Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier: O Primeiro Livro — Autores diversos

Parte II — Chico Xavier: Versos por ele mesmo

8


Soneto

1 Nos olhos da mulher, a lágrima irisada

É uma faixa auroral em divinal clarão;

É centelha de luz, de mística alvorada

Que lhe faz reflorir o amor no coração.


2 Ó lágrima de luz, safira eterizada,

Ó beleza sem par, primores da afeição!

Sublimais o viver na luz alcandorada,

Santificando o amor na suma perfeição!


3 Jamais o homem feroz será como a mulher,

Pois ela exprime o amor — perfeita a mais não ser —

É o luzente fanal do grande verbo amar!


4 Bendita seja pois, a flor do sentimento,

Que é a alma feminil —  a luz do pensamento —

Abençoada seja a flor do nosso lar!


.Francisco Xavier


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir