Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Deus conosco — Emmanuel


58


O dia não surge de uma só vez

19/03/1941


1 Meus amigos, Deus vos conceda muita paz. Nosso amigo Arthur, presente à reunião, vos saúda, em Cristo, desejando-vos tranquilidade espiritual. Para o nosso amigo Comandante, julgo de utilidade as fricções adequadas ao seu caso, ao longo das articulações. Bastarão algumas e as expressões de mal-estar físico terão de ceder. Quanto ao nosso irmão Rômulo, ser-lhe-á útil o uso do Palatol, daqui a uns 7 dias. Com este preparado ficará melhormente instruído a repelir naturalmente a atuação dos resfriados sobre a caixa torácica. Relativamente à sucessão dos ataques de Influenza, não constitui isso acontecimento invulgar, mas sim fenômeno natural em certas fases do organismo, reconhecendo-se a complexidade do vírus que os provoca. Existem sempre resquícios do mesmo, compelindo o organismo a novas repetições. No entanto, fortifica-se, aos poucos, o conjunto geral dos agrupamentos celulares e o inimigo vai sendo eliminado devagarinho. 2 Ainda aí vemos o cumprimento da lei de não-violência para com as forças exteriores. O dia não surge de uma só vez, mas vem aos poucos, desfazendo as sombras matinais. A moléstia é essa sombra que se desfaz muito de leve para que o dia da saúde resplandeça. 3 Já os amigos asseveravam que as enfermidades chegavam a galope, mas que se retiravam com imensa ociosidade. São fases, porém, do caminho. E todos os fenômenos se modificam. Rogando a Deus vos abençoe, sou o amigo e servo de sempre,


Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir