Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Correio fraterno — Autores diversos


15


Página do moço espírita-cristão

“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé e na pureza.” — PAULO (1 Timóteo, 4.12)


1 Meu amigo da cristandade juvenil, que ninguém te despreze a mocidade.

2 Este conselho não é nosso. Foi lançado por Paulo de Tarso, o grande convertido, há dezenove séculos.

3 O apóstolo da gentilidade conhecia o teu soberano potencial de grandeza. A sua última carta, escrita com as lágrimas quentes do coração angustiado, foi também endereçada a Timóteo, o jovem discípulo que permaneceria no círculo dos testemunhos de sacrifício pessoal por herdeiro de seus padecimentos e renunciações.

4 Paulo sabia que o moço é o depositário e realizador do futuro. Em razão disso confiava ao aprendiz a coroa da luta edificante.

5 Que ninguém, portanto, te menoscabe a juventude, mas não te esqueças de que o direito, sem o dever, é vocábulo vazio.

6 Ninguém exija sem dar ajudando e sem ensinar aprendendo sempre.

7 Sê, pois, em tua escalada do porvir, o exemplo dos mais jovens e dos mais velhos que procuram no Cristo o alvo de suas aspirações, ideais e sofrimentos.

8 Consagra-te à palavra elevada e consoladora.

9 Guarda a bondade e a compreensão no trato com todos os companheiros e situações que te cercam.

10 Atende à caridade que te pede estímulo e paz, harmonia e auxílio para todos.

11 Sublima o teu espírito na glória de servir.

12 Santifica a fé viva, confiando no Senhor e em ti mesmo, na lavoura do bem, que deve ser cultivada todos os dias.

13 Conserva a pureza dos teus sentimentos a fim de que o teu amor seja invariavelmente puro, na verdadeira comunhão com a Humanidade.

14 Abre as portas de tua alma a tudo o que seja útil, nobre, belo e santificante e, de braços devotados ao serviço da Boa-Nova, pela Terra regenerada e feliz, sigamos com a vanguarda dos nossos benfeitores ao encontro do Divino Amanhã.


Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir