Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Pão nosso — Emmanuel


146


Seguir a verdade

“Antes, seguindo a verdade em caridade, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.” — Paulo. (EFÉSIOS, 4.15)


1 Porque a verdade participa igualmente da condição relativa, inúmeros pensadores enveredam pelo negativismo absoluto, convertendo o materialismo em zona de extrema perturbação intelectual.

2 Como interpretar a verdade, se ela parece tão esquiva aos métodos de apreciação comum?

3 Alardeando superioridade, o cientista oficioso assevera que o real não vai além das formas organizadas, à maneira do fanático que só admite revelação divina no círculo dos dogmas que abraça.

4 Paulo, no entanto, oferece indicação proveitosa aos que desejam penetrar o domínio do mais alto conhecimento.

5 É necessário seguir a verdade em caridade, sem o propósito de encarcerá-la na gaiola da definição limitada.

6 Convertamos em amor os ensinamentos nobres recebidos. 7 Verdade somada com caridade apresenta o progresso espiritual por resultante do esforço. Sem que atendamos a semelhante imperativo, seremos surpreendidos por vigorosos obstáculos no caminho da sublimação. 8 Necessitamos crescer em tudo o que a experiência nos ofereça de útil e belo para a eternidade, com o Cristo, mas não conseguiremos a realização, sem transformarmos, diariamente, a pequena parcela de verdade possuída por nós, em amor aos semelhantes.

9 A compreensão pede realidade, tanto quanto a realidade pede compreensão.

10 Sejamos, pois, verdadeiros, mas sejamos bons.


Emmanuel



Texto extraído da 1ª edição desse livro.

.

Abrir