Bíblia do Caminho  † Testamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Sementeira de luz — Mensagens familiares do Prof. Arthur Joviano (Neio Lúcio) e outros


163


Oração a João de Barro

14|12|1944

Ao Professor Arthur Joviano


  1 João de Barro, passarinho

  Fiel e trabalhador,

  Sai da casa pequenina,

  Vem saudar o Professor!


  2 Toma o teu livro sublime

  E vem, alado aprendiz,

  Cantar quem cantou teu nome

  Nos cérebros infantis…


  3 Traze, no bico, uma estrela

  Do firmamento a brilhar!

  E entre as flores do caminho

  Traze as bênçãos do teu lar!


  4 Convida as errantes brisas,

  Que sopram sem direção,

  A partilharem conosco

  Dos júbilos da oração!


  5 Vai buscar os pirilampos,

  As borboletas de anil

  E as cigarras que descansam

  Na noite primaveril!


  6 Traze todos, João de Barro,

  Nas asas da gratidão,

  A fim de glorificarem

  A festa do coração.


  7 E onde houver risos da infância,

  Meninos, mestres, lições,

  Recolhe o mel da alegria

  Que vibra nos corações!


  8 E trazendo o mel sublime

  No cálice do Senhor,

  Vem unir a tua prece

  às preces de nosso amor!


  9 João de Barro, vem tranquilo,

  Não há sombras de escarcéus!

  Recorda que o nosso amigo

  Faz anos hoje nos céus!

.Casimiro Cunha



[Vide também de Casimiro Cunha. Saudações de João-de-Barro] [Idem]


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

 

.

D
W