Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier: O Primeiro Livro — Autores diversos

Parte III — Chico Xavier: Psicografia

45


Lembra-te do Céu

1 És uma estrela caída

Sobre os pauis da Terra…

Acima de todas as coisas transitórias,

Que se desfazem como as neblinas aos beijos leves do Sol,

És alma em ascensão para Deus.


2 A tua inteligência e o teu sentimento

São fulcros de luz imperecível,

Que constituem os atributos maravilhosos da tua imortalidade.

Porque te abates e desanimas sob os aguilhões da carne perecível?

Contempla o Alto,

Se a fraqueza te envolve em seus tentáculos.

E sentirás uma carícia branda,

Misteriosa, doce, suave,

Que promana

Do empíreo constelado

Para todas as almas que oram,

Que sonham e choram,

Buscando Deus,

— A bússola das suas mais caras esperanças!


3 Quando sofreres,

Busca aspirar esse aroma divino

E tua alma sofredora

Sentir-se-á envolta na beleza,

No eflúvio peregrino

Que mana fartamente

Dos espaços imensos!…

Na amargura e na dor,

Lembra esse dia que te espera

Na indefinível primavera

Gloriosa de amor.


.Martha



Produção mediúnica do dia 22-03-1934.

Essa mensagem foi também publicada pela FEB e é o 5ª poema do 46º capítulo do livro “Parnaso de Além-Túmulo


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir