Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Colheita do bem — Mensagens familiares do Prof. Arthur Joviano (Neio Lúcio) e outros


25


À Bahia

12/10/1949


1 Meus caros filhos, Deus abençoe a vocês, conferindo-lhes muita paz e alegria aos corações.

Rejubilo-me com as perspectivas da viagem que realizaremos à Bahia. Digo “realizaremos”, porque é minha intenção seguir com vocês, não só atendendo ao serviço espiritual, que me é sumamente caro ao espírito, como também para desfiar algumas contas de reminiscências que me são particularmente estimáveis. Nesse sentido, meu caro Rômulo, estou satisfeito com o aspecto histórico que você imprimiu à sua palestra programada.

2 Fiquei sinceramente feliz por descobrirmos elementos de exaltação justo à obra de Nóbrega. Era ele homem de ação mais que de palavras. Atuava e realizava com tamanha segurança e eficiência, e com tão profunda humildade, que muitos se valiam da obra dele para melhor se destacarem no campo das aparências. Hoje, que quatro séculos se passaram, conhecemos de mais perto a extensão espiritual do inesquecível missionário, que prossegue vivendo. Creio eu que todas as oportunidades que lhe caírem ainda nas mãos por muito tempo serão gloriosamente aproveitadas na estruturação do Brasil evangélico. Ao influxo do esforço dele, entendemos na atualidade que uma nação é também uma obra no tempo. Salve, Jesus, a santificada sementeira que o bravo trabalhador lançou à nossa terra, porque, em verdade, o seu apostolado é fascinante, cada vez mais, ante a observação de nós outros!

3 Espero façamos uma boa viagem com todos os elementos educativos no aproveitamento de uma excursão desse vulto. Certamente, não seguiremos na romagem com os impulsos literários de Euclides da Cunha,  †  mas guardaremos a visão cristã dos servos e cooperadores do Cristo quando em análise do serviço imenso que nos cabe realizar neste domicílio enorme da civilização futura, que é o Brasil. E em contato com a diversidade dos aspectos e dos costumes, não nos esqueçamos de que estaremos simplesmente “passando a um quarto contíguo dentro de casa”. A ideia de grandeza, porém, pelo trato com a viagem esperada, deve perseverar dentro de nós, a fim de que não percamos de vista as exigências do trabalho para agora e — hoje podemos acrescentar — para as futuras reencarnações. O serviço é o alimento de quem avança na estrada do progresso e felizmente vocês sabem situar os corações em semelhante vanguarda.

4 Com respeito à saúde, estou satisfeito com os elementos preparados no setor da homeopatia, destacando as nossas necessidades de Carbo V., Pulsatila, Bryonia, Aconitum, Gelsemium, Eupatorium, China, Boldo, Plumbum, Arnica, Colocinthis, Ruta, Staphysagria, Rododendro, Kalmia, Cactus G., Spongia M., Kali B., Lachesis, Nux-vomica, Chamomila, Beladona e outros recursos tão úteis e tão simpáticos quanto esses. Não se esqueçam do lodo, do álcool, dos limões, da pomada de Calêndula e do pó mentolado, pois são bons amigos que servem com grande proveito no momento oportuno.

5 Na viagem, já que se dirigem para zonas do “tempero forte”, usem os pratos diferentes em doses mínimas possíveis, exceção que fazemos, naturalmente, ao peixe fresco. Nossos avisos se referem mais à pimenta, ao excesso de sal e vinagre, e outros condimentos extravagantes que conseguem a adoração do paladar e arrasam as forças delicadas do fígado. Essas observações funcionam igualmente para a nossa Wanda, cujos rins não se regozijariam com muitas novidades. Quanto lhes seja possível, aproveitem a excursão nos setores dos conhecimentos novos com base nas tradições e nas terras diferentes e, sobretudo, não desprezemos, se possível, o ensejo de incursão mais vasta pelo litoral, acrescentando aqui, à relação dos elementos que devem ser vistos e usados com cautela, o coco e seus derivados.

6 Não queremos criar fantasmas à nossa alegria na excursão. Não é isso que pretendemos. Desejamos tão somente amealhar maior quantidade de valores espirituais no campo da experiência e da educação pelo menor número de riscos para a saúde física, considerando-se que o estômago é uma sede viva de bens e males da existência que vocês desfrutam para a nossa felicidade comum. Felizmente, vocês vão passando com saúde regularmente ajustada e acredito que só nos cabe agradecer ao Alto esse bendito ensejo de renovação geral de forças, ideias e aspirações.

7 O seu serviço normal, meu caro Rômulo, principalmente na hora que passa, constitui encargo de importância muito grande para o estabelecimento confiado à sua guarda e administração. Entretanto, essa modificação por alguns dias nos fará grande bem. É necessário, muitas vezes, alterar o ritmo de certas atividades para que esse mesmo ritmo seja retomado com recursos e proveitos mais amplos.

8 Sigamos felizes e confiantes na assistência divina. Aqui se encontram vários amigos e companheiros especialmente queridos a nós todos, inclusive nossa irmã Amélia, que solicitam a vocês sejam portadores de um grande abraço, carinhoso e fraterno aos nossos amigos General Aurélio e irmã Júlia, quando de passagem pelo Rio. A esse pedido geral, incorporo igualmente o meu, rogando a Jesus derrame as suas bênçãos de amor infinito sobre os nossos caros companheiros de esperança e alegria, de trabalho e de luta, ensejando-lhes as melhores possibilidades de vitória espiritual nas tarefas da Terra. Que o Senhor nos conceda o seu amparo, em todos os momentos.

9 Meu afeto a cada um de vocês e esperando acompanhá-los tão assiduamente quanto me for possível, na excursão a iniciar-se depois de amanhã, abraça-os com muito carinho e reconhecimento o papai muito amigo de sempre,


A. .Joviano


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir