Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Fé, paz e amor — Emmanuel


5


Fé e caridade

1 Sem fé, a caridade muita vez se transforma em virtude fragmentária nos caminhos do tempo. Ora luz, ora sombra, hoje auxílio, amanhã reprimenda.

2 Sem a base da confiança, assemelha-se, quase sempre, à planta de raiz frágil que o furacão arrebata ao solo, convertendo-se em deserto.

3 A bondade, porém, que se mune da fé viva sabe agir em termos de Vida Eterna.

4 Reconhece a maldade por estado de ignorância e dispõe-se a ensinar, sem cansaço e sem queixa.

5 Observa o transviado por doente infeliz e oferece-lhe ao passo o remédio preciso.

6 Sabe, assim, que os irmãos infiéis a si mesmos exigem tolerância e vê que todo mal espera por silêncio para regenerar-se, ante o brilho da Lei.

7 Saibamos, desse modo, erguer ao bem constante nosso culto diário, convictos de que a morte é outra face da existência em si mesma.

8 Não vale confiar, desconfiando sempre.

9 Lembremo-nos, assim, de que o Cristo de Deus, em sua fé nos homens, renova a cada dia o nosso vivo ensejo de aprender e servir, e apliquemos em nós esse mesmo padrão de socorro incessante, perdoando e auxiliando, sem qualquer restrição, porque somente assim, na base da fé pura, que jamais desfalece, a nossa caridade encontrará na vida o alicerce do amor para a bênção da luz.


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir