Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Gotas de luz — Casimiro Cunha


26


Palhetas

  1 Sê calmo, por mais que a dor

  Surja negra, triste e má.

  Ninguém sabe o rumo certo

  Do minuto que virá.


  2 Trabalhe incessantemente

  Quem busque ventura e paz.

  Se a preguiça segue à frente,

  A miséria surge atrás.


  3 Em teus modos e costumes

  Sê generoso e conciso.

  Maus modos, em qualquer parte,

  São fontes de prejuízo.


  4 Constrói sobre a retidão

  A tua felicidade.

  Abismos chamam abismos,

  Bondade chama bondade.


  5 Há dois males que nos fazem

  A vida escura e enfermiça:

  A chaga da ignorância

  E a ulceração da preguiça.


  6 A queixa de todo instante

  É lagarto triste e feio

  Que afasta de nossa luta

  A bênção do amparo alheio.


  7 Não menoscabes o ensejo

  De servir e de aprender.

  Todo minuto é momento

  De dar ou de receber.


  8 Jamais te esqueças na vida

  Deste aforismo profundo:

  — “Quem é bom, dentro de casa,

  É bom para todo o mundo.”


  9 Quem sabe sacrificar-se

  Numa questão pequenina,

  Revela trazer consigo

  A força da Luz Divina.


  10 Em tua missão no bem,

  Sê diligente e tenaz.

  Nada se deve no mundo

  Àquele que nada faz.


.Casimiro Cunha


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir