Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier: O Primeiro Livro — Autores diversos

Parte III — Chico Xavier: Psicografia

25


Aos tristes

  1 Alma triste e infeliz que se tortura

  No tormento que punge e dilacera,

  Para quem nunca trouxe a Primavera

  Dos seus pomos dourados de ventura;


  2 Sou teu irmão e intrépido quisera

  Trazer-te a luz que esplende pela Altura,

  Afastando essa dor que te amargura

  Nas ansiedades de uma longa espera.


  3 Mas há quem guarde as gotas do teu pranto

  No tesouro sublime e sacrossanto

  Dos arcanos de luz da Divindade!


  4 Há quem te faça ver as cores do íris

  Da fagueira esperança, até partires

  Nas asas brancas da Felicidade.


.Cruz e Souza



Sessão de 14-03-1934.

Essa mensagem foi também publicada pela FEB e é o 11ª soneto do 26º capítulo do livro “Parnaso de Além-Túmulo


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir