Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Companheiro — Emmanuel


14


Na visão do mundo

1 Não diga que o mundo é perverso, quando é justamente do chão do mundo que se recolhe a bênção do pão.

2 O charco é uma queixa da gleba contra o descaso do lavrador.

3 Compara a Terra à uma universidade e notarás que todo Espírito encarnado é um aluno em formação.

4 Aquilo que plantares nos corações alheios é o que colherás nas manifestações dos outros.

5 Quem aplique lentes enfumaçadas nos olhos, não notará senão tristeza onde o mundo está ostentando as cores da esperança e da alegria.

6 A existência para cada um de nós é o que estivermos fazendo.

7 Cada pessoa vê no mundo a própria imagem.

8 A melhor crítica é aquela que se expressa mostrando como se deve fazer.

9 A utilidade é a força real que assegura a situação de cada um.

10 A proteção mais segura que possas desfrutar é a de teu próprio serviço.

11 Não perguntes além do necessário, para que os teus encargos não surjam atrasados.

12 De quando a quando, para efeito de valorização do tempo, relaciona quantas palavras terás pronunciado, no transcurso do dia, sem qualquer significação para o bem.

13 A sabedoria da vida te colocou no lugar onde possas aprender com eficiência e servir melhor.

14 Quando alguém condena o mundo, é porque se sente condenado em si mesmo.

15 O trabalho que executes é a tua certidão de identidade do ponto de vista espiritual.

16 Faze e terás certamente aquilo que esperas seja feito.

17 O que estiveres realizando para os outros é justamente o que estás realizando por ti mesmo.

18 As leis do mundo não se enganam: o que deres de ti, ser-te-á dado.

19 A Terra é a nossa escola benemérita: lembra-te de que o relógio não para .


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir