Bible of the WayBíblia do Caminho  † Xavierian TestamentTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Chico Xavier, exemplo de amor — Autores diversos ©

 

Prólogo

 

Cumprindo pedido do Coração

Após quatro anos sem condições de ir ao Grupo Espírita da Prece, em 29/11/1997 você, Missionário da Paz e do Amor, voltava aos braços do povo para concretizar sua Missão na presente encarnação.

Sem a condições física ideal para atender o grande público que o procurava em seu CARISMA, considerando só o de JESUS ser maior, o povo queria vê-lo, tocar em suas mãos; era tudo o que queriam.

Resolveu despedir em casa, nos sábados, após as reuniões. Adorava estar no meio de todos, só quando a angina, ou crise em seus olhos, o impediam.

Naquela noite de retorno, você estava bem feliz por terminar os trabalhos de psicografia e o consolo de almas.

Missão Cumprida, como ninguém.

Pediu-me que como o Último do moicano, confiava que eu publicaria as mensagens inéditas que não eram suas, e sim, ensinamentos de Jesus através dos Mentores Espirituais, ou de algum ente querido que voltasse consolando ou anotando saudade.

Posso lhe dizer querido amigo, pai do coração, que a saudade é contínua e sempre aumenta, mas, estou devolvendo ao povo seus Ensinamentos de Luz.

Dever Cumprido. Aprendi muito com você, mesmo sabendo de minhas imperfeições.

Você em várias ocasiões me dizia: José ou Eurípedes, terminaremos juntos na Obra do livro e de Jesus. Só que eu não entendia que iria fazer publicações e escrever sobre você com tanto carinho e facilidade, na plena certeza que estás junto a mim.

Seus sete últimos livros de psicografias, deixados sobre minha responsabilidade estão lançados.

Você amou e continuou amando, com Jesus e por Jesus.

A Disciplina era a sua grande marca, irretocável.

Valeu a pena.

Deus o abençoe a cada instante onde você se encontra, para continuar sempre mais nos ajudando.

Mãe Santíssima, a quem você sempre pronunciava seu nome com imenso carinho, cubra-o com o seu manto de Amor.

Até breve, amigo, irmão, pai do Coração.

.Eurípedes Humberto Higino dos Reis

 

Uberaba 10 outubro de 2010.

 

Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.