Bíblia do CaminhoSúmulas Biográficas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Castro Alves


Blue bar


Antônio de CASTRO ALVES — Poeta social que exerceu profunda influência sobre a mocidade acadêmica, “o nosso genuíno poeta condoreiro”, no dizer de Álvaro Lins e Aurélio Buarque de Hollanda (Rot. II, pág. 533), estudou Direito no Recife e em S. Paulo, sem, contudo, concluir a curso. É, sem dúvida,um dos mais importantes bardos da América. “A sua musa” — disse-o Rui Barbosa — “não é só a da Natureza e a do Amor: é também, e sobretudo, a do Heroísmo, a do Direito e a da Glória.” (Apud Exposição Castro Alves, pág. 339.) (Fazenda das Cabaceiras, Município de Muritiba, Est. da Bahia, 14 de Março de 1847 — Salvador, Bahia, 6 de Julho de 1871.)

BIBLIOGRAFIA: Espumas Flutuantes; Gonzaga ou a Revolução de Minas; A Cachoeira de Paulo Afonso; etc. (Ani)


CASTRO ALVES — Poeta baiano, desencarnou a 6 de Julho de 1871, com 24 anos de idade. Mocidade radiosa, o autor consagrado de Espumas Flutuantes exerceu nas rodas literárias do seu tempo a mais justa e calorosa das projeções. Nesta poesia sente-se o crepitar da lira que modulou — O Livro e a América. (Pat)


.

Abrir