O Caminho Escritura do Espiritismo Cristão
Doutrina espírita - 2ª parte.

Índice | Página inicial | Continuar

Plantão de respostas — Emmanuel — Entrevistas


34

Preconceito

1.   Pergunta: Como melhorar a convivência com as pessoas que acreditam que o Espiritismo é um erro, quando o livre-arbítrio não é respeitado dentro de casa, onde o pai segue um caminho e, por se considerar mais experiente, não aceita a religião escolhida pelos filhos?


Resposta: Devemos receber o preconceito contra o Espiritismo com a maior naturalidade e respeito cristão. É aí que ele cresce e se agiganta.
A propósito, a grandeza do uso de livre-arbítrio depende do esforço próprio e do grau de evolução ou adiantamento do Espírito.
Não adianta lutar contra o pai que não aceita a religião escolhida pelo filho. Nesse caso, ore por ele, pedindo compreensão. Essa, no nosso entender, é a melhor maneira para manter a harmonia da família.


2.   Pergunta: Por que, quando falamos que somos espíritas, as pessoas de outras religiões se afastam?


Resposta: O preconceito ainda existe em relação ao Espiritismo. E devemos estar preparados para sermos tolerantes.
O importante perante Deus é o convencimento da escolha da nossa religião, não importando qual.
Nesse particular, diremos que todos os caminhos levam a Deus, se entendermos que somos felizes e conscientes no respeito ao próximo e na prática da caridade.


Francisco Cândido Xavier

Emmanuel


Texto extraído da 1ª edição desse livro.

Abrir