Bíblia do Caminho  † Súmulas Biográficas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Abner


Blue bar


Abner [pai de luz].


O filho de Ner e tio do rei Saul. Durante o reinado daquele monarca Abner foi comandante supremo do exército (1 Sm 14.51). Ele primeiramente ficou familiarizado com David quando aquele moço ofereceu-se para ir ao encontro de Golias em combate (1 Sm 17.55-58). Na morte de Saul, Abner aproveitou-se do sentimento tribal adverso a Judá, e usou isto como vantagem em favor da casa de Saul com a qual se relacionava pelo sangue e possuía submissão. Ele proclamou o filho de Saul Isbosete rei em Mahanaim (2 Sm 2.8). Durante a guerra que se seguiu entre a casa de Saul e David, numa entrevista que teve em Gabaom com Joabe, o comandante supremo de David, Abner propôs o que parece ter sido um torneio entre doze homens jovens, escolhidos dos partidários de Isbosete e outros tantos tirados dos seguidores de David, mas hostilidades mútuas converteram o arremedo de combate em uma batalha real; e os dois exércitos sendo aprestados para a luta, onde Abner foi derrotado sofrendo grande matança (12-32). Durante a retirada desta batalha Abner foi pertinazmente seguido com intensa hostilidade por Asael um dos irmãos de Joabe, e depois de repetidamente adverti-lo para parar, teve afinal que atingi-lo matando-o em defesa pessoal (18-24). Logo depois Abner teve uma séria acusação contra ele por Isbosete, ficou tão irritado que declarou sua intenção de transferir sua submissão para David, e fez conforme sua palavra. Primeiro ele enviou mensageiros a David, e então buscou uma entrevista com ele, e foi cortesmente recebido. Mas Joabe, crendo ou fingindo crer que Abner veio simplesmente como um espião, seguiu-o, convidando-o para uma conversação amigável e apunhalou-o mortalmente. A razão ostensiva para este assassinato era vingança pela morte de Asael que, porém, morreu em luta franca. Um motivo não declarado foi provavelmente o medo de Abner um dia perder o comando do exército de David. O rei ficou justamente enraivecido contra o assassino e mostrava visivelmente às pessoas que ele não teve nenhuma cumplicidade no crime. Ele frequentou o enterro, lamentou o ocorrido, fez o elogio fúnebre do príncipe e grande homem que caiu em Israel, e finalmente deixou encarregado a seu sucessor fazer Joabe responder pelo seu crime (2 Sm 3.6-39; 1 Rs 2.5). Abner deixou um filho, Jasiel (1 Cr 27.21; 26.28) a quem David fez participar dos despojos tomados em combate. — (Dicionário da Bíblia de John D. Davis©


.

D
W