Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Nosso livro — Autores diversos — 1ª Parte


36


Espiritismo praticado

1 Irmãos, recordando Allan Kardec, na prática espiritista, lembremo-nos de que, no Espiritismo praticado, é necessário:


  2 Colocar os interesses divinos acima dos caprichos humanos.

  3 Negar-se a si mesmo, tomar a cruz da elevação e seguir com o Senhor.

  4 Reformar-se em Cristo, antes de reclamar a reforma dos outros.

  5 Exemplificar o bem, antes de ensiná-lo.

  6 Servir sem propósitos de recompensa.

  7 Consolar, antes de procurar consolações.

  8 Amar sem exigências.

  9 Usar os bens do Pai, sem os desvarios da posse.

  10 Compreender, antes de reclamar compreensão alheia.

  11 Agradecer, antes de pedir.

  12 Confiar sem angústias.

  13 Cumprir todos os deveres da cooperação, sem as trevas da incompreensão e da queixa.


14 Jesus é Caminho, Verdade e Vida(Jo)

15 Kardec é Trabalho, Solidariedade e Tolerância.


16 O Caminho da realização não dispensa o Trabalho.

17 O templo da Verdade não exclui a Solidariedade legítima.

18 A Vida eterna pede a luz da Tolerância construtiva.


19 O Espiritismo em seu tríplice aspecto, científico, filosófico, religioso, é movimento libertador das consciências, mas só o Espiritismo praticado liberta a consciência de cada um.

20 Lembrando o grande Missionário, n não vos esqueçais de que o Espiritismo prático pode ser o Espiritismo do “eu” e que só o Espiritismo praticado é o Espiritismo de Deus.


.Emmanuel



[1] O grande missionário — Esta mensagem foi recebida na sessão comemorativa da desencarnação de Allan Kardec, em 31-3-1945. — Nota da Editora.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir