Bíblia do CaminhoSúmulas Biográficas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Anísio de Abreu


Blue bar


ANÍSIO Auto de ABREU: Poeta jornalista político jurisconsulto de grande talento e orador parlamentar de alto merecimento. Deputado, senador e governador do Piauí. Labutou na imprensa desde o tempo da Faculdade de Direito do Recife, fazendo-se paladino da Abolição. Seus versos quase todos da fase acadêmica, foram elogiados por Tobias Barreto. Higino Cunha (cit. por João Pinheiro in Lit. Piauiense, p. 144) escreveu: “O seu lirismo é doce, espontâneo, apaixonado e mimoso.” Embora muitos dos seus poemas se tenham perdido inéditos ou nas publicações esparsas, o que nos resta é, segundo a afirmação de João Pinheiro, “mais que suficiente para lhe dar um posto de destaque entre os melhores”. BIBLIOGRAFIA: Íntimos, versos românticos no volume “Três Liras”, de parceria com Joaquim Ribeiro Gonçalves e Antônio Rubim; O Micógrafo, com César Rego Monteiro; Ciência e Teologia; O Escravo; Carta ao Conselheiro João Alfredo Correia de Oliveira; etc. (Teresina, Pi, 1864 — Teresina, Pi, 6 de Dezembro de 1909). Nota: Há muita divergência entre os biógrafos, quanto ao ano do nascimento. Simões dos Reis regista 1863; Alarico Silveira 1864; Velho Sobrinho 1864; João Pinheiro, 1863 e 1868; Enciclopédia Jackson, 1864; Mário R. Martins, 1862. Dia e mês são desconhecidos, inclusive pelos próprios descendentes. (Tda)


.

Abrir