Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Paz e alegria — Autores diversos


12


Motes da coragem

  1 Anota os próprios impulsos,

  Ideias, votos e assomos.

  A vida é assim qual espelho

  Reflete-nos tais quais somos.


  2 Não esmoreças no bem,

  Nos dias de sombra e prova,

  Quem trabalha acha em si mesmo

  A força em que se renova.


  3 Quem se entrega às boas obras

  Não sofre como se diz;

  Quanto mais luta e trabalha,

  Tanto mais se vê feliz.


  4 Quem ama, serve e prossegue

  Sem desprezar a ninguém,

  Encontra no próprio mal

  A sementeira do bem.


  5 Se o erro te punge o peito,

  Serve e segue, coração;

  Os astros brilham no escuro,

  As flores nascem do chão.


  6 No rio de teus deveres

  Não descanses, toca o barco.

  A água parada é a que cria

  A pestilência do charco.

.Sylvio Fontoura



(Anuário Espírita 1975)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir