Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Rumo certo — Emmanuel


Rumo certo

1 Leitor amigo:
Cremos não emprestar qualquer pretensão de ordem pessoal no título deste livro. n

2 Rumo certo, sim, não porque as ideias nele contidas sejam nossas.

3 Integramos também com as falhas que nos caracterizam individualmente a legião dos Espíritos que evoluem nos climas culturais da Terra, tão falíveis ainda quanto quaisquer outros.

4 E, qual ocorre a milhões de viajores do planeta, encarnados e desencarnados, observamos não apenas os caminhos da existência física, mas igualmente, e em muito maiores proporções, os caminhos da vida espiritual.

5 Estradas de todos os feitios se nos desdobram à visão.
Avenidas do ideal, flamejantes de luz.
Sendas de laboriosas realizações.
Alamedas de sonhos e alegrias.
Carreiros de serviço construtivo, talhados nas rochas do esforço máximo.
Veredas de provações edificantes.
Trilhos de socorro ou de regeneração, através de pântanos e lágrimas.
Atalhos de sofrimento.
Corredores de privações educativas.
Túneis de perigosas experiências.


6 E em todas essas vias reconhecemos o impositivo do conhecimento e do autoconhecimento, para que o erro ou o desequilíbrio não nos compliquem a romagem ou atrasem a marcha.

7 Eis por que, livremente associados à obra benemérita da Doutrina Espírita que, na atualidade, restaura para nós outros os ensinamentos do Cristo, solicitamos vênia para entregar-lhe, nestas páginas simples, a bússola das lições evangélicas que nos têm servido à própria recuperação íntima, na viagem para a Vida Superior.

8 São estas notas, por isso mesmo, reflexos da lâmpada acesa que o Senhor misericordiosamente nos permitiu empunhar por dever, a fim de que conhecêssemos as próprias deficiências, de maneira a tratá-las e extingui-las. 9 Carregando semelhante luz por fora até que possamos instalá-la por dentro de nós mesmos, ofertamo-la aos companheiros encarnados no Mundo, na forma de anotações para rumo certo, a benefício de nós todos, os que já nos reconhecemos necessitados da paz interior, com a vitória sobre nós mesmos, com vistas à nossa definitiva integração em Jesus, de modo a viver e saber viver com Jesus e por Jesus.


Emmanuel


Uberaba, 1.° de julho de 1971.



[1] A estrutura dos capítulos deste livro, em sua apresentação, foi organizada pelo Autor Espiritual. — NOTA DO MÉDIUM.


Texto extraído da 1ª edição desse livro.

.

Abrir