Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Palavras de vida eterna — Emmanuel


6


No rumo do amanhã

“Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?” — JESUS, (Marcos, 8.36)


1 Lembra-te de viver, conquistando a glória eterna do espírito.

2 Diariamente retiram-se da Terra criaturas cujo passo se imobiliza nos angustiosos tormentos da frustração…

3 Estendem os braços para o ouro que amontoaram, contudo… esse ouro apenas lhes assegura o mausoléu em que se lhes guardam as cinzas.

4 Alongam a lembrança para o nome em que se ilustraram nos eventos humanos, todavia, quase sempre a fulguração pessoal de que se viram objeto apenas lhes acorda o coração para a dor do arrependimento tardio.

5 Contemplam o campo de luta em que desenvolveram transitório domínio, mas não enxergam senão a poeira da desilusão que lhes soterra os sonhos mortos.

6 Sim, em verdade, passaram no mundo em carros de triunfo na política, na fortuna, na ciência, na religião, no poder…

7 No entanto, incapazes do verdadeiro serviço aos semelhantes, enganaram tão somente a si próprios, no culto ao egoísmo e ao orgulho, à intemperança e à vaidade que lhes devastaram a vida. E despertam, além da morte, sem recolher-lhe a renovadora luz.

8 Recorda os que padecem na derrota de si mesmos, depois de se acreditarem vencedores, dos que choram as horas perdidas, e procura, enquanto é hoje, enriquecer o próprio espírito para o amanhã que te aguarda, porque, consoante o ensino do Senhor, nada vale reter por fora o esplendor de todos os impérios do mundo, conservando a treva por dentro do coração.


.Emmanuel



(Reformador, fevereiro 1957, p. 28)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir