Bíblia do Caminho  † Súmulas Biográficas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Acaz


Blue bar


Acaz [ele apoiou, sustentou].  1. Um rei de Judá que foi provavelmente proclamado rei mais ou menos 741 A. C.., quando tinha 20 anos de idade, e que sucedeu a seu pai Joatão aproximadamente em 734 A. C.. Ele era um idólatra, fazendo seu filho passar pelo fogo, sacrificando e queimando incenso em lugares altos e sob árvores frondosas (2 Rs 16.3,4). Malogradamente sitiado em Jerusalém pelo exército de Rezin, rei da Síria, e Pekah (Faceé), rei de Israel (5; Is 7.1). Com relação a esta crise, antes da força invasora haver chegado, Isaías  foi enviado a exortá-lo a confiar em Jeová e não pedir ajuda estrangeira. Ele não acreditou, e recusou pedir um sinal. Logo depois o profeta proferiu a célebre passagem da profecia do nascimento de Emanuel (Is 7.1-18). Acaz virou-se a Tiglate-Pileser, rei da Assíria, e comprou sua ajuda com os tesouros do templo e do palácio, e Tiglate-Pileser marchou em seu auxílio. A aproximação dos assírios parece ter feito Rezin e Pekah levantar o sítio de Jerusalém. E Tiglate-Pileser atacou a Filístia, invadiu Samaria, tomou Damasco e matou Rezin, e conspirou no assassinato de Pekah, entronizando Oseias como rei de Israel. Com outros vassalos da Assíria, Acaz foi a Damasco fazer homenagem a Tiglate-Pileser (2 Rs 16.2; 2 Cr 28; Inscrições assírias). Enquanto aí esteve admirou um altar pagão, e fez dele um fac-símile em Jerusalém. Acaz morreu no ano 726 A. C., depois de reinar 16 anos, deixando seu filho Ezequias ascender o trono. Oseias, Miqueias e Isaías profetizaram durante todo o reinado de Acaz, zelosamente testemunhando a Jeová (Is 1.1; 7.1-18; Oseias, 1.1.). Acaz é mencionado nos monumentos assírios pelo nome de Yavhazi, correspondendo ao Jehoahaz hebreu, a forma plena de Acaz.  Acaz quer dizer “Ele sustentou”, enquanto Jehoahaz significa “Jehovah sustentou”. — (Dicionário da Bíblia de John D. Davis©


.

D
W