O Caminho Escritura do Espiritismo Cristão
Doutrina espírita - 2ª parte.

Índice | Página inicial | Continuar

Rumos da vida — Autores diversos


15

Hora das mães

1 Mãe é amor desatado,
Renúncia que não se cansa,
Coração estraçalhado
Numa festa de esperança.

Augusto Coelho


2 Um filho não sabe, a fundo,
Entender, mesmo sequer,
Que a sua mãe neste mundo
Possa ser simples mulher.

Silveira Carvalho


3 Nas alegrias terrenas
Em que o amor se avoluma,
As afeições são centenas,
Mãe, porém, só tem uma.

Nilo Aparecida Pinto


4 Outro quadro de mais brilho
Jamais vi nos dias meus:
A mãe que amamenta o filho
Encerra essa luz de Deus.

Ormando Candelária


5 Mulher com filho nos braços?
Respeita; tira o chapéu…
Sejam quais forem seus passos
É uma esperança do Céu.

Lucano Reis


6 A mulher mãe quando ama
Nada consegue detê-la;
Suporta viver na lama,
Ou brilha mais que uma estrela.

Adelmar Tavares


7 Não estimo, onde estiver,
Assunto da vida alheia,
Mas quem zomba da mulher
Deve morar na cadeia.

Leonardo Motta


8 Eis o divino segredo
Da mulher feliz no lar:
Uma aliança no dedo
E um filho para beijar.

José Albano


9 Mulher que aguenta a paquera,
Distração de muita gente,
Se é mulher livre já era,
Mas se é mãe é diferente.

Cornélio Pires


10 Fé, anseio, amor profundo,
Paz, sofrimento e serviço…
Coração de mãe no mundo
É a soma de tudo isso.

Luís de Oliveira


Texto extraído da 2ª edição desse livro.

Abrir