Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Tempo de luz — Autores diversos


18


Diante do porvir

  1 Companheiro da Terra, arrebentando amarras,

  Desde os ciclos larvais no seio das moneras,

  Às duras provações em que sonhas e esperas,

  Homem, prossegue além do solo em que te agarras…


  2 Liberta-te, por fim, das paredes bizarras,

  Dos presídios mentais em que te dilaceras,

  E, atônito, atravessa as sombras de outras eras,

  Dissolvendo os grilhões das lutas em que esbarras…


  3 A matéria a vencer — força que te constringe —

  Recorda a indagação e a face de outra esfinge

  Propondo-te à razão enigmas profundos.


  4 Ama e deixa aos museus as máquinas da guerra,

  E alçado às vastidões sem vínculos na Terra,

  Acharás o esplendor e a vida de outros mundos!…


Cruz e Souza


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir