Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Recanto de paz — Autores diversos


17


História de amor

  1 Certa mulher sofrida no trabalho

  E que agia tão só na prática do bem,

  Teve, um dia, saudade de Jesus

  E passou a viver concentrada no Além.


  2 Muito tempo, lutara dia a dia,

  Vencendo sombra, empeço, tentação,

  Servira a muita gente, mas supunha

  Que todo o longo esforço houvera sido vão.


  3 Trazia os pés feridos, indagando

  Se a Terra não seria estranho espinheiral,

  Conquanto a fé lhe acalentasse o peito,

  Declarava temer a vitória do mal.


  4 Suportara, sem mágoa, ingratidões e golpes,

  Entretanto, cansara se, por fim,

  Queria agora a paz do Lar Celeste,

  Sonhava entrar em fúlgido jardim…


  5 Desejava esquecer a tristeza e a fadiga,

  A poeira do mundo e a cinza do pesar,

  Suplicava a Jesus lhe concedesse,

  O caminho do Além e o dom de descansar.


  6 Jesus, porém, um dia, veio e disse: “Filha,

  Enquanto houver na Terra algum sinal de dor,

  Estarei, entre os homens, trabalhando

  Para a Bênção de Deus, em tarefas de amor.


  7 “Mas se queres partir, segue adiante,

  Busca os sóis da Divina Primavera,

  Construíste, lutaste, padeceste,

  Conquistaste o repouso, a Paz te espera.”


  8 Mas aquela que ouvira o Cristo Amado,

  Não mais pensou no Céu, nem no Porvir,

  E, seguindo a Jesus, achou na própria Terra

  A alegria de amar e o prazer de servir.


Maria Dolores


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir