Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Marcas do caminho — Autores diversos


24


Em busca do Cristo

1 Sofres?

Não te esqueças do “Vinde a Mim” do Divino Mestre (Mt) e procura com ele o manancial da consolação, entretanto, não olvides que o Senhor espera não lhe tragas o fardo escabroso das torturas morais pelos caprichos desatendidos, na incapacidade de praticar o mal, de vez que, em muitas ocasiões, a nossa dor é simples aflição da nossa própria ignorância e da nossa própria rebeldia, à frente da Lei.


2 Tens sede?

Busca no Cristo a fonte das águas vivas, (Jo) na certeza, porém, de que a corrente cristalina apagar-te-á a volúpia de conforto e o anseio indébito de ouro e dominação.


3 Tens fome?

Procura no Benfeitor Celeste o Pão que desceu do Céu, (Jo) entretanto, roga-lhe, antes de tudo, te sacie a fome desvairada de prazeres e aquisições inúteis para que não te falte o ingresso ao banquete da Luz que o Evangelho te pode propiciar.


4 Sentes-te enfermo?

Procura em Jesus o Divino Médico, (Mt) contudo, pede-lhe, atentamente, te conceda remédio contra as tuas próprias inclinações a desordens e excessos, porquanto, de ti mesmo procedem as vibrações enfermiças, que te constrangem ao desequilíbrio orgânico.


5 Há muita dor que é simplesmente inconformação e desrespeito aos estatutos divinos que nos governam.

6 Há muita sede que é mera ambição desregrada, atormentando a alma e arrastando-a para o resvaladouro das trevas.

7 Há muita fome que não é senão exigência descabida do espírito invigilante.

8 Há muita moléstia que expressa tão somente intemperança mental e hábitos viciosos que é necessário extirpar.


9 “Vinde a Mim!” — disse-nos o Amigo Eterno. (Mt)

10 Saibamos, pois, realizar a retirada de nós mesmos, e desse modo colocar-nos-emos ao encontro do nosso Divino Mestre e Senhor.


.Emmanuel



(C. E. Luiz Gonzaga — Pedro Leopoldo, MG, 27.03.1953)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir