Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Vereda de luz — Autores diversos


6


Estranho concerto

   1 Clamou o Orgulho ao homem: — “goza a vida!

  E fere, brasonado cavaleiro,

  Coroado de folhas de loureiro,

  Quem vai de alma gemente e consumida…”


   2 Veio a Vaidade e disse: — “A toda brida!

  Dominarás, além, no mundo inteiro;

  Cavalga o tempo e corre ao teu roteiro

  De soberana glória indefinida!…”


   3 Mas a Verdade, sobre a humana furna,

  Gritou-lhe, angustiada, em voz soturna:

  — “Insensato! aonde vais, sem Deus, sem norte?”


   4 E impeliu, sem detença e sem barulho,

  Cavaleiro e corcel, vaidade e orgulho,

  Aos tenebrosos pântanos da Morte.


Antero de Quental



[Essa mensagem foi também publicada pela FEB e é a 17ª da 10ª lição do livro “Parnaso de Além-Túmulo”]


.

Abrir