Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Vozes do Grande Além — Autores diversos


18 n


Apontamentos de amigo

No término das nossas atividades, na reunião da noite de 13 de outubro de 1955, foi nosso amigo André Luiz quem compareceu, através do médium, induzindo-nos à serenidade e à coragem, com a mensagem seguinte.


1 Amigos:

Em vossos dias cinzentos, lembrai aqueles irmãos que perambulam nas trevas.

2 Padecendo as pedras da estrada, recordai os que se encontram atados ao leito imóvel.

3 Sob o aguaceiro das provas, não vos esqueçais dos que estão soterrados na lama das grandes culpas.

4 Diante da mesa pobre, refleti nos companheiros sob o flagelo da fome.

5 Sofrendo a roupa escassa, contemplai as criaturas que a expiação veste de chagas.

6 Entre as alfinetadas dos dissabores, não olvideis os que tombam sob o punhal da grande miséria.

7 Não vos aconselheis com a desesperação.

8 Não vos acomodeis com a rebeldia.

9 Esperar com paciência, ofertando ao caminho o melhor de nós, é o segredo do grande Triunfo.

10 O tempo que faz a noite é o tempo que traz o dia.

11 Para escalar a montanha salvadora, fitemos quem brilha à frente!…

12 Para não cairmos, aniquilados pelo desânimo, na marcha de cada dia, reparemos quem chora na retaguarda!…

13 A luta é um instrumento divino.

Não a menosprezeis!…




14 Com estas palavras, apresentamos à nossa casa a irmã Francisca Júlia da Silva, que, havendo atravessado aflitivas provações, à morte do corpo físico, atualmente se propõe trabalhar no combate ao suicídio.

15 Rogamos, assim, alguns minutos de silêncio, a fim de que ela possa transmitir sua mensagem. [A seguinte.]


André Luiz


Texto extraído da 1ª edição desse livro.

.

Abrir