Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Tudo virá a seu tempo — Mensagens familiares de Elcio Tumenas


15


Estou confiante no amparo da bondade de Deus


1 Querida mãezinha Elena, estamos juntos na mesma faixa de trabalho e de esperança, e isso me faz crer que estou sempre abençoado por sua proteção.

2 Tenho um bocado de preocupação com a saúde de nossa Babunha n e de meu pai; no entanto, estou aprendendo a conservar a fé, pelo menos para o gasto, e estou confiante no amparo da bondade de Deus, através de todos aqueles que lhes representam o Infinito Amor junto de nós.

3 Mãezinha, estou ensaiando uma coragem que não possuía e, por isso, compartilho agora tanto quanto possível de todas as suas tarefas, e agradeço ao Pai Supremo por isso.

4 Estou vendo a tia Nair saudosa e esperançada; o tio Jonas vai se enquadrando bem nos lances da própria recuperação, mas ainda não adquiriu a precisa fortaleza para escrever. Esperemos. n Ele está presente e se recolhe discreto à observação do que vai acontecendo. 5 Informa à tia Nair que é ele próprio quem se vê reconhecido pela netinha Roberta, n filhinha da sua estimada Agnes, n e declara-se feliz pelas oportunidades nas quais consegue se fazer notado pela “Pequenina”. n

6 É isso mesmo, a maioria das crianças, enquanto não retoma as formas de trabalho em que deve agir na existência física, muitas vezes traz nos olhos as claridades do Mais Além, de cujas estâncias está chegando ao caminho dos homens de modo a lutar, mais tarde, pela construção do próprio aprimoramento nas arenas da Terra. A tia Nair deve estar feliz porque a Robertinha tem dito unicamente a verdade.

7 Mamãe Elena, o nosso primo Stefano vai melhorando. n Nem todos chegam aqui à maneira dos que viajaram por aí de avião, atravessando milhares de quilômetros e desembarcando com a roupa limpa, com tanta limpeza como se houvesse saído das tinturarias.

8 Muita gente dá entrada nos domínios, onde presentemente me vejo, ao modo de viajantes que vararam centenas de léguas em carroças puxadas por animais suarentos. Esta é a imagem que encontro para efetuar as minhas comparações.

9 Desejo, querida mãezinha Elena, que a sua saúde esteja retomando a normalidade e que a esperança esteja brilhando em seu íntimo.

10 Peço a Deus que abençoe a nossa querida Lelete e o lar nosso em que a vemos edificando um novo futuro.

11 Mãe, estamos cooperando em favor da nossa irmã Ercília Palank, conforme as suas lembranças. n

12 Muitas lembranças ao papai, um abraço à tia Nair e aos nossos entes queridos. Para o seu carinho de mãe e reconhecimento repleto do amor e da confiança ilimitada de seu, Elcinho.


Elcio Tumenas

(17/4/1982)      


NOTAS E COMENTÁRIOS


1. Estou vendo a tia Nair saudosa e esperançada; o tio Jonas vai se enquadrando bem nos lances da própria recuperação, mas ainda não adquiriu a precisa fortaleza para escrever. Esperemos - a esposa, Nair, em uma Dimensão da Vida, e o esposo, Jonas, de Outra, reencontram-se por meio do correio mediúnico.

2. Informa à tia Nair que é ele próprio quem se vê reconhecido pela netinha Roberta - aqui, tio Jonas confirma as vidências da neta Roberta Tichonenko Corsevai.

3. Agnes - Agnes Tichonenko Corsevai, mãe de Robertinha.

4. Pequenina - assim o avô Jonas chamava a neta Robertinha em vida.

5. o nosso primo Stefano vai melhorando - Elcinho refere-se a Stefano Tichonenko, nascido em 25 de dezembro de 1924 e desencarnado em 30 de julho de 1981, cinco meses antes, portanto, desta comunicação.

6. Mãe, estamos cooperando em favor da nossa irmã Ercília Palank, conforme as suas lembranças - na semana de sua ida a Uberaba, D. Elena recebeu um pedido de vibrações de sua amiga Ercília, e respondeu a esta para que, na sexta-feira à noite, dia de reunião no Grupo Espírita da Prece, ela vibrasse em São Paulo que D. Elena faria o mesmo lá. Não foi outro o resultado. O espírito de Elcio recebeu o recado e lá estava atendendo ao pedido das duas…

Pessoas já citadas em outros capítulos: Babunha, tia Nair, tio Jonas, papai e Lelete.


Eduardo Carvalho Monteiro


Canção da Lepra


A lepra pode ser cofre

De uma fortuna perfeita,

Não nasce do que se sofre

E sim do que se aproveita.


Jésus Gonçalves/Chico Xavier (Eed)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir