Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Vida em vida — Autores diversos


26


Semente e fruto

  1 “Bate mais!… Bate mais!…” — E a senhora proclama:

  — “Escravo sem valor que morra na senzala!”

  O relho, em mão cruel, se desenrola, estala

  E a vítima, sangrando, expira sobre a lama.


  2 Quanto infeliz tombado ao pé da nobre dama!…

  Chega um dia, porém… Ei-la inerme, sem fala…

  Compadecidamente, a morte vem buscá-la.

  No Além, chora, censura, esbraveja, reclama…


  3 Por fim, quer renascer… Dá-lhe o Céu vida nova.

  Hoje, bela mulher, guarda um leito de prova,

  A dor lhe fere a carne e agarra o peito rouco…


  4 Sob o relho da angústia, a dona do passado

  Morre, sentindo o corpo exânime e quebrado,

  Ao câncer que a constringe e exaure, pouco a pouco.


Silva Ramos


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir