Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Sentinelas da alma — Meimei


1


Todos os dias

1 Pedes orientação para as tarefas que te cabem.

2 Comecemos pela primeira de todas: a construção da bondade e da simpatia para com os outros.

3 Não somente para com aqueles que te aguardam a fatia de pão ou que se te abeiram do caminho como que vestidos de chagas.

4 Compadece-te também de quantos te pareçam auto-suficientes.

5 Aquele homem de duro semblante na administração que não te pode atender as requisições de favor, muitas vezes, chora, às ocultas, ao refletir no filho doente.

6 O atleta que aplaudes, em muitas ocasiões, se exibe com sacrifício por dedicar-se, em pensamento, ao pai enfermo que lhe reclama a visita no sanatório.

7 O industrial que supuseste frio e desatento, ao receber-te, é um companheiro preocupado consigo mesmo, já que se vê amargurado por severo regime, de maneira a não cair no coma diabético.

8 A dama que te tratou com reserva, no encontro social, fornecendo a ideia de desagrado e distância, não agiu dessa forma, esnobando orgulho e vaidade, e sim por achar-se traumatizada com a morte de um filho em desastre recente.

9 A jovem que se te figurou demasiado fútil e leviana, na casa de festas em que buscaste entretenimento, não é tão livre como julgaste, pois vive escravizada aos sofrimentos de pobre mãe paralítica que lhe espera a presença e o dinheiro, no anseio de melhorar-se.

10 O companheiro que não te cumprimentou na rua tem agora a miopia mais avançada e aquele outro que costuma responder-te às palavras fraternas, com indiferença e pigarro, traz consigo a provação da surdez que ele esconde compreensivelmente, receando lhe falte o trabalho convencional.


11 Onde estiveres, habitua-te a compreender e a desculpar.

12 É verdade que sofres no caminho que a vida te deu a percorrer, entretanto, muitos daqueles que te cercam suportam tribulações muito mais graves que as tuas.

13 Os grupos sociais na Terra já promulgaram admiráveis dias do calendário para lembranças e homenagens especiais.

14 Temos os dias das mães, das crianças, dos professores, das telefonistas, dos operários… Creio, porém, que se pudéssemos indagar de Jesus, sobre o assunto, o Senhor nos aprovaria todas as escolhas, mas, decerto, nos solicitaria o cuidado de resguardar todos os dias da vida, sejam eles quais sejam, no culto do amor e da compaixão.


Meimei


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir