Bíblia do Caminho  † Testamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Claramente vivos — Familiares diversos


2


“Eu quero lhe pedir para não chorar”

1 Minha mãe, minha amada mãezinha Ebe. n Eu quero lhe pedir para não chorar.

2 As suas lágrimas são como chamas de dor no meu coração.

3 Eu tenho aqui a minha amada bisavó Tina e o nosso bisavô Amadei, n que estão comigo. Fique tranquila, Deus está conosco.

4 À senhora e ao meu pai, um beijo do seu filho

.Alberto

Alberto Corradi n


“DEUS ESTÁ CONOSCO”

Sobre a mensagem psicografada pelo médium Xavier, em Italiano, n na noite de 16 de março de 1979, ao final da reunião pública do Grupo Espírita da prece, sito à Av. João XXIII, n.º 1.495, em Uberaba, Minas Gerais, limitemo-nos aos dados principais, colhidos pelo confrade Sr. Ayrton Gouvêa, logo após a recepção da página mediúnica.


1 — Alberto Corradi nasceu em Torino, Itália, a 13 de outubro de 1958, e aí desencarnou, em consequência de desastre com motocicleta, a 3 de maio de 1978. Era responsável pelos computadores, na firma de seus pais, tendo sido, sempre, um rapaz trabalhador.


2 — Sr. Roberto Corradi e D. Ebe Amadei Corradi: pais de Alberto, residentes em Torino (Corso Sebastopoli — 41 — Torino 10134 — Itália). D. Ebe veio a Uberaba, especialmente, em busca de conforto para o coração ulcerado. E, conforme observou o ilustre confrade que a entrevistou, encontrou ela, com a página recebida pelo médium Chico Xavier, o bálsamo de que necessitava, prontificando-se a nos fornecer todo o material necessário à divulgação do fato.


3 — Avós maternos de Alberto: Sr. Vittorio Amadei e D. Tina Amadei, nomes que o médium desconhecia por completo.


4 — Avós paternos: Sr. Athos Corradi e D. Cesarina Corradi.




Cargas de razão tinha o inesquecível Professor J. Herculano Pires ao afirmar, num dos seus últimos livros, n que “o ato mediúnico normal é uma segunda ressurreição”. Onde encontraria D. Ebe, senão através dos canais medianímicos; a certeza de que seu filho continua vivo, e que o episódio da motocicleta não passou de prova simultânea para o Espírito de Alberto e os de seus pais?

Alberto Corradi está mais do que certo quando pede à genitora para não chorar, afirmando que Deus está conosco. Que a lição deste jovem possa nos calar fundo nos corações, a fim de que reverenciemos, cada vez mais, a Jesus, reverenciando a Allan Kardec que nos disciplinou o intercâmbio com o Mundo Espiritual, provando, de forma irrefutável, que a Morte não existe.


[1] Ver fac-símile da psicografia original em italiano nas págs. 23-25 do livro impresso.


[2] J. Herculano Pires, Mediunidade (Vida e Comunicação) — Conceituação da Mediunidade e Análise Geral dos seus Problemas Atuais, Edicel, São Paulo, 1.ª edição, 1978, p. 38.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

 

.

D
W