Bíblia do Caminho  † Testamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Caminhos do amor — Maria Dolores


15


Gratidão e alegria

  1 Almas de bênção, arte, melodia,

  Que do Gênio formais a exaltação da luz,

  Partilhamos convosco a paz que se irradia

  Do vosso festival que recorda Jesus.


  2 Há quem diga que a fé, por si, guarda e revela

  Ansiedade e tristeza no semblante,

  Expectação de angústia ou sentinela,

  Mas toda ideia em Cristo é júbilo constante.


  3 Ei-lo que nasce numa noite em festa

  Mesclada de clarões renovadores,

  Uma estrela lhe guarda a pousada modesta

  Enlaçam-se as canções dos anjos e pastores.


  4 Inicia o divino apostolado

  No brilho de simbólico momento;

  Recordamos Caná, no lar maravilhado

  Numa consagração de casamento.


  5 E lançando o Evangelho, em notas de alegria,

  Ante o povo a escutá-lo de surpresa,

  É sempre mais amor, a cada novo dia,

  Em molduras de Céu e Natureza.


  6 Transmitindo a esperança, em sentido profundo,

  Perante a multidão que ele mesmo arrebanha,

  Modifica, na base, os destinos do mundo,

  Nas lições imortais do Sermão da Montanha.


  7 E além da própria hora derradeira,

  Qual se a Terra lhe visse o estranho fim,

  Traz a renovação da Terra inteira,

  Pela ressurreição ao sol de formoso jardim.


  8 Guarde-nos Deus por nobres diretrizes

  A caridade e a paz, como as sabeis compor;

  Bendita a festa em que mostrais felizes

  A alegria de Cristo e a presença do amor.


.Maria Dolores


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

 

.

D
W