Bíblia do Caminho  † Testamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Chico Xavier — Mandato de amor — Autores diversos — 2ª Parte


6


A Allan Kardec

1 Mestre amado, eis aqui meus companheiros

De caminhada espírita-cristã,

Argamassando as luzes do amanhã,

Com o mesmo pão de luz de teus celeiros.


2 De onde estiveres, mestre, aclara e ensina

O coração de toda a humanidade,

Com a vibração divina da Verdade

E a Fé que consola e raciocina.


3 Eis que os Planos, visível e invisível,

Celebram tua ação imperecível

Na doutrina de paz, de vida e amor.


4 Que a tua obra seja continuada

E que vivas na luz de tua estrada

Sob as glórias divinas do Senhor!


.José Tosta



(Soneto psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier, na sede da União Espírita Mineira, em 3 de outubro de 1937, ao se comemorar o transcurso do aniversário de Allan Kardec. — Fonte: “O Espírita Mineiro”, número 21, outubro de 1937.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

 

.

D
W