Bible of the WayBíblia do Caminho  † Xavierian TestamentTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Caderno de mensagens — Autores diversos ©

 

12

 

Devotemo-nos a Deus

1 Meus irmãos e minhas irmãs: Deus, nosso Pai, nos abençoe!

2 A amizade sincera nos autoriza as mais íntimas confidências do coração. E não é por outro motivo que nos valemos deste ensejo bendito para lhes dizer, de alma e com profundo respeito fraternal, que somente o trabalho em favor dos que sofrem os males morais e as penúrias do corpo poderá, com altura e infinito poder, manifestar nossa fé, nossa gratidão, nosso amor ao Pai, a Jesus e aos companheiros que se nos tornaram benfeitores um dia…

3 Para quem efetivamente se ilumina com Jesus, o serviço caridoso e fraternal, sem outro móvel, é o caminho da felicidade.

4 Recordamos isso, entre vocês, com o intuito de valorizarmos tudo o que o Espiritismo Evangélico tem-nos ofertado gratuitamente, fecundamente…

5 Não há uma criatura que seja, por mais iluminada e santa nos pareça, capaz de substituir, ante nosso coração agradecido, admirado, reverente, o que a nossa entrega à Vontade de Deus, na caridade e na fé, pode fazer em nome do verdadeiro amor.

6 Durante séculos — ou mesmo por milênios — idolatramos seres e coisas, em detrimento de nossa elevação real, definitiva.

7 Quantas dores existem na Terra e quão intensa é a ignorância acerca da Vida, de Jesus, de Suas lições!… Esse é o nosso trabalho maior. Aí reside a Vontade de Deus!

8 Em nome do amor que temos uns pelos outros, não podemos estacionar a nossa vida, mesmo que seja em nome de nossa gratidão!…

9 Nós podemos nos influenciar, nos estimular, nos apoiar, nos compreender mutuamente, em sublime comunhão, mas não devemos criar nichos de adoração pessoal, de idolatria indevida, porque isso significa desvio em nossa caminhada no rumo da perfeição.

10 Estamos, todos nós, seguindo no encalço de Nosso Senhor Jesus Cristo e, através das lições de Allan Kardec — que nos legou a obra do Consolador —, aprendemos a fugir da adoração cega e improdutiva, a fim de nos exercitarmos em amor e sabedoria com os semelhantes.

11 Tudo serve na vida: do verme no solo aos sóis da Imensidão, tudo é tributo de amor e vida no serviço inestancável!

12 Não nos detenhamos na aridez das posturas louvaminheiras e idólatras. Doemo-nos a Deus, na fé vigorosa e no amor caridoso. Aceitemo-nos uns aos outros, sem exigências constrangedoras, mas pelos exemplos vivos de amor!

13 Cada um de nós deverá fazer luz em si mesmo, e nossas claridades serão aproveitadas pelos que nos seguem os passos!…

14 Meus amigos, Deus nos abençoe e nos fortaleça em prol de um Espiritismo com Jesus, fraterno e caridoso, coerente e dinâmico no bem universal!

15 Nosso profundo reconhecimento a vocês, à nossa União Espírita Mineira, à nossa Federação Espírita Brasileira!

16 Continuamos nosso esforço singelo na Vida Espiritual e temos rogado ao Alto nos fortalecer para a boa luta, nos unir em fraternidade cristã e nos tornar, ante tudo e todos, instrumentos do amor e da luz!

 

.Chico Xavier (Espírito)

 


Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão na noite de 17/04/2009, na sede da União Espírita Mineira, durante palestra do presidente da Federação Espírita Brasileira, Nestor João Masotti. (Extraído d’O Espírita Mineiro, órgão da União Espírita Mineira, Belo Horizonte, MG, Ano 101, maio/junho 2009, n° 309)

 

Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.