Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

O Evangelho de Chico Xavier — O próprio (Encarnado)


300 e 301


Jugo forte e jugo leve

1 Enquanto colocarmos dentro de nós o espírito do ódio, do ciúme, das qualidades inferiores, teremos que sofrer o jugo forte que está sobre nós todos… 2 Se quisermos entrar no jugo leve — amor e caridade — modificaremos nossa vida, saúde, relações, até econômicas, porque nos tornaremos pessoas mais simpáticas… 3 Rico é aquele que tem mais amor no coração dos semelhantes.


4 Não é fácil sair do jugo forte; vivemos nele desde priscas eras, quando estávamos no reino animal… Mas agora temos a razão: não podemos viver como o tigre, como o lobo, o cão raivoso… 5 O próprio boi, que nos serve tanto, foi domesticado na canga… E até hoje, para nos dar a própria carne, o próprio leite, o próprio sangue, sofre no matadouro… 6 O animal que morre, morre para nos ajudar também. Ao me aproximar de um boi, me lembro que os parentes dele me ajudaram, me deram alegria de viver para que eu chegasse aos 70 de idade… 7 Quando encontro um cão, tenho que ter misericórdia; se é um gato, não posso dar um chute… Todos foram domesticados a pau para nos ajudar — é o jugo forte. 8 O jugo leve é o do Cristo. Do jugo forte ao jugo leve há uma ponte difícil de ser transposta — a dos nossos hábitos…


.Chico Xavier


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir