O Caminho Escritura do Espiritismo Cristão
Doutrina espírita - 2ª parte.

Índice | Página inicial | Continuar

Confia e segue — Emmanuel


17

Caridade em Jesus

1 Recorda a caridade, a irradiar-se em bênçãos do excelso amor do Cristo, n para que te não faltem compreensão e força, no culto edificante à caridade humana.


2 Enjeitado no frio, pelas próprias criaturas a quem vinha trazer a luz da redenção, não vacila acolher-se à manjedoura pobre em extrema renúncia.


3 Atendendo aos enfermos de todos os matizes não lhes nega assistência, dando-lhes alegria e equilíbrio, movimento e visão.


4 Procurado por mestres e pescadores simples, insufla-lhes no ser a luz da verdade, habilitando-os todos para a Vida Maior.


5 Ante a aflição da turba que o seguia, irrequieta, multiplica o alimento que lhe sossegue a fome.


6 Entre o insulto dos maus e a deserção dos bons, sabe entregar-se, em paz, sem mesmo justiçar-se.


7 Preterido em juízo por rude malfeitor, não se desmanda em queixa.


8 E, conduzido à morte, sob golpes na cruz, longe de reprovar, condenar ou ferir, ergue oração sincera à Eterna Providência, suplicando perdão para os próprios algozes.


9 A caridade fora-lhe a companheira em todos os instantes…


10 Contudo, além do túmulo, ei-lo que volta, humilde, estendendo as mãos nobres e o coração celeste àqueles mesmos homens que O haviam deixado em supremo abandono, exclamando, sem mágoa:
— “Em verdade convosco estarei para sempre, até o fim dos séculos!…” ( † )


11 À vista disso, no caminho, lembra-te sempre de que a caridade pura — a que vence feliz — é sempre o amor perfeito a esquecer todo mal e a olvidar toda sombra, para somente amar, redimir e auxiliar, na contínua extensão do bem, a se converter em luz.


Emmanuel



[1] No original: “de Cristo” — Vide explicação de Allan Kardec sobre a anteposição do artigo à palavra Cristo.


Texto extraído da 1ª edição desse livro.

Abrir