Bible of the WayBíblia do Caminho  † Súmulas Biográficas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Alceu Wamosy

 

 

ALCEU de Freitas WAMOSY — Poeta e jornalista, A. Wamosy trabalhou ativamente na imprensa, principalmente depois que fixou residência em Livramento, tendo sido diretor de O Republicano. Patrono da cadeira n° 40, na Academia Sul-Riograndense de Letras. Sua poesia é essencialmente subjetiva, com impressões de vida interior. Prefaciando-lhe a obra póstuma Poesias, Mansueto Bernardi afirmou: “Alma de eleição, um dos mais finos temperamentos artísticos do Rio Grande, uma das belas vozes da poesia, no Brasil.” E mais adiante, observava: “Ao mesmo tempo que o pensamento do amor, o pensamento da morte o acompanha sempre. (…) Foram eles, por assim dizer, o amor e a morte, assim como a luz e a sombra dos seus olhos, o mel e a cicuta dos seus lábios, a sístole e a diástole do seu coração.” (Uruguaiana, Rio Grande do Sul, 14 de Fevereiro de 1895 — Livramento, Rio Grande do Sul, 13 de Setembro de 1923.)

BIBLIOGRAFIA: Na Terra Virgem; Coroa de Sonhos; etc. (Ani)

 


 

ALCEU de Freitas WAMOSY: Uma das belas vozes da poesia riograndense e jornalista de mérito. Patrono da cadeira n.º 40 da Academia Sul-Riograndense de Letras. O célebre autor do soneto — “Duas Almas” é, no dizer de Mansueto Bernardi, “um grande amoroso, mas o seu amor, isento de impurezas, é semelhante a uma pira votiva, a uma espécie de incenso oloroso, a uma oblata, a uma oração”. BIBLIOGRAFIA: Flâmulas, Coroa de Sonhos, Poesias, etc. (Uruguaiana, RS, 14 de Fevereiro de 1895 Livramento, RS, 13 de Setembro de 1923.) (Tda)