Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Escrínio de luz — Emmanuel


17


Usemos a luz

1 Tanto quanto a boa semente se destina ao plantio para que produza as vantagens que o lavrador espera de seu concurso para a vida, a palavra do Divino Mestre se dirige ao solo vivo dos nossos corações para que, aí dentro, incessantemente experimentada, possa enriquecer o caminho do homem, peregrino dos milênios para a Vida Eterna.

   2 Se procuras o conforto, em torno do Evangelho, não esqueças consolar o companheiro mais infortunado que tu mesmo.

   3 Se pedes revelações ao Senhor, não desprezes o próximo, ensinando-lhe a descerrar as portas da inteligência à cultura espiritual que melhora e eleva sempre.

   4 Se procuras perdão às próprias faltas, ao redor do Amor Divino, desculpa com sinceridade àquele que te molesta na senda comum.

   5 Se buscas o reajustamento da própria posição, na experiência material ou na edificação moral, estende braços fraternos ao irmão que vem na retaguarda, valendo-se das migalhas que deixas para trás.

   6 Se pretendes a paz, distribui a tranquilidade aos que te cercam, inspirando-lhes confiança e coragem.

   7 Se desejas a graça da alegria, espalha o calor da fé viva e do bem-estar entre os que te rodeiam.

   8 Se tentas colher a bênção do progresso, auxilia os outros, dando de ti mesmo, quanto possas, a benefício da elevação e do aprimoramento de todos.


9 A Boa-Nova é claridade, energia, alimento, agasalho, recurso, ensinamento e remédio da Esfera Divina.

10 Se realmente nos empenhamos na própria melhoria e na própria ascensão, antes de tudo é necessário usá-la.


Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir