são: || O namoro é o negativo, || Enlace é a revelação. — Álvaro Martins (Fne)Tx361
  53. Nunca olvidarmos, em matéria de afeição, que a renúncia a quaisquer alegrias decorrentes de conjunções prematuras será sempre superior a qualquer vitória passageira nos domínios da posse. — Bezerra (Uej)Tx388
  54. Afeições?… A escolha é nossa || De nosso próprio destino. || Amor puro é luz tranquila, || A paixão é desatino. — Cornélio Pires (Pza)Tx407
  55. Eis um mistério do amor || Em toda união a dois: || O afeto imenso vem antes, || A conquista vem depois. — Cornélio Pires (Pev)Tx413
  56. Na grande mansão do afeto, || Nem toda peça é segura, || O amor não cai. A atração, || É força que não perdura. — Cornélio Pires (Pvi)Tx417