Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Sementeira de luz — Mensagens familiares do Prof. Arthur Joviano (Neio Lúcio) e outros


204


Como “vivo” na Eternidade

14|12|1945


1 Nos júbilos memorativos dos “mortos”, enchem-se sepulturas de flores custosas. Resplandecem luzes nos jazigos. Diferenciam-se as cruzes que assinalam o último pouso. 2 Para os “mortos” do mundo de carne, as convenções mais pesadas não terminam. O cemitério está cheio de fronteiras como linhas divisórias, marcando as figuras que passaram. 3 Aqueles, porém, que triunfaram da morte, aqueles que sobrepairam ao dogmatismo passageiro, recebem homenagens diferentes. Recebem as flores do carinho sincero, as luzes do coração, as palavras quentes de amor. Bem-aventurados os “mortos” que não continuaram sepultos nos desvãos da existência terrestre. 4 Para eles, a bênção da saudade é lágrima celeste balsamizando o coração para sempre. O amor não é utopia, a esperança não ilude, a fé prossegue firme.

5 O Professor Joviano rejubila-se com justiça. Recebe a homenagem dos vivos Como “vivo na Eternidade”. Que o Divino Doador das bênçãos lhe acrescente a paz, a sabedoria e a felicidade. São os nossos votos,


.Irmão X

(.Humberto de Campos)

Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir